Gertrude (cratera)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gertrude é a grande cratera perto do topo dessa imagem da Voyager 2.

Gertrude é a maior cratera conhecida na lua de Urano Titânia, com um diâmetro de 326 km. Recebeu o nome de um personagem da obra de William Shakespeare Hamlet.[1]

A borda de Gertrude é elevada por 2 km em relação ao chão da cratera. No centro da cratera existe uma cúpula, que é o resultado da elevação da superfície imediatamente após o impacto. A cúpula tem um diâmetro de cerca de 150 km e uma altua de 2–3 km. A superfície da cúpula tem poucas crateras sobrepostas, o que significa que foi modificada mais tarde.[2]

Referências

  1. «Titania: Gertrude». Gazetteer of Planetary Nomenclature. USGS Astrogeology. Consultado em 2009-01-05. 
  2. Moore, J. M.; Schenk, Paul M.; Bruesch, Lindsey S. et.al. (2004). «Large impact features on middle-sized icy satellites» (pdf). Icarus [S.l.: s.n.] 171: 421–43. Bibcode:2004Icar..171..421M. doi:10.1016/j.icarus.2004.05.009. 
Ícone de esboço Este artigo sobre um acidente geográfico extraterrestre é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.