Gisele Bündchen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Gisele Bundchen)
Ir para: navegação, pesquisa
Gisele Bündchen
Gisele no encerramento da Copa do Mundo de 2014.
Nome completo Gisele Caroline Bündchen[1][2]
Data de nascimento 20 de julho de 1980 (36 anos)
Local de nascimento Três de Maio ou Horizontina, RS
Nacionalidade  brasileira
Etnia Branca
Altura 1,79 m[3]
Cor do cabelo Louro escuro acinzentado[4]
Cor dos olhos Azuis
Peso 58 kg[3]
Agência IMG Models
Cônjuge Tom Brady (2009 -atualmente)
Site Página oficial

Gisele Caroline Bündchen[1][2] (Horizontina[5][6][7] ou Três de Maio[8][9][10], 20 de julho de 1980) é uma supermodelo, filantropa e empresária brasileira.[11][12] Em 2000, Bündchen foi considerada pela revista Rolling Stone, a modelo mais bonita do mundo. Entre 2004 e 2014, pela revista Forbes, a mais bem paga.[13][14][15][16][17] Sua fortuna foi avaliada em 150 milhões de dólares, aparecendo em 2007 no Guiness Book como a modelo mais rica do mundo.[18][19][20]

Também como a modelo-ícone mais sexy do mundo, segundo o site models.com,[21] ficando na frente de modelos como Kate Moss, Christy Turlington, Claudia Schiffer e Natalia Vodianova, que completam o "top-five".[22] Em 2009 foi eleita pelo jornal The Daily Beast a modelo mais valiosa do mundo.[23][24] Eleita em 2013 pela Revista Forbes, uma das 100 mulheres mais poderosas do mundo.[25] Bündchen foi a modelo mais bem paga do mundo pelo sétimo ano seguido, na lista da revista americana Forbes, após acumular 42 milhões de dólares em 12 meses (entre junho de 2012 e junho de 2013).[26] Ainda de acordo com a publicação, desde que a revista começou a “acompanhar” a fortuna de Gisele, em 2001, a top recebeu US$ 386 milhões (cerca de R$ 850 milhões) – levando-se em conta a inflação dos EUA, o valor estimado chega a US$ 427 milhões, equivalente a cerca de R$ 940 milhões.[27]

Ela desempenhou o papel antagonista no filme Taxi (2004), pelo o qual ela foi nomeada ao Teen Choice Awards para Desempenho descoberta feminina[28] e Melhor Vilão,[28] também teve um papel coadjuvante em O Diabo Veste Prada(2006). Bündchen apoia muitas instituições de caridade, incluindo Save the Children, a Cruz Vermelha e os Médicos sem Fronteiras, bem como dedica seu tempo a causas ambientais.

Em 2013, foi escolhida pela Revista Época, uma das 100 personalidades mais influentes do Brasil.[29] Com mais de 500 capas de revistas em seu currículo, é a segunda personalidade feminina da história com mais capas com sua imagem, depois da Princesa Diana.[30]

Após a aposentadoria das passarelas,[31] seu último desfile[32] foi realizado em 5 de Agosto de 2016, no famoso Estádio do Maracanã na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Verão de 2016 no Rio de Janeiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Top model Gisele Bündchen, no SPFW 2009.

Gisele Bündchen (pronunciado IPA[ʒiˈzɛɫi kɐɾo̞ˈɫiɲi ˈbĩtʃẽj] na variante pronúncia corrente no Brasil) nasceu em uma família de descendentes de alemães na região noroeste do Rio Grande do Sul, na cidade de Horizontina.[33][34] Seus pais são Valdir Bündchen e Vânia Nonnenmacher e a modelo tem cinco irmãs: Raquel, Graziela, Gabriela, Rafaela e sua irmã gêmea, Patrícia. Apenas Graziela, juíza federal, não trabalha com Gisele: Raquel é contadora e empresária, Patrícia é relações-públicas, a advogada especialista em direito de imagem Gabriela cuida dos contratos, e Rafaela faz o marketing.[35] Quando adolescente, tinha o sonho de se tornar uma jogadora de vôlei e até cogitou entrar para o time da Sociedade de Ginástica Porto Alegre (SOGIPA).[36]

Em 2006, ao ser indagada em entrevista ao site Deutsche Welle sobre suas origens, a modelo respondeu[5]:

No dia 18 de março de 2015 anunciou aposentar-se das passarelas na São Paulo Fashion Week.[37]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Gisele em coletiva de imprensa para a Pantene em 2015.

