Gerald Bull

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gerald Bull em 1964

Gerald Bull Vincent (9 de março de 1928 - 20 de março de 1990) foi um engenheiro canadense que desenvolveu artilharia de longo alcance. Ele mudou-se de projeto para projeto em sua busca para viabilizar economicamente o lançamento de um satélite usando uma enorme peça de artilharia, para o que ele desenhou o Projeto Babilônia. Bull foi assassinado fora do seu apartamento em Bruxelas, na Bélgica. Especula-se diversas vezes os membros do Mossad, CIA, MI6, chilenos, iraquianos, iranianos, ou governo sul-africano estejam trás do assassinato.[1][2][3][4][5]

Referências

  1. Toolis, Kevin (26 de agosto de 1990). «The Man Behind Iraq's Supergun». New York Times. Consultado em 3 abril 2010 
  2. Harmon, Christopher C. (2007). Terrorism today. [S.l.]: Routledge. 43 páginas. ISBN 9780415773003 
  3. «State assassins who put 007 in the shade». Irish Independent. 20 de fevereiro de 2010. Consultado em 20 de fevereiro de 2010 
  4. Lapidos, Juliet (14 de julho de 2009). «Are Assassinations Ever Legal? - slate.com». Slate Magazine. Consultado em 15 de julho de 2009 
  5. Glanz, James (15 de fevereiro de 2010). «Shades of Supergun Evoke Hussein's Thirst for Arms». The New York Times. Consultado em 15 de fevereiro de 2010