Giovanni Augusto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

[1]

Giovanni Augusto
Informações pessoais
Nome completo Giovanni Augusto Oliveira Cardoso
Data de nasc. 5 de setembro de 1989 (29 anos)
Local de nasc. Belém (PA), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,77 m
Destro
Apelido Gio
Informações profissionais
Período em atividade 2010–presente (9 anos)
Clube atual Goiás
Número 89
Posição Meia
Clubes de juventude
2005–2008
2008–2009
Paysandu
Atlético Mineiro
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2010–2016
2010–2011
2011–2012
2012
2012–2013
2013
2013–2014
2014–2015
2016–
2018
2019–
Atlético Mineiro
Náutico (emp.)
Grêmio Barueri (emp.)
Goiás (emp.)
Criciúma (emp.)
Náutico (emp.)
ABC (emp.)
Figueirense (emp.)
Corinthians
Vasco da Gama (emp.)
Goiás (emp.)
0054 000000(5)
0022 000000(2)
0010 000000(0)
0000 000000(0)
0026 00000(22)
0015 00000(14)
0013 000000(2)
0036 000000(6)
0078 000000(7)
0025 000000(1)
0010 000000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 27 de maio de 2019.

Giovanni Augusto Oliveira Cardoso, mais conhecido como Giovanni Augusto (Belém, 5 de setembro de 1989), é um futebolista brasileiro que atua como meia. Atualmente, joga pelo Goiás.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Paysandu[editar | editar código-fonte]

Giovanni iniciou sua carreira na equipe de futsal do Paysandu, com uma média de gols excelente, chegando a marcar 3 gols em uma só partida. O jogador, no entanto, foi avaliado pelo diretor da equipe de futebol do Paysandu, e chamado para defender a equipe na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Giovanni chegou a atuar ao lado de Paulo Henrique Ganso na base do clube paraense, onde os dois tornaram-se amigos.[2]

Destaque do Paysandu no torneio, Giovanni despertou o interesse do Atlético Mineiro, e foi contratado pela equipe mineira.

Atlético Mineiro[editar | editar código-fonte]

Após passagem pela base do Atlético Mineiro, Giovanni foi promovido ao elenco profissional no início de 2010 pelo então técnico Vanderlei Luxemburgo. Giovanni estreou no dia 17 de março de 2010, na derrota para a Chapecoense por 1 a 0, pela Copa do Brasil.

Náutico[editar | editar código-fonte]

Sem muitas oportunidades na equipe, foi emprestado ao Naútico para a disputa da Série B de 2010. No Náutico, Giovanni foi um dos destaques da equipe na disputa da Série B. Porém, envolveu-se em problemas com a diretoria do clube pernambucano e acabou rescindindo seu contrato de empréstimo.[3]

Retorno ao Galo[editar | editar código-fonte]

De volta ao Galo em 2011, Giovanni foi observado pelo técnico Dorival Júnior durante a pré-temporada. O jogador teve sua primeira oportunidade com o técnico no jogo contra o América Teófilo Otoni. Giovanni não desapontou, jogou bem, fez gol, e assumiu a titularidade no meio-campo do Atlético Mineiro, sendo destaque do clube nas finais do Campeonato Mineiro e início do Campeonato Brasileiro.[4] A partir daí seu rendimento caiu e foi afastado pelo clube mineiro.

Grêmio Barueri[editar | editar código-fonte]

No dia 17 de setembro de 2011, foi anunciado seu empréstimo junto ao Grêmio Barueri, a pedido do técnico Renê Simões.

Goiás[editar | editar código-fonte]

Defendeu o alviverde em 2012.

Criciúma[editar | editar código-fonte]

Após ser emprestado para temporada 2012, Giovanni retornou ao Galo mineiro no dia 23 de novembro do mesmo ano, depois de uma dispensa de 6 jogadores, feita pelo Criciúma.[5]

Náutico[editar | editar código-fonte]

Retornou ao Náutico no dia 15 de janeiro de 2013, mas não conseguiu se destacar muito, e depois de uma lista dispensa, saiu do clube.[6]

ABC[editar | editar código-fonte]

Depois da dispensa pelo Náutico, chega ao Mais Querido para ser o novo camisa 10, onde recuperou o bom futebol e acabou sendo um dos destaques da equipe na Série B.

Figueirense[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2014, o meio-campista foi anunciado como reforço do Figueirense para a disputa da Série A. Em 18 de maio de 2014, no jogo entre Corinthians e Figueirense na abertura da Arena Corinthians, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro de 2014, Giovanni Augusto marcou o 1° gol do estádio, aos dois minutos do segundo tempo, gol solitário que valeu a vitória da equipe catarinense.[7]

Atlético Mineiro[editar | editar código-fonte]

Retornou ao Galo para a temporada 2015. Após resolver um impasse judicial com o clube, na qual o jogador tentava uma liberação antes do fim do antigo vínculo, que ia até o fim de 2015, Giovanni recebeu sua primeira oportunidade, sendo acionado por Levir Culpi no segundo tempo do jogo que valeu o título do Campeonato Mineiro de 2015, e teve seu contrato renovado até maio de 2018.[8]

Após um inicio de ano turbulento, devido a questões contratuais, Giovanni se firmou na titularidade do time alvinegro, terminando a temporada como o terceiro jogador com mais assistências no Campeonato Brasileiro, com 10 passes para gol.[9]

