Giorgio Carbone

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Giorgio Carbone
Moeda com a imagem do Príncipe Giorgio
Nome completo Giorgio Carbone
Nascimento 14 de junho de 1936
Seborga  Itália
Morte 25 de novembro de 2009 (73 anos)
Nacionalidade Itália Italiano
Ocupação Encanador

Giorgio Carbone (Seborga, 14 de junho de 1936  — 25 de novembro de 2009) foi um cidadão italiano que se autoproclamava "príncipe" de Seborga (Giorgio I de Seborga), embora tal título não tenha sido reconhecido por nenhum país do mundo[1] [2] [3] [4]

História[editar | editar código-fonte]

No início da década de 1960, Carbone começou a promover a ideia de que Seborga manteve a sua independência histórica como um principado,[5] sob o pretexto de não existirem documentos comprovando a anexação de Seborga ao Estado Italiano (nem com a Unificação em 1861, nem com a criação da República Italiana em 1946), Carbone plantou entre seus conterrâneos a idéia de que Seborga seria um estado independente, sendo eleito Príncipe em 1963.[6]

No ano de 1995, a Constituição do Principado foi aprovada por 304 votos, sendo que apenas quatro pessoas se opuseram. Embora de não ter nem um reconhecimento oficial, o Principado de Seborga é uma atividade cultual muito ativa do Municìpio.

Em janeiro de 2006 Carbone anunciou que iria abdicar ao atingir a idade de 70 anos, mas ele não conseguiu cumprir sua promessa.[7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. " Prince of the piazza ", Anthony Peregrine, The Daily Telegraph, Dezembro de 1999
  2. "Noel Gallagher is my choice for monarch", Caitlin Moran, The Times, 30 de janeiro de 2006
  3. 'His Tremendousness' oversaw the Italian village of Seborga, The Washington Post, 4 de dezembro de 2009
  4. Obituary: "His Tremendousness Giorgio Carbone", Daily Telegraph, 27 de novembro de 2009
  5. "Prince of Seborga fights on for 362 subjects", Italy Magazine, 15 de junho de 2006
  6. "Battle rages for His Tremendousness's throne", Malcolm Moore, Daily Telegraph, 13 de junho de 2006
  7. "Wanted: prince to rule village", Richard Owen, The Times, 24 de janeiro de 2006

Ligações externas[editar | editar código-fonte]