Gerald Edelman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gerald Edelman Medalha Nobel
Gerald M. Edelman, 2010.
Nascimento 1 de julho de 1929
Nova Iorque
Morte 17 de maio de 2014 (84 anos)
La Jolla
Nacionalidade Estadunidense
Prêmios Prêmio Eli Lilly de Química Biológica (1965), Nobel prize medal.svg Nobel de Fisiologia ou Medicina (1972)
Campo(s) Medicina, biologia molecular, físico-química

Gerald Maurice Edelman (Nova Iorque, 1 de julho de 1929La Jolla, 17 de maio de 2014) foi um médico, biólogo molecular e físico-químico estadunidense.[1]

Foi agraciado, junto com Rodney Porter, com o Nobel de Fisiologia ou Medicina de 1972, por pesquisas sobre a estrutura e natureza química dos anticorpos.[2]

Depois mudou o foco da sua investigação para biologia de desenvolvimento e neurologia.

Em 1975 ele descobriu as moléculas de adesão celular.[3]

Em 1978 apresentou a teoria do Darwinismo Neural baseada na ideia da plasticidade de redes neurais em resposta ao ambiente exterior.[4]

Referências

  1. Gerald Edelman ist gestorben (em alemão)
  2. «Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina 1972». Consultado em 21 de abril de 2010.  (em inglês)
  3. Edelman, G. M. (4 de fevereiro de 1983). «Cell adhesion molecules». Science (New York, N.Y.). 219 (4584): 450–457. ISSN 0036-8075. PMID 6823544 
  4. M., Edelman, Gerald; Program., Neurosciences Research (1982, ©1978). The mindful brain : cortical organization and the group-selective theory of higher brain function 1st MIT Press pbk. ed., 1982 ed. Cambridge: MIT Press. ISBN 9780262550079. OCLC 8973736  Verifique data em: |data= (ajuda)


Precedido por
Earl Wilbur Sutherland Jr.
Nobel de Fisiologia ou Medicina
1972
com Rodney Porter
Sucedido por
Karl Ritter von Frisch, Konrad Lorenz e Nikolaas Tinbergen


Ícone de esboço Este artigo sobre um médico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.