Gerhardt Cycleplane

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Under construction icon-yellow.svg
Este artigo carece de caixa informativa ou a usada não é a mais adequada. Foi sugerido que adicionasse esta.

Gerhardt Cycleplane tem sido considerado o primeiro exemplo com sucesso de aeronave de propulsão humana, ou "ciclo-avião".[1]

Voou em 1923.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O Cycleplane foi desenhado por W. Frederick Gerhardt, e construído usando fundos privados, pelo pessoal da secção de voos testes em McCook Field - Dayton, Ohio.[1]

O Cycleplane tinha sete asas estreitas montadas verticalmente, duas anexadas à fuselagem de madeira, e as outras cinco empilhadas acima dela a uma altura de quase 15 pés. Um único piloto sentava-se no cockpit aberto perto da asa, onde pedalava uma engrenagem de bicicleta ligada a uma grande hélice de duas pás.

Operação[editar | editar código-fonte]

A aeronave fez seu primeiro voo em julho de 1923. Durante o início dos ensaios de voo, um automóvel rebocava o Cycleplane no ar e libertava-o, enquanto Gerhardt era capaz de manter estáveis voos por curtos períodos de tempo. A única descolagem apenas por tracção humana do Cycleplane foi um pequeno salto de 20 pés (6,1 m) levantando apenas 2 pés (0,61 m).

"Má Fama"[editar | editar código-fonte]

O Gerhardt Cycleplane talvez seja mais lembrado, e até certo ponto feito infame, por uma película de notícias de 1923 que mostra as sete asas da aeronave em colapso quando o avião estava sendo empurrado no chão.[2] Essa ilustração de uma falha tem servido para esconder o sucesso deste e dos ciclo-aviões seguintes.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c Cornelisse, Diana G. Splendid Vision, Unswerving Purpose: Developing Air Power for the United States Air Force During the First Century of Powered Flight.
  2. Vídeo: Novel Cycleplane (1923), (em inglês), (Link aqui). Página visitada em 19 de fevereiro de 2016.