A sua carreira começou aos quatorze anos de idade quando foi descoberta por olheiros de uma agência de modelos enquanto fazia um "desfile" para debutantes, para a sua formatura de conclusão de ensino fundamental (8ª série).[13] Inicialmente, trabalhou para a agência de modelos Elite Model Management, depois passou a ser representada pela IMG Models.

Modelo[editar | editar código-fonte]

Bündchen fez anúncios e fotografias para grifes renomadas, incluindo Valentino, Zara, Bulgari, Versace, Victoria's Secret, Ralph Lauren, Tommy Hilfiger, Dolce & Gabbana, Colcci e outros. Também apareceu nas capas de revistas como Marie Claire, Vogue, Arena, Forbes, Vanity Fair, Time, Newsweek e Rolling Stone. Em sua carreira, estima-se ter aparecido em quinhentas capas de revistas.[38]

Em 1999, a figura carismática de Bündchen e sua notoriedade no mercado da moda, levou a Vogue a afirmar que graças a ela houve o "retorno da modelo sexy", já que parece ter marcado o fim de uma tendência de modelos de aspecto pouco saudável, como era considerada Kate Moss na época.[39]

Gisele no Fashion Rio, desfilando pela Colcci.

Bündchen, em 2000, ganhou o prêmio de "Modelo do Ano" pela revista Vogue e foi nomeada "A Garota Mais Linda do Mundo" pela revista Rolling Stone.[40]

Em janeiro de 2007, a revista Forbes divulgou a lista das vinte mulheres mais ricas da indústria do entretenimento mundial e Bündchen é a única brasileira incluída. Naquele momento, com uma fortuna estimada em 70 milhões de dólares, é a 16ª colocada.[41]

Atualmente, celebridades de Hollywood tem ocupado os lugares das modelos e sendo contratadas para associar seus rostos às marcas. Em consequência, há uma desvalorização na atuação de modelos, sendo Bündchen uma exceção. Por isso, a modelo é considerada por muitos como a "última supermodelo do mundo". Claudia Schiffer afirmou que "supermodelos, como fomos um dia, não existem mais", salientando que Gisele Bündchen é a única no mundo a ter notoriedade suficiente para ser considerada uma supermodelo.[42]

Outros trabalhos[editar | editar código-fonte]

Desde 2004, Bündchen diversificou sua atuação. Participou nos filmes estadunidenses Taxi e O Diabo Veste Prada (2006).[43] Bündchen também foi VJ da MTV Brasil, apresentou em 1996 o programa "Al dente" e o grande evento internacional VH1/Vogue Fashion Awards em 2000.[44]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
2004 Taxi Vanessa
2006 O Diabo Veste Prada Serena Participação especial

Bolsa internacional[editar | editar código-fonte]

Um estudo realizado por um economista americano Fred Fuld, especialista em finanças e no mercado de ações, identificou um melhor desempenho na valorização das ações das empresas que associam a imagem ao rosto de Bündchen, criando o Gisele Bündchen Stock Index, inspirado no Dow Jones Industrial Average de Nova York. De acordo com Fuld, o "Gisele Bündchen Stock Index" teve uma valorização de 15% durante o intervalo de entre maio e julho de 2007, superando substancialmente o "Dow Jones Industrial Average" que tinha crescido 8,2%.[45][46]

Além disso, apareceu em 5º lugar na lista as dez empresárias mais poderosas do Brasil, elaborada pela Forbes.[47]

Ativismo social[editar | editar código-fonte]

Bündchen em 2006.

