Gliese 163 c

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Uma concepção artística de Gliese 163, uma anã vermelha cercada por 3 planetas.

Gliese 163 c (play /ˈɡlzə/) ou abreviadamente Gl 163 c é um potencial exoplaneta habitável, com base na sua distância em relação a sua estrela ser compatível com as temperaturas que iria permitir que a água líquida possa existir na superfície,[1][2] orbitando a anã vermelha Gliese 163.[3] Está situado a aproximadamente 49 anos-luz da Terra na constelação de Dorado. Nesse sistema planetário já foi descoberto cinco planetas. Com uma massa de 6,9 a da Terra,[1][2] foi classificado como uma superterra.[1][2] Porém, pensa-se que não haja vida complexa (inteligente), devido às temperaturas altas.[2] O exoplaneta foi descoberto por uma equipe internacional de astrônomos que estudou cerca de 400 estrelas anãs vermelhas com o instrumento HARPS no Observatório Europeu do Sul no Chile.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c Méndez, Abel (29 de agosto de 2012). «A Hot Potential Habitable Exoplanet around Gliese 163». Universidade de Porto Rico em Arecibo (Planetary Habitability Laboratory). Consultado em 21 de novembro de 2012. 
  2. a b c d Redd, Nola Taylor (20 de setembro de 2012). «Newfound Alien Planet a Top Contender to Host Life». Space.com. Consultado em 21 de novembro de 2012. 
  3. Staff (20 de setembro de 2012). «LHS 188 -- High proper-motion Star». Centre de données astronomiques de Strasbourg (Strasbourg astronomical Data Center). Consultado em 21 de novembro de 2012. 
  4. «Super Terra recém-descoberta é candidata importante a ter desenvolvido vida». Hype Science. Consultado em 21 de dezembro de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Gliese 163 c