Gessy Lima

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gessy Lima
Informações pessoais
Nome completo Gessy Lima
Data de nasc. 24 de setembro de 1935
Local de nasc. Uruguaiana (RS),  Brasil
Falecido em 4 de abril de 1989 (53 anos)
Local da morte Porto Alegre (RS),  Brasil
Apelido Craque Paradoxal
Informações profissionais
Posição Meia (futebol)
Clubes de juventude
1951
Brasil Uruguaiana
Brasil Ferro Carril-RS
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1955
1955
1955
1956–1960
1961–1963
Brasil Ferro Carril-RS
Brasil Grêmio
Brasil Uruguaiana
Brasil Grêmio
Brasil Portuguesa
Seleção nacional
1960 Brasil Brasil 4 (0)

Gessy Lima[1][2] (Uruguaiana, 24 de setembro de 1935Porto Alegre, 4 de abril de 1989) foi um futebolista brasileiro, que atuava como meia. [3]

O jogador esta entre os 10 maiores artilheiros do tricolor gaúcho (Grêmio de Porto Alegre) com 214 gols [4].

Carreira[editar | editar código-fonte]

Gessy começou a carreira nos juvenis do Uruguaiana, em 1951. Em 1954 já era titular da ponta-de-lança do Uruguaiana. O Grêmio o contratou em 1955 e, em 1956, Gessy era titular da camisa 8, quando passou a acumular títulos. No time foram onze campeonatos conquistados entre 1956 e 1962. Entre eles, o pentacampeonato Metropolitano (1956 a 1960), o Pentacampeonato Gaúcho (1956 a 1960) e o Campeonato Sul-Brasileiro (Taça da Legalidade) em 1962.

Em 1960, foi convocado para a Seleção Brasileira Gaúcha[5], que disputou o III Campeonato Pan-Americano na Costa Rica, de onde voltou com um vice-campeonato. Entre seus feitos, marcou muitos gols em especial na noite de 25 de fevereiro de 1959, quando em pleno estádio de La Bombonera, marcou os quatro gols da vitória do Grêmio sobre o Boca Juniors, da Argentina. O resultado final foi 4 a 1 para o Grêmio.

Nesta ocasião, Gessy, que havia passado no vestibular de Odontologia um dia antes, passara a noite comemorando em Porto Alegre. Viajou direto para Buenos Aires, onde minutos antes (reza a lenda) da partida começar, teria chegado, para completar o time.

Depois do Grêmio, Gessy ainda jogou na Portuguesa, em 1963, e depois encerrou a carreira de jogador tornando-se dentista.

Jogos pela Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Grêmio

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Grêmio
  • Maior artilheiro do Estado do Rio Grande do Sul: 1956 e 1959

Referências

  1. ROZENBERG, Marcelo. «Que Fim Levou? Gessy Lima». Consultado em 21 de junho de 2013 
  2. Grêmiopédia.com. «Gessy Lima». Consultado em 21 de junho de 2013 
  3. ARAÚJO, Cel. «Gessy Lima saiu do E. C. Uruguaiana para ser um dos maiores craques do Brasil». Consultado em 21 de junho de 2013 
  4. Grêmio 110 anos: clube nasce de gol 'anônimo' e vira fábrica de artilheiros Portal Globo Esporte - acessado em 17 de fevereiro de 2015
  5. RSSSFBrasil.com. «Seleção Brasileira (Brazilian National Team) 1959-1960». Consultado em 21 de junho de 2013 
Ícone de esboço Este artigo sobre futebol brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.