Anomalia da tolerância à glicose

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Glicemia de jejum alterada)
Ir para: navegação, pesquisa
Anomalia da tolerância à glicose
Classificação e recursos externos
CID-10 R73.0
CID-9 790.21
MeSH D018149

A anomalia da tolerância à glicose (ATG) ou tolerância diminuída à glicose (TDG) existe quando os valores da glicemia em jejum são superiores a 6,1 mmol L (110 mg/ dL) e e inferior 7,0 mmol L (126 mg/ dL). Assim, quando a glicemia do paciente se encontra entre esses valores, é necessário realizar uma prova de tolerância à glicose oral para confirmar o diagnóstico de diabetes mellitus.[1]

Avaliação[editar | editar código-fonte]

Critérios de diagnóstico da diabetes[2][3]
Condição Glicemia P às 2h Glicemia P jejum HbA1c
mmol/l(mg/dl) mmol/l(mg/dl) %
Normal <7,8 (<140) <6,1 (<110) <6,0
Anomalia da glicemia em jejum (AGJ) <7,8 (<140) ≥ 6,1(≥110) & <7,0(<126) 6,0–6,4
Anomalia da tolerância à glicose (ATG) ≥7,8 (≥140) <7,0 (<126) 6,0–6,4
Diabetes mellitus ≥11,1 (≥200) ≥7,0 (≥126) ≥6,5

Referências

  1. Sociedade Portuguesa de Diabetologia. «Definição, Diagnóstico e Classificação da Diabetes Mellitus». 
  2. Definition and diagnosis of diabetes mellitus and intermediate hyperglycemia: report of a WHO/IDF consultation (PDF) (Geneva: World Health Organization). 2006. p. 21. ISBN 978-92-4-159493-6. 
  3. Vijan, S (March 2010). «Type 2 diabetes». Annals of Internal Medicine [S.l.: s.n.] 152 (5): ITC31-15. doi:10.1059/0003-4819-152-5-201003020-01003. PMID 20194231. 

Ver também[editar | editar código-fonte]