Giant (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Giant
Cartaz promocional
No Brasil Assim Caminha a Humanidade
Em Portugal O Gigante
 Estados Unidos
1956 •  cor •  201 min 
Direção George Stevens
Roteiro Fred Guiol / Ivan Moffat
Elenco Elizabeth Taylor
Rock Hudson
James Dean
Carroll Baker
Dennis Hopper
John Wayne
Género drama
Idioma inglês

Giant (bra: Assim Caminha a Humanidade[1]; prt: O Gigante[2]) é um filme norte-americano de 1956, do gênero drama, dirigido por George Stevens, que ganhou Oscar de melhor diretor. O roteiro do filme é baseado em um romance de Edna Ferber. Marca a derradeira atuação de James Dean no cinema; ele morreu antes mesmo de ver o filme concluído. O filme foi considerado pela revista Time o mais contundente legado anti-intolerância racial jamais levado às telas, o retrato de uma era.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme conta a história de Leslie (Elizabeth Taylor), Bick (Rock Hudson) e Jett (James Dean). Bick conheceu Leslie quando foi a casa do pai dela comprar um cavalo premiado e os dois se apaixonam. Eles se casam e vão para o Texas - terra de Bick - e lá constroem sua família, no rancho Reata.

Ali perto mora Jett, que de certa forma é inimigo de Bick. A cada dia que passa os dois continuam se odiando, mesmo quando Jett enriquece e se torna um magnata do petróleo.

Elenco principal[editar | editar código-fonte]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar 1957

Elizabeth Taylor em Giant

Prêmio David di Donatello 1957

  • Vencedor na categoria melhor produção estrangeira[3]

Globo de Ouro 1957

  • Indicado nas categorias de melhor filme - drama e melhor diretor.


Referências

  1. Assim Caminha a Humanidade no AdoroCinema
  2. «O Gigante». no CineCartaz (Portugal) 
  3. «VINCITORI 1957» (em italiano). Accademia del Cinema Italiano. Consultado em 7 de maio de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.