Saltar para o conteúdo

Giusto Recanati

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Giusto Recanati
Cardeal da Santa Igreja Romana
Administrador apostólico da Senigallia
Info/Prelado da Igreja Católica
Atividade eclesiástica
Ordem Ordem dos Frades Menores Capuchinhos
Diocese Diocese de Senigallia
Nomeação 22 de agosto de 1848
Predecessor Antonio Maria Cagiano de Azevedo
Sucessor Domenico Lucciardi
Mandato 1848 - 1852
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 22 de fevereiro de 1812
Nomeação episcopal 3 de julho de 1848
Ordenação episcopal 9 de julho de 1848
Santi XII Apostoli
por Antonio Francesco Cardeal Orioli, O.F.M.Conv.
Cardinalato
Criação 7 de março de 1853
por Papa Pio IX
Ordem Cardeal-presbítero
Título Santos Doze Apóstolos
Lema Per via cœli porta manes
Dados pessoais
Nascimento Camerino
9 de agosto de 1789
Morte Roma
17 de novembro de 1861 (72 anos)
Nome religioso Frei Giusto da Camerino
Nome nascimento Venanzio Benedetto Giuseppe Recanati
Nacionalidade italiano
Sepultado Santa Maria della Concezione dei Cappuccini
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Venanzio Benedetto Giuseppe Recanati, na religião Giusto da Camerino (Camerino, 9 de agosto de 1789 - Roma, 17 de novembro de 1861), foi um cardeal e bispo católico italiano.[1]

Estudou no seminário de Camerino e em 8 de dezembro de 1803 abraçou a vida religiosa entre os capuchinhos no convento de Cingoli, assumindo o nome de frei 'Giusto; foi ordenado sacerdote em 22 de fevereiro de 1812.

Foi membro da comunidade conventual de Fabriano, professor de teologia e filosofia em Jesi e prefeito do colégio para as missões capuchinhas de São Fedele, em Roma; em 1844 foi eleito definitório geral de sua ordem.[2]

Foi consultor das congregações de bispos e regulares, da propaganda fide e da inquisição.

Eleito bispo titular de Trípoli em 3 de julho de 1848, foi consagrado no dia 9 de julho seguinte na basílica dos Santi XII Apostoli em Roma pelo cardeal Antonio Francesco Orioli assistido por Girolamo d'Andrea, arcebispo titular de Melitene, e por Domenico Lucciardi, arcebispo titular de Damasco.

De 22 de agosto de 1848 a 5 de setembro de 1851 foi administrador apostólico de Senigallia e em 13 de janeiro de 1852 foi nomeado assistente do trono papal.

Ele foi criado cardeal sacerdote pelo Papa Pio IX no consistório de 7 de março de 1853 e recebeu o título de Santi XII Apostoli.

Ele morreu em 1861 e foi enterrado na igreja de Santa Maria della Concezione dei Cappuccini, em Roma.

Referências

  1. Bountry, Rz. 300 nennt den 7. August als Geburtsdatum
  2. nach anderer Quelle am 13. Juli, vgl. Salvador Miranda. fiu.edu – The Cardinals of the Holy Roman Church (em inglês). Universidade Internacional da Flórida http://cardinals.fiu.edu/  Em falta ou vazio |título= (ajuda), Anm. (1)