Germânia (personificação)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Germânia (1848) de Philipp Veit

Germânia é personificação da nação alemã. É particularmente associada ao século XIX, ao Romantismo e às Revoluções de 1848, apesar de ter sido utilizada, mais tarde, também pela Alemanha Imperial.

Já no Império Romano uma figura feminina personificava o território conhecido como Germânia. Nos moedas de ouro (áureos) cunhados na época do imperador Domiciano (8196), por exemplo, a Germânia aparece degradada, com o peito nu, de luto, sentada sobre seu escudo e com a lança quebrada - uma alusão à vitória romana sobre os catos, povo germânico do alto Weser. No mesmo período, os sestércios apresentavam outros motivos, como o tropaion, com a inscrição Germania Capta ('Germânia conquistada'). [1] [2][3]

Áureo (88–89 d.C.), com a Germania sentada sobre o escudo e a lança quebrada.

Referências

  1. Giuliano, Antonio. Scritti minori. L'Erma di Bretschneider, 2001. ISBN 88-8265-123-1, ISBN 978-88-8265-123-7
  2. Francis Hobler: Records of Roman history, from Cnæus Pompeius to Tiberius Constantinus, as exhibited on the Roman coins, volume 1, John Bowyer Nichols and Sons, Westminster 1860, S. 210–211 Online
  3. Edward A. Sydenham: Historical references on coins of the Roman Empire from Augustus to Gallienus, Spink & Son, London 1917 Online


Ícone de esboço Este artigo sobre a Alemanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre um símbolo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.