Gina Raimondo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gina Raimondo
Secretária do Comércio dos Estados Unidos
Período 3 de março de 2021 até a atualidade
Presidente Joe Biden
Antecessor Wilbur Ross
75º Governadora de Rhode Island
Período 6 de janeiro de 2015 - 2 de março de 2021
Vice-governador Daniel McKee
Antecessor Lincoln Chafee
Sucessor Daniel McKee
Presidente da Associação de Governadores Democráticos
Período 1 de dezembro de 2018
a 4 de dezembro de 2019
Antecessor Jay Inslee
Sucessor Phil Murphy
30º Tesoureira-geral de Rhode Island
Período 4 de janeiro de 2011
a 6 de janeiro de 2015
Governador Lincoln Chafee
Antecessor Frank Caprio
Sucessor Seth Magaziner
Dados pessoais
Nome completo Gina Marie Raimondo
Nascimento 17 de janeiro de 1971 (50 anos)
Smithfield, Rhode Island
Alma mater Universidade Harvard (AB)
New College, Oxford (MA, DPhil)
Universidade Yale (JD)
Esposo Andrew Moffit
Filhos 2
Partido Democrata

Gina Marie Raimondo (Smithfield, 17 de maio de 1971) é uma política norte-americana, que atualmente serve como Secretária do Comércio dos Estados Unidos no governo de Joe Biden. Ela também foi a 75º governadora de Rhode Island de 2015 a 2021. Membro do Partido Democrata, foi a primeira mulher a servir como governadora de Rhode Island.[1] Antes da sua eleição, ela atuou como tesoureira geral de Rhode Island de 2011 a 2015 e foi a segunda mulher a ocupar esse cargo. Ela foi escolhida como candidata democrata ao governo de Rhode Island nas eleições de 2014. Raimondo venceu a eleição a 4 de novembro de 2014, com 41% dos votos, numa disputa a três, contra o prefeito de Cranston, o republicano Allan Fung, e o empresário Robert Healey.[2] Ela foi reeleita a 6 de novembro de 2018. Em 2 de março de 2021.[3]

A 7 de janeiro de 2021, foi relatado que o presidente eleito Joe Biden havia escolhido Raimondo para servir como Secretária de Comércio na administração dele.[4] Ela foi confirmada pelo senado em 2 de março de 2021.[3]

Infância e Educação[editar | editar código-fonte]

Gina Marie Raimondo nasceu a 1971 em Smithfield, Rhode Island, onde cresceu mais tarde.[5] De ascendência italiana, é a mais nova dos três filhos de Josephine (Piro) e Joseph Raimondo. O seu pai, Joseph (1926-2014), fez carreira na fábrica de relógios Bulova em Providence, Rhode Island.[6] Ele ficou desempregado aos 56 anos quando a empresa Bulova transferiu as suas operações para a China, fechando a fábrica em Providence. Raimondo graduou-se na La Salle Academy, em Providence, como uma das primeiras meninas com permissão para frequentar a escola católica, onde foi a delegada de turma.

Raimondo formou-se com o título de Bacharel em Artes magna cum laude em economia pela Universidade de Harvard em 1993, onde serviu na equipe do The Harvard Crimson.[7] Ela frequentou o New College, Oxford, onde recebeu o grau de Master of Arts (MA) e Doctor of Philosophy em 2002 em sociologia. A sua tese de doutoramento foi sobre a maternidade solteira e supervisionada por Stephen Nickell e Anne H. Gauthier enquanto ela era uma estudante de pós-graduação do New College, Oxford.[8] Raimondo recebeu o seu diploma de Juris Doctor pela Yale Law School em 1998.[9]

Governadora de Rhode Island[editar | editar código-fonte]

Posse de Gina Raimondo como governadora

Raimondo foi eleita governadora de Rhode Island a 4 de novembro de 2014 , ganhando com 41% dos votos em uma disputa a três, derrotando os adversários Allan Fung (R) e Robert J. Healey do Partido Moderado. Raimondo é a primeira governadora de Rhode Island.[10]

Quando ela concorreu a governador, Rhode Island tinha a maior taxa de desemprego do país.[11] Raimondo cortou impostos todos os anos e removeu 8.000 páginas de regulamentos - 30 por cento dos regulamentos do estado. Ela aumentou o salário mínimo estadual para US $ 11,50, criou um direito a licença médica, financiou o maior programa de infraestrutura da história do estado e tornou as faculdades comunitárias gratuitas.[12]

Em 2 de março de 2021, Raimondo renunciou do cargo para assumir como Secretária de comércio dos Estados Unidos.[3] Ela foi sucedida pelo seu vice, Daniel McKee.[13]

Referências

  1. «Democrat Gina Raimondo becomes Rhode Island's first female governor». news.yahoo.com (em inglês). Consultado em 10 de janeiro de 2021 
  2. Sullivan, Sean. «Raimondo launches campaign for Rhode Island governor». Washington Post (em inglês). ISSN 0190-8286. Consultado em 10 de janeiro de 2021 
  3. a b c «Raimondo wins US Senate confirmation, resigns as governor». WPRI.com (em inglês). 2 de março de 2021. Consultado em 3 de março de 2021 
  4. CNN, Jeff Zeleny, Kate Sullivan and Dan Merica. «Biden poised to tap Rhode Island Gov. Gina Raimondo to lead Commerce Department». CNN. Consultado em 10 de janeiro de 2021 
  5. «Gina Raimondo». Ballotpedia (em inglês). Consultado em 10 de janeiro de 2021 
  6. «Meet Gina – Gina for RI» (em inglês). Consultado em 10 de janeiro de 2021 
  7. «Six Harvard Students Win Rhodes | News | The Harvard Crimson». www.thecrimson.com. Consultado em 10 de janeiro de 2021 
  8. Raimondo, Gina (2002). «Determinants of single motherhood in the United States» (em English). OCLC 52794176. Consultado em 10 de janeiro de 2021 
  9. «Gina Marie Raimondo, A.B., D.Phil., '98 J.D.». Yale University (em inglês). 11 de setembro de 2015. Consultado em 10 de janeiro de 2021 
  10. «Democrat Gina Raimondo becomes Rhode Island's first female governor | Reuters». web.archive.org. 13 de novembro de 2015. Consultado em 10 de janeiro de 2021 
  11. «Gina Raimondo». Ballotpedia (em inglês). Consultado em 10 de janeiro de 2021 
  12. «The Voter's Self Defense System». Vote Smart. Consultado em 10 de janeiro de 2021 
  13. Fitzpatrick, Edward; McGowan, Dan (2 de março de 2021). «McKee sworn in as Rhode Island's 76th governor - The Boston Globe». Boston Globe (em inglês). Consultado em 3 de março de 2021