Giro do Interior de São Paulo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Giro do Interior de São Paulo
Região São Paulo, Brasil
Data Março
Tipo Prova por etapas
História
Primeira Edição 2008
Número de Edições 7
Primeiro Vencedor Brasil Maurício Morandi
Último Vencedor Brasil Gregory Panizo

O Giro do Interior de São Paulo é uma competição de ciclística profissional de estrada por etapas disputada anualmente em São Paulo, Brasil. A competição existe desde 2008 para a categoria elite masculino, sendo inicialmente composta por 6 etapas, normalmente em torno de Barra Bonita, no centro do estado. Após ser realizada em 5 etapas entre 2009 e 2011, a prova foi encurtada para 4 etapas em 2012, e em 2013 e 2014 somente 3 foram realizadas. As etapas são caracterizadas por constantes subidas e descidas e também um vento lateral, sendo consideradas etapas difíceis.[1]

A corrida é organizada por André Luiz Pulini, que também é ciclista profissional. O líder da classificação geral durante a corrida veste a camisa rosa de líder, escolhida por Pulini em homenagem ao Giro d'Italia. O nome da prova e a cor das demais camisas de líder (vermelha para a de pontos e verde para a de montanha) também são devido à prova italiana.

Em 2010 e 2011, a corrida valeu pontos para o UCI America Tour, sendo um evento de categoria 2.2 neste. Em 2012, 2013 e 2014, a corrida inicialmente estava classificada nessa categoria, mas veio a ser removida do calendário da UCI, sendo realizada como um evento nacional de classe 2 no Calendário Brasileiro de Ciclismo.

Em 2015, a prova foi cancelada por falta de fundos, devido a um corte na verba disponibilizada pela prefeitura de Barra Bonita para a organização do evento.[2]

Na edição de 2013 da prova, foram adicionadas duas novas categorias de disputa, a Master A e a Master B, para atletas entre 30 e 49 anos, que percorreram o mesmo número de etapas mas com distâncias mais curtas.[3]

Vencedores[editar | editar código-fonte]

Ano Vencedor Segundo lugar Terceiro lugar
2008 Brasil Maurício Morandi Brasil Luiz Carlos Amorim Brasil Magno Prado Nazaret
2009 Brasil Luiz Carlos Amorim Brasil Alcides Vieira Brasil Magno Prado Nazaret
2010 Brasil Renato Seabra Brasil Wagner Alves Argentina Jorge Giacinti
2011 Brasil Flávio Reblin Bielorrússia Andrei Krasilnikau Brasil Renato Seabra
2012 Brasil Alex Diniz Brasil Renato Ruiz Brasil Ricardo Ortiz
2013 Brasil Antônio Nascimento Brasil João Marcelo Gaspar Brasil Alan Maniezzo
2014 Brasil Gregory Panizo Brasil André de Souza Almeida Brasil Diego Ares
2015 Não houve competição

Etapas e Demais Classificações[editar | editar código-fonte]

Vitórias de etapa[editar | editar código-fonte]

20 ciclistas alcançaram vitórias de etapa entre as 30 etapas realizadas nas 7 edições da prova, e 7 deles o fizeram mais de uma vez:

Nome Vitórias
Brasil Kléber Ramos 3
Brasil Raphael Serpa 3
Brasil João Marcelo Gaspar 3
Brasil Alex Diniz 2
Brasil Antônio Nascimento 2
Brasil Flávio Cardoso 2
Brasil Luiz Carlos Amorim 2
Brasil Renato Seabra 2

O maior número de vitórias de etapa em somente uma edição da prova é dois, tendo sido alcançado 4 vezes:

Referências

  1. «Giro do Interior: Pela primeira vez válida pela UCI». ciclismoweb.wordpress.com. Consultado em 27 de maio de 2015 
  2. «Sem verba, Giro do Interior é cancelado». bikemagazine.com.br. Consultado em 26 de maio de 2015 
  3. «Giro do Interior de SP reúne principais ciclistas de estrada em Barra Bonita». bikemagazine.com.br. Consultado em 15 de março de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]