Corinthians[editar | editar código-fonte]

No dia 29 de janeiro de 2016, Giovanni Augusto acertou com o Corinthians numa transação de 4,5 milhões de euros.[10]

Em 18 de janeiro de 2017, pelo primeiro jogo do ano, entrou no segundo tempo da semi-final contra o Vasco da Gama, pelo torneio da Florida Cup de 2017, goleando o adversário e avançando para a final do torneio dos EUA. No dia 21 de janeiro jogou a final contra o arquirival São Paulo. O Corinthians perdeu por 4-3 nas penalidades máximas, após o empate de 0-0 no tempo real, perdendo o título do torneio e levando a vice-liderança. Em 01 de fevereiro, o Corinthians realizou um amistoso preparatório contra a Ferroviária para o Campeonato Paulista, Giovanni Augusto jogou o primeiro tempo e foi substituído no segundo tempo pelo volante Cristian, para realizações de testes do técnico Fábio Carille. O Corinthians venceu o jogo com gol de Marquinhos Gabriel, aos 49 minutos do segundo tempo. No dia 04 de fevereiro, o Corinthians realizou seu primeiro jogo oficial no Brasil contra o São Bento, válido pelo Campeonato Paulista 2017, o Timão venceu o jogo por 1-0 numa cobrança de pênalti. O Corinthians venceu o jogo e acumulou seu primeiro três pontos.

Vasco da Gama[editar | editar código-fonte]

Em 8 de Fevereiro de 2018 chega por empréstimo ao Vasco da Gama até o fim da temporada.[11] No clube carioca, sofreu com algumas lesões que o impediram de uma boa sequência inicial. Emendou uma sequência de atuações apagadas e amargou o banco de reservas já ao final da temporada.[12]

Goiás[editar | editar código-fonte]

No dia 12 de março de 2019, assinou contrato de empréstimo pelo Goiás. Ele chega do Corinthians por empréstimo até o fim da temporada com a maior parte do salário paga pelo clube paulista.


Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Atualizado até 27 de maio de 2019.

Clubes[editar | editar código-fonte]

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional
Competições
continentais¹
Outros
torneios²
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Corinthians
2016 32 3 4 0 6 1 11 2 53 6
2017 11 1 4 0 4 0 5 0 24 1
2018 0 0 0 0 0 0 1 0 1 0
Total 43 4 8 0 10 1 17 2 78 7
Vasco da Gama 2018 19 0 1 0 2 0 3 1 25 1
Total 19 0 1 0 2 0 3 1 25 1
Goiás 2019 5 0 0 0 0 0 5 0 10 0
Total 5 0 0 0 0 0 5 0 10 0
Total 67 4 9 0 12 1 25 2 113 8

¹Estão incluídos jogos e gols da Copa Libertadores e Copa Sul-Americana
²Estão incluídos jogos e gols pelos Campeonatos Estaduais, Torneios Amistosos e Amistosos

Campeonatos[editar | editar código-fonte]

Competição Partidas Gols Média
Amistosos¹ 4 0 0,00
Campeonato Paulista 13 2 0,16
Campeonato Carioca 13 2 0,16
Campeonato Goiano 5 0 0,33
Campeonato Brasileiro 67 4 0,0
Copa do Brasil 9 0 0,00
Copa Sul-Americana 6 0 0,00
Copa Libertadores 6 1 0,16
TOTAL 113 8 0,08

¹Estão incluídos jogos e gols de amistosos e torneios amistosos

Títulos[editar | editar código-fonte]

Atlético Mineiro
Figueirense
Corinthians

Referências

  1. «Goiás se acerta com o Corinthians e confirma empréstimo de Giovanni Augusto». esporte.uol.com.br. Consultado em 12 de março de 2019 
  2. «Giovanni Augusto segue passos do amigo Ganso para brilhar no futebol». Consultado em 15 de julho de 2015 
  3. «Meias Giovanni e Thiago Marim estão fora do Náutico - NE10». ne10.uol.com.br. Consultado em 15 de julho de 2015 
  4. «Show de bola do Atlético-MG garante a vitória por 7 a 1 sobre o América TO». Consultado em 15 de julho de 2015 
  5. «Com o acesso garantido, Criciúma anuncia a saída de seis jogadores». Consultado em 15 de julho de 2015 
  6. «Diretoria do Náutico oficializa contratação do meia Giovanni». Consultado em 15 de julho de 2015 
  7. «Giovanni Augusto, do Figueirense, marca primeiro gol do Itaquerão». Consultado em 15 de julho de 2015 
  8. «Giovanni Augusto tem renovação com o Atlético oficializada e admite que se equivocou». Consultado em 15 de julho de 2015  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (ajuda)
  9. «Giovanni Augusto treina nas férias para ter um 2016 melhor do que 2015». globoesporte.com. Consultado em 15 de janeiro de 2016 
  10. Rodrigo Fonseca (29 de janeiro de 2016). «Giovanni Augusto revela perda de foco em BH e confirma troca do Atlético pelo Corinthians». Supersports. Consultado em 29 de janeiro de 2016 
  11. «Corinthians empresta meia Giovanni Augusto ao Vasco até o final de 2018 - Futebol - UOL Esporte». UOL Esporte 
  12. «Giovanni Augusto sofre lesão em estreia pelo Vasco e ficará fora por, no mínimo, seis semanas». Extra Online 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]