Bündchen é uma ativista social, dá suporte a causas como a campanha I am African, pintando seu rosto num protesto contra a falta de atenção à situação das vítimas do HIV (principalmente na África). Sem receber cachê, foi a garota-propaganda do American Express Red Card, iniciativa que dá suporte a vítimas do vírus HIV, enviando uma porcentagem do dinheiro das transações feitas com esse cartão.[48][49]

Bündchen já doou o salário de uma semana inteira de desfiles na São Paulo Fashion Week para o programa Fome Zero, introduzido pelo governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2003.[50]

Uma das suas preocupações é proteger a Floresta Amazônica e seus recursos hídricos, doando para essa causa uma porcentagem dos lucros da venda de sua linha de sandálias com a marca Ipanema Gisele Bündchen. O dinheiro é revertido para projetos como Nascentes do Brasil, Y Ykatu Xingu, ISA e De Olho nos Mananciais.[51][52]

Em 20 de setembro de 2009, foi designada como Embaixadora da Boa Vontade pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente pelo engajamento em causas ambientais. Em 2012, realiza sua primeira visita oficial como embaixadora, no Quênia[53][54][55][56] Também em 2009, ela foi eleita "heroína nacional brasileira" ficando na frente de Luís Inácio Lula da Silva e de Ronaldo Nazário.[57] Foi considerada pela Revista Época uma dos cem brasileiros mais influentes do ano de 2009.[58]

Bündchen se uniu ao ex-vice presidente americano Al Gore para apoiar a campanha Energia Sustentável para Todos. Em um vídeo exibido pela CNN, que também conta com a participação de Kandeh K. Yumkella, diretor-geral da Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO), Gisele repete o slogan da campanha: “Vamos trazer energia para todos”.[59]

Homenagens[editar | editar código-fonte]

Bündchen foi homenageada pelo cantor brasileiro Gabriel Guerra, juntamente com o músico Pedro Cezar, que escreveu a canção "Tributo a Gisele", que é o tema do site oficial da modelo gaúcha.[60] A modelo brasileira foi formalmente convidada pela FIFA para entregar a taça à seleção vencedora do Mundial 2014 no Brasil.[61]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Bündchen namorou o modelo americano Scott Barnhill de 1998 a 1999.[62][63] De novembro de 1999 a fevereiro de 2000, namorou o empresário paulista João Paulo Diniz.[64][65] Em 2000, teve um breve relacionamento com o ator americano Josh Hartnett[66]

Namorou o ator Leonardo DiCaprio de 2001 a 2005,[67] apesar de ter dito que DiCaprio "bebe, chega aos lugares e quer chamar a atenção. Não é o tipo de amigo que quero ter", quando começaram os primeiros boatos sobre os dois em janeiro de 1999.[68][69] E após essa declaração, ela insistiu que os dois eram apenas amigos, como disse ao Jornal Estadão em Maio de 2000: "Leo é meu amigo. Nós nos conhecemos fora do circuito do showbiz e nos vemos umas duas ou três vezes por mês, quando vou a Los Angeles. Mas é só. Esse assunto já nos fez dar muita risada".[68][70] A revista americana People publicou fotos dos dois juntos na praia em Agosto de 2000.[71] O namoro terminou pela primeira vez em 2002, e a modelo namorou o empresário e esportista brasileiro Ricardo Mansur por seis meses, entre 2002 e 2003.[72]

Em 2005, teve um relacionamento rápido com o surfista Kelly Slater.[73] Em dezembro de 2006, ela começou a namorar o jogador de futebol americano Tom Brady, com quem se casou em 26 de fevereiro de 2009.[74] A cerimônia ocorreu na Igreja Católica de Santa Mônica, em Santa Mônica, no estado norte-americano da Califórnia, em segredo.[74] Em 5 de abril de 2009 o casal realizou uma nova cerimônia de casamento, dessa vez na Costa Rica e com a presença de John, filho de Tom com a ex-namorada, a atriz Bridget Moynahan.[75][76] No dia 8 de dezembro de 2009 nasceu o primeiro filho do casal, Benjamin.[77][78] Em 2012, a modelo confirma sua segunda gravidez.[79] No dia 5 de dezembro de 2012, nasce o segundo filho do casal, Vivian.[80]

