Georges Marie Martin Cottier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Georges Marie Martin Cottier O.P.
Cardeal da Santa Igreja Romana
Teólogo-emérito da Casa Pontifícia

Título

Cardeal-presbítero dos Santos Domingos e Sisto
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 25 de julho de 1951
Ordenação episcopal 20 de outubro de 2003
Nomeado arcebispo 21 de outubro de 2003
Cardinalato
Criação 21 de outubro de 2003 por João Paulo II
Brasão
Coat of arms of Georges Cottier.svg
Lema Veritas et Misericordia
Dados pessoais
Nascimento 25 de abril de 1922
Carouge, Suíça
Morte 31 de março de 2016 (93 anos)
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Georges Marie Martin Cottier O.P. (Carouge, Suíça, 25 de Abril de 1922Cidade do Vaticano, 31 de Março de 2016), foi um frade dominicano e teólogo suíço feito cardeal por João Paulo II em 2003.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido na Suíça em 1922, ingressou na Ordem dos Pregadores em 1945 e foi professor nas Universidade de Friburgo e Genebra. Ordenado sacerdote em 2 de julho de 1951.

Foi nomeado teólogo da Prefeitura da Casa Pontifícia em dezembro de 1989 por João Paulo II, cargo que foi-lhe renovado por Bento XVI até 1 de dezembro de 2005.

Foi consagrado como titular do arcebispado de Túlia em 20 de outubro de 2003 pelo cardeal dom Christoph Schönborn[1] , O.P., e criado cardeal pelo Papa João Paulo II no consistório de 21 de Outubro de 2003. Foi também Secretário Geral da Comissão Teológica Internacional.


Consagrações episcopais[editar | editar código-fonte]

O cardeal Cottier foi, em 11 de dezembro de 2011, consagrante de dom Charles Morerod, O.P., bispo de Lausanne, Genebra e Friburgo.

Morreu em 31 de março de 2016, aos 93 anos. [2]

Referências

  1. «College of Cardinals - Biographical notes». Vatican News Service. Consultado em 13/04/2016. 
  2. Cindy Wooden (1 de abril de 2016). «Cardinal Cottier, former theologian of papal household, dies». Catholic News Sevice. Catholic Register. Consultado em 13/04/2016. 
Precedido por
Roman Andrzejewski
Brasão arquiepiscopal
arcebispo titular de Túlia

20032003
Sucedido por
Luis Morao Andreazza
Precedido por
Criação do titulus
Cardeal
Cardeal-presbítero dos Santos Domingos e Sisto

2003 &mdash 2016;
Desde 2014, título pro hac vice.
Sucedido por
Vacante
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.