Gil Hodges

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Baseball pictogram.svg Gil Hodges
Gil Hodges 1960.png
Informações pessoais
Nome completo Gilbert Ray Hodges
Data de nasc. 4 de abril de 1924
Local de nasc. Princeton, Indiana
Nacionalidade Estados Unidos Americano
Falecido em 2 de abril de 1972 (47 anos)
Local da morte West Palm Beach, Flórida
Altura 1,85 m
Peso 90 kg
Informações profissionais
Posição Primeira base, treinador
Rebatidas 1921
Aproveitamento 27,3%
Corridas impulsionadas 1274
Home Runs 370
Bases roubadas 63
Corridas anotadas 1105
Rebate Direito
Lança Direito
Clubes principais
1943, 1947–1961
1962-1963
Estados Unidos Brooklyn / Los Angeles Dodgers
Estados Unidos New York Mets
Treinador
1963-1967
1968–1971
Estados Unidos Washington Senators
Estados Unidos New York Mets

Gilbert Ray Hodges,[1] (4 de abril de 1924 – 2 de abril de 1972) foi um jogador profissional de beisebol da Major League Baseball (MLB) que atuou como primeira base e treinador. Jogou a maior parte de sua carreira de 18 anos pelo Brooklyn e Los Angeles Dodgers. Foi induzido ao New York Mets Hall of Fame em 1982.

Hodges é geralmente considerado o melhor primeira base dos anos 1950. Foi convocado para o All-Star Game por oito vezes e ganhou o Gold Glove Award por três temporadas consecutivas. Hodges e Duke Snider são os únicos jogadores a ter mais home runs ou RBIs juntos durante a década com o Brooklyn Dodgers. Hodges foi o líder da National League (NL) em queimadas duplas quatro vezes e em putouts, assistências e fielding percentage três vezes cada. Estava listada em segundo na história da NL com 1281 assistências e 1614 queimadas duplas quando se aposentou, e estava entre os líderes em jogos (6º, 1908) e chances totais (10º, 16.751) na primeira base. Hodges também está na seleta lista de jogadores com 4 home runs em um jogo.

Hodges também foi técnico dos New York Mets no título da World Series de 1969, uma das maiores viradas na história.[2]

Em 2014, Hodges apareceu pela segunda vez como candidato na eleição do Golden Era Committee do National Baseball Hall of Fame and Museum[3]. Ele e outros candidatos não conseguiram se eleger.[4] Este comitê se encontra e vota em dez candidatos selecionados entre 1947 ate 1972 a cada três anos.[5]

Referências

  1. «Current and Former Players with Note Regarding Their Names». Baseball-Reference.com 
  2. «Page 2's List for top upset in sports history». ESPN 
  3. http://baseballhall.org/hall-of-fame/2015-golden-era-committee-ballot
  4. National Baseball Hall of Fame, 12/8/2014, "Golden Era Announces Results" [1] Retrieved 23 de abril de 2015
  5. MLB.com, "No one elected to Hall of Fame by Golden Era Committee" [2] Retrieved 24 de abril de 2015

Livros[editar | editar código-fonte]

  • Roger Kahn, "The Boys of Summer" (1972)
  • Milton J. Shapiro. The Gil Hodges Story (1960).
  • Gil Hodges and Frank Slocum. The Game Of Baseball (1969).
  • Marino Amaruso. Gil Hodges: The Quiet Man (1991).
  • Tom Oliphant. Praying for Gil Hodges: A Memoir of the 1955 World Series and One Family's Love of the Brooklyn Dodgers (2005) ISBN 0-312-31761-1.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]