Referências

  1. a b Dhiego Maia; Galeno Lima (24 de abril de 2015). «Edição colaborativa da Wikipédia é marcada por disputas e negociações - 24/04/2015» (html). Folha de S.Paulo. Consultado em 19 de março de 2016. 
  2. a b «Veja os nomes de verdade das tops models» (html). Terra. 5 de setembro de 2014. Consultado em 19 de março de 2015. 
  3. a b «Vá para casa e emagreça». Revista Veja. 22 de novembro de 2006. 
  4. Caras - Hair
  5. a b Deutsche Welle: Gisele Bündchen fala sobre futebol e suas raízes alemãs
  6. «Amor em família». Isto É Gente ed. 497. 
  7. «Gisele Bündchen». Ig Gente / Babado. 
  8. IMG Models: Portfolio[ligação inativa]. IMG Models. Retrieved 25 January 2011
  9. «Gisele Bündchen: "Não sou do tipo que chega nos caras"». Capricho. 23 de junho de 2008. 
  10. «Gisele Bündchen». H2Foz. 
  11. Estadão
  12. Terra, Economia
  13. a b Kate Moss is world's second richest model - Telegraph, 17 Julho de 2007(em inglês)
  14. In Pictures: The World's 15 Top-Earning Models-Revista Forbes(em inglês)
  15. Lauren Streib (27 de maio de 2009). «The World's Top-Earning Models» (em inglês). Forbes. Consultado em 3 de julho de 2009. 
  16. Steven Bertoni, Keren Blankfeld. «The World's Top-Earning Models». Forbes.com (em inglês). Consultado em 13/05/2010. 
  17. Steven Bertoni e Keren Blankfeld (5 de maio de 2011). «The World's Top-Earning Models» (em inglês). Forbes. Consultado em 10 de maio de 2011. 
  18. CAPTAIN JACKPOT JOHNNY-Jornal New York Post, Junho de 2007(em inglês)
  19. Forbe´s List of World´s Top´s Earning Models em fabsugar.com)(em inglês)
  20. World's Top Supermodels(em inglês)
  21. Gisele Bündchen assume liderança máxima entre modelos, diz site Acessado em 24 de fevereiro de 2011
  22. «Icons 5-1» (em inglês). Consultado em 18/11/2009. 
  23. «A Top das Tops». Consultado em 19 de novembro de 2009. 
  24. Streib, Lauren. «The 10 Most Valuable Models» (em inglês). Consultado em 19 de novembro de 2009. 
  25. «95ª) Gisele Bündchen». Consultado em 22 de maio de 2013. 
  26. Gisele é a modelo mais bem paga do mundo pela 7ª vez
  27. «Segundo a “Forbes”, Gisele Bündchen ganha mais de R$ 280 mil por dia». Consultado em 17 de julho de 2014. 
  28. a b "2005 Teen Choice Awards"
  29. Os mais influentes do Brasil em 2013
  30. «Gisele Bündchen». Voguepedia. Consultado em 07/05/2014. 
  31. «Gisele Bündchen anuncia aposentadoria das passarelas». 2015-03-18. Consultado em 2016-08-07. 
  32. «Gisele Bündchen desfila pela última vez na abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016». 2016-08-06. Consultado em 2016-08-07. 
  33. Gisele Bündchen: "Brazil Should Become World Champion", Maio de 2006(em inglês)
  34. «Perfil da modelo no seu website oficial». giselebundchen.com.br. Consultado em 7 de abril de 2012. 
  35. (20 de março de 2016) "Um über pai" (requer cadastro). Estado de Minas.
  36. (1 de setembro de 1994) "Modelo Gisele Bündchen, aos 14 anos, estreia na passarela e sonha jogar vôlei" (requer cadastro). O Globo.
  37. Gisele Bündchen anuncia aposentadoria das passarelas, globo.com
  38. Capas de revista no site oficial
  39. Biografia de Gisele Bündchen em AskMen.com(em inglês)
  40. Perfil da modelo na New York Magazine(em inglês)
  41. The 20 Richest Women In Entertainment-Revista Forbes, em Janeiro de 2007(em inglês)
  42. The supermodel is dead, says Claudia Schiffer - Daily Mail, Setembro de 2007(em inglês)
  43. Filmografia de Gisele Bündchen no IMDb(em inglês)
