Gods of Egypt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gods of Egypt
Os Deuses do Egito[nota 1] (PT)
Deuses do Egito (BR)
 Estados Unidos
2016 •  cor •  
Direção Alex Proyas
Produção
Roteiro
Elenco
Gênero
Companhia(s) produtora(s) Summit Entertainment
Distribuição
Lançamento
Idioma Inglês
Orçamento US$ 140 milhões
Receita US$ $150,656,732 [4]
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Gods of Egypt (Os Deuses do EgitoPOR ou Deuses do EgitoBRA