Germán Efromovich

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Germán Efromovich, proprietário da AviancaTaca, novembro 2012.

Germán Efromovich (La Paz, 28 de março de 1950)[1] é um empresário de múltiplas nacionalidades: boliviano de nascimento, é também polaco por iure sanguinis, além de colombiano e brasileiro, por naturalização.

É o principal acionista e controlador do Synergy Group.

Biografia[editar | editar código-fonte]

De família judia polonesa, seus pais deixaram a Polônia após a Segunda Guerra Mundial, transferindo-se para a América do Sul - primeiro a Bolívia, depois Chile, onde Germán viveu, desde 1955 na cidade de Arica. A partir de 1964, com quatorze anos de idade, foi para São Paulo, onde a família finalmente se estabeleceu. Naturalizou-se brasileiro, vendeu enciclopédias, criou uma escola privada em São Bernardo do Campo, fundos de investimento, foi dublador de filmes, entre muitos outros empregos. Graduou-se na Faculdade de Engenharia Industrial em São Paulo, onde fez o curso de engenharia mecânica.

Até o fim de 1994 ele havia montado, com seu irmão José, um império na área de petróleo, prestando serviços de manutenção submarina para a Petrobras.[2] [3] Após o naufrágio de uma plataforma de petróleo e disputas legais com as companhias de seguros e com a Petrobras,[4] [5] [6] Efromovich voltou-se para o negócio de transporte aéreo. A partir de 2001, desenvolveu ainda mais suas atividades na área petroleira ao ponto de construir e locar plataformas de petróleo. Seus outros negócios incluem usinas de energia e medicamentos.

Em 2002, sempre com seu irmão, lançou a companhia aérea brasileira OceanAir (renomeada Avianca Brasil em 2010)[7] e, em 2004, comprou a colombiana Avianca, de Julio Mario Santo Domingo. Em razão do seus grandes investimentos na Colômbia, recebeu a cidadania colombiana, em 2005.[8]

Germán Efromovich é o controlador do Synergy Group, um grupo diversificado, fundado em 2003 e que inclui estaleiros, empresas médicas, serviços de aviação comercial, petróleo, hotelaria, turismo e agricultura.[9] [10] O Synergy Group é baseado no Rio de Janeiro.[11]

Além das companhias aéreas, está interessado em empresas de prospecção de petróleo, estaleiros,[12] e de uma miríade de outros negócios em todo continente americano, como hotéis.[13]

Germán Efromovich é casado com Hilda Efromovich, tem três filhas e vive entre o Rio de Janeiro e Bogotá. É conhecido por ter hábitos simples: em voos internacionais, viaja na classe econômica, não tem jato particular e, em 2005, seu carro tinha mais de quatro anos.[14] Em seu pouco tempo livre Germán Efromovich gosta de ir ao aeroporto para verificar o log da ​​Avianca. "Uma visita curta garante, pelo menos, três vôos pontuais", diz ele. [15]

Referências

  1. Efromovich: "Se depender de mim, o nome TAP não muda" Expresso Online, 11 de outubro de 2012
  2. Negócios inexplicáveis Revista Veja, 1º de dezembro 1999
  3. Em 1999, Veja publicava contratos irregulares da Petrobras com Efromovich. Jornal GGN, 19 de novembro de 2014.
  4. O homem da P-36 quer as sondas da Petrobras Projeto Nacional, pagina visitada em 26 de outubro 2011
  5. Petrobras: o escândalo que a média não quer. Jornal Agua Verde. 29 de outubro 2011
  6. As provas do golpe Revista Época, 13 de julho de 2010.
  7. Brazil's OceanAir says to set up airline in Peru jetphotos.net, recuperado 27 de dezembro 2004 (en)
  8. Will German Efromovich, owner of Avianca, buy Mexicana? The Bulletin Panama, recuperado 20 de agosto 2011 (en)
  9. Efromovich habla de hacienda La Gloria, bajo investigación Portafolio.co, 12 de Fevereiro 2012 (es)
  10. Jorge Felix: Pimentel debate indústria naval com Efromovich, Artigo de Jorge Felix, 4 de abril 2012
  11. O caçador de empresas quebradas Exame Brasil Online, 5 de abril 2005
  12. Dono da Ocean Air fará maior estaleiro da Alagoas no Brasil Brasil Econômico, 13 de outubro 2009
  13. German Efromovich abrirá su cadena de hoteles Portafolio.co, 15 de Novembro 2011 (es)
  14. O caçador de empresas quebradas Exame Brasil Online, 5 de abril 2005
  15. (es) Germán Efromovich / empresário Cromos.com.co, 23 de dezembro 2009

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]