  44. «Gisele comanda Vogue Fashion Awards». Estadão. 17 de outubro de 2000. Consultado em 20 de março de 2009. 
  45. Expo Money: Índice Gisele Bündchen, Julho de 2007
  46. Revista RI mostra relação entre Gisele Bündchen e ações
  47. As mulheres de negócios mais poderosas do Brasil
  48. Gisele Bündchen posa para campanha contra a Aids Acessado em 20 de março de 2009
  49. Os exemplos da mais bela do mundo Acessado em 24 de fevereiro de 2011
  50. Gisele Bündchen - A modelo que virou floresta Acessado em 20 de março de 2009
  51. Gisele Bündchen Sementes
  52. Campanha de Olho nos Mananciais
  53. UNEP Goodwill Ambassador Gisele Bundchen Backs 'Small is Beautiful' Energy Solutions on First Mission to Africa - See more at: http://www.unep.org/newscentre/Default.aspx?DocumentID=2666&ArticleID=9004&l=en#sthash.U5lFUDC5.dpuf
  54. «Gisele Bündchen será embaixadora da ONU». 19 de setembro de 2009. Consultado em 20 de setembro de 2009. 
  55. «Gisele será nomeada Embaixadora do PNUMA». Consultado em 20/09/2009. 
  56. «Gisele Bündchen será Embaixadora da ONU». 19 de setembro de 2009. Consultado em 20 de setembro de 2009. 
  57. «Gisele Bündchen é eleita heroína nacional e bate Lula e Ronaldo». 26/11/2009. Consultado em 24 de fevereiro de 2011. 
  58. «Época - NOTÍCIAS - Os 100 brasileiros mais influentes de 2009». revistaepoca.globo.com. Consultado em 20 de dezembro de 2009. 
  59. http://colunas.revistaepoca.globo.com/brunoastuto/2013/02/27/gisele-bundchen-e-al-gore-juntos-por-uma-energia-mais-sustentavel/
  60. Tributo a Gisele Acessado em 24 de fevereiro de 2011
  61. Gisele Bündchen vai entregar taça aos vencedores do Mundial 2014, Correio da Manhã, publicado a 16 junho 2014
  62. «Matheus Mazzafera abre o “baú” e encontra foto de Gisele Bündchen com ex, o modelo Scott Barnhill». ofuxico.com.br. 24 de maio de 2010. 
  63. «'Marriage? I've so much to do first'». telegraph.co.uk. 7 de setembro de 2001. 
  64. «Gisele Bündchen e Joao Paulo Diniz estariam namorando». dgabc.com.br. 23 de fevereiro de 2000. 
  65. «Gisele Bündchen and Joao Paulo Diniz». famousfix.com. 
  66. «Gisele Bündchen estaria saindo com ator americano». dgabc.com.br. 27 de março de 2000. 
  67. Tom Brady & Gisele Bundchen: New Couple? - People, 25 de janeiro de 2007.
  68. a b «Gisele e a Fera». revistaepoca.globo.com. 
  69. «Notícias Abril/2000». webcine.com.br. 
  70. «Gisele Bündchen brilha no desfile em Cannes». cultura.estadao.com.br. 18 de maio de 2000. 
  71. «Titanic Effect». people.com. 7 de agosto de 2000. 
  72. «ISTOÉ Gente - O eleito da Top». terra.com.br. 25 de novembro de 2002. 
  73. Gisele Bündchen termina namoro com Kelly Slater Acessado em 24 de fevereiro de 2011
  74. a b Gisele Bündchen e Tom Brady se casam em segredo, diz revista Acessado em 24 de fevereiro de 2011
  75. Exes Tom Brady, Bridget Moynahan Expecting Child, People, 18 de fevereiro de 2007.
  76. Segundo casamento de Gisele Bündchen e Tom Brady tem início na Costa Rica Acessado em 24 de fevereiro de 2011
  77. «Nasce o filho de Gisele Bündchen e Tom Brady». 9 de dezembro de 2009. Consultado em 9 de dezembro de 2009. 
  78. «Tom Brady afirma que Gisele Bündchen e o filho passam bem após o parto». 9 de dezembro de 2009. Consultado em 9 de dezembro de 2009. 
  79. «Gisele confirma gravidez». 17 de agosto de 2012. Consultado em 17 de agosto de 2012. 
  80. «Nasce Vivian, segundo filho de Gisele». 5 de dezembro de 2012. Consultado em 5 de dezembro de 2012. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Categoria no Commons