Giovanni Battista Amici

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Giovanni Battista Amici
Nascimento 25 de março de 1786
Módena
Morte 10 de abril de 1863 (77 anos)
Florença
Cidadania Ducado de Módena e Régio
Alma mater
Ocupação astrônomo, biólogo, matemático, físico, professor universitário, engenheiro, botânico, inventor,
Prêmios
Empregador Universidade de Módena e Reggio Emília

Giovanni Battista Amici (Modena, 25 de março de 1786Florença, 10 de abril de 1863) foi um astrônomo, engenheiro, físico, matemático e microscopista italiano.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Após seus estudo em Bolonha, tornou-se professor de matemática na cidade de Modena. Em 1831, assumiu o cargo de inspetor-geral de educação do Ducado.

Alguns anos mais tarde foi escolhido para dirigir o Observatório astronômico de Florença. Paralelamente ministrou conferências no Museu de história natural da cidade.

Seu nome está associado as melhorias que efetuou nos espelhos utilizados em telescópios e também na construção de microscópios. É reconhecido pelas observações astronômicas das estrelas binárias, dos satélites naturais de Júpiter, e pela medida dos diâmetros polares e equatorial do sol.

A cratera Amici na lua foi nomeada em sua honra. Foi o inventor do dipleidoscópio.

Fez também numerosas observações em biologia, principalmente sobre a circulação da seiva nos vegetais, frutificação das plantas e sobre os protistas cilidados.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]