Gertrudes de Helfta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Santa Gertrudes
Santa Gertrudes de Helfta
Nascimento 6 de janeiro de 1256 em Eisleben
Morte 1302 em Helft
Veneração por Igreja Católica
Canonização , 1677 por Papa Clemente XII
Festa litúrgica 16 de Novembro
Gloriole.svg Portal dos Santos

Santa Gertrudes de Helfta (ou Santa Gertrudes a Grande) foi uma beneditina, mística e teóloga alemã.

Nasceu em 6 de Janeiro de 1256 e julga-se que terá sido na aldeia de Helft, em Eisleben, na Alta Saxônia, na (Alemanha).

Nada se sabe sobre seus pais, donde se supõe ter sido órfã.

Ainda criança, com cerca de 5 anos, ingressou no mosteiro de Santa Maria de Helfta, sob a direção da abadessa Gertrudes de Hackeborn. Eventualmente é confundida essa com sua abadessa, motivo pelo qual em algumas imagens aparece, erradamente, segurando um báculo. Alguns estudiosos referem-se ao mosteiro como cisterciense, pois foi fundado por sete irmãs da comunidade de Halberstadt.

Aí não terá desempenhado cargos importantes, ou ao menos só se conhece que foi cantora e que se dedicou aos estudos. Depois que experimentou a conversão a Deus, iniciou uma caminhada de perfeição na vida religiosa, voltando seus talentos para o estudo das escrituras e teologia. Produziu numerosos textos, mas somente três são conhecidos e isso deve-se à altura em que os cartuxos de Colónia imprimem o Memorial em 1536. Entre eles estão: Revelações do Amor Divino, parcialmente escrito com outras monjas da comunidade, e Exercícios Espirituais. A aceitação e êxito foi enorme, e produziu-se toda uma corrente espiritual em torno a ela que se traduziu em reedições contínuas de seus escritos e numerosas biografias.

Teve várias experiências místicas, incluindo uma visão de Jesus, convidando-a a repousar sua cabeça em seu peito para ouvir seu coração batendo no compasso do divino amor.

Morreu em Helfta, em torno de 1302.

Sua festa é celebrada em 16 ou 17 de Novembro, mas a data exata confunde-se com os registos da abadessa Gertrudes.

Foi canonizada pelo Papa Clemente XII no ano de 1677.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Santa Gertrudes, Magna, monja, +1303, 16 de Novembro de 2013

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Gertrudes de Helfta