Girls (canção de Rita Ora)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Girls"
Single de Rita Ora com Cardi B, Bebe Rexha e Charli XCX
do álbum Phoenix[1][2]
Lançamento 11 de maio de 2018 (2018-05-11)
Formato(s)
Gênero(s) Pop[3]
Duração 3:41
Gravadora(s) Atlantic
Composição
Produção
  • Ben Billions
  • Coffer
  • Watt
Informações sobre o vídeo musical
Gravação 2018
Diretor(es) Helmi
Duração 03:41
Cronologia de singles de Rita Ora
"For You"
(2018)
"Let You Love Me"
(2018)
Cronologia de singles de Cardi B
"Drip"
(2018)
"Dinero"
(2018)
Cronologia de singles de Bebe Rexha
"Push Back"
(2018)
"I'm a Mess"
(2018)
Cronologia de singles de Charli XCX
"Out of My Head"
(2017)
"5 in the Morning"
(2018)

"Girls" é uma canção da cantora britânica Rita Ora, com a rapper americana Cardi B, com a cantora americana Bebe Rexha e a cantora britânica Charli XCX. A canção foi lançada como terceiro single do segundo álbum de estúdio de Ora, Phoenix, em 11 de Maio de 2018 pela Atlantic Records.[4] Ela foi escrita por Ora, Klenord Raphael, Ali Tamposi, Jonny Cofre, Jordan Thorpe, Cardi B, Brian Lee, Watt e Benjamim Diehl, enquanto a produção ficou a cargo de Ben Billions, Coffer e Watt.[5]

Fundo[editar | editar código-fonte]

A colaboração foi anunciada em 4 de Maio.[6] Rita Ora, descreveu a canção como um "hino empoderador":

"Nos últimos anos, tenho sido tão inspirada por todas as mulheres fortes que vi que não têm medo de serem elas mesmas. Para aqueles que não têm medo de dominar o mundo, este é o nosso hino. Uma celebração do amor. E, claro, muito obrigado a todas as colegas chefes que gentilmente agraciaram essa música comigo - cada uma representando quem são e de onde são [...]"


Composição[editar | editar código-fonte]

"Girls" é uma canção pop que compreende um hip hop com influências de beat.[7] A letra explícita explora temas como a atração sexual e a bissexualidade.[8] Ele acha que as quatro artistas "entretêm o pensamento" de ficarem íntimas com outras mulheres, como descrito por XXL.

As performances ao vivo[editar | editar código-fonte]

Ora cantou a música ao vivo pela primeira vez na BBC Radio 1's Big Weekend, em 28 de Maio de 2017, onde ela cantou com Charli XCX e Raye, 12 meses antes de seu lançamento como single oficial.[9] Sua primeira performance televisionada foi no final da temporada do Next Topmodel da Alemanha em 24 de maio de 2018.[10]

Críticas[editar | editar código-fonte]

Cantoras americanas como Hayley Kiyoko, que se identifica como lésbica, e Kehlani, que se identifica como queer, criticaram a música, por ser "prejudicial" para a comunidade LGBT. Kiyoko se referiu à música em um tweet que ela postou como sendo "surda", afirmando que a música "alimentou o olhar masculino enquanto marginalizava a ideia de mulheres que amam mulheres."[11] Kehlani expressou sua opinião em uma série de tweets, "Eu tenho uma incrível canção com uma das artistas, e gostaria de trabalhar com as outros três também. Eu conheci todas elas e as respeito. Lá. Estavam. Prejudicial. Letras." Ela concluiu seus tweets com: "Todo artista na música é fantástico, e muito amado e apoiado por mim... por todos nós. Mas isso não é uma questão de talento, é uma questão de escolha."[12] Ora lançou um comunicado oficial no Twitter pedindo desculpas pela ofensa não intencional.[13][14]

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

Região Data Formato Gravadora Ref.
 Estados Unidos 22 de Maio de 2018 Rhythmic contemporary radio Atlantic [15]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Phoenix (Deluxe) de Rita Ora no iTunes». iTunes Store. 18 de Setembro de 2018. Consultado em 19 de Setembro de 2018 
  2. «"Rita ora has finally announced new album phoenix six years after her debut release"». MTV (em inglês). Consultado em 18 de Setembro de 2018 
  3. «"Rita Ora Taps Cardi B, Bebe Rexha & Charli XCX For 'Girls'"» (em inglês). HotNewHipHop. Consultado em 10 de Maio de 2018 
  4. «Rita Ora's new single featuring Cardi B, Charli XCX and Bebe Rexha is released» (em inglês). Belfast Telegraph. Consultado em 11 de Maio de 2018 
  5. «Cardi B, Rita Ora, Bebe Rexha & Charli XCX Drop New Song "Girls"» (em inglês). XXL. Consultado em 11 de Maio de 2018 
  6. Britton, Luke Morgan (4 de maio de 2018). «Rita Ora, Cardi B, Charli XCX and Bebe Rexha are teaming up for a massive new single called 'Girls'». NME. Consultado em 10 de maio de 2018 
  7. Kaye, Ben (11 de maio de 2018). «Rita Ora rallies Cardi B, Charli XCX, Bebe Rexha for "Girls": Stream». Consequence of Sound. Consultado em 11 de maio de 2018 
  8. «Charli XCX, Cardi B, Rita Ora and Bebe Rexha link up for "Girls"». The Fader. 11 de maio de 2018. Consultado em 11 de maio de 2018 
  9. «"BBC Radio 1's Big Weekend, 2018, Rita Ora feat. Raye & Charli XCX"» (em inglês). BBC 
  10. «"So I'm driving back from Soundcheck and I nearly choked on my sandwich I saw this HUGE poster I had to stop the car and take a picture! I'm performing GIRLS tonight LIVE for the first time on TV for @germanysnexttopmodel Final alongside one of my absolute favourites @shawnmendes I'm so excited!! And Congrats to all the finalists for getting this FAR! See you tonight I'm on at 10pm!! 💕💖💞"» (em inglês). @ritaora on Instagram. Consultado em 25 de Maio de 2018 
  11. Enos, Morgan (11 de maio de 2018). «Hayley Kiyoko Calls Rita Ora's 'Girls' 'Tone-Deaf,' Worries It Does 'More Harm Than Good' for LGBTQ Community». Billboard. Consultado em 12 de maio de 2018 
  12. «"Hayley Kiyoko Says Rita Ora's New Single "Girls" Sends 'Dangerous' Message"» 
  13. «Rita Ora no Twitter - @ritaora». Twitter. Consultado em 14 de maio de 2018 
  14. «"Rita Ora Apologizes Over Widespread Criticism of New Song 'Girls'"» (em inglês). Rolling Stone 
  15. «Top 40/R Future Releases». AllAccess. Consultado em 25 de Maio de 2018. Cópia arquivada em 19 de Abril de 2018 

Links externos[editar | editar código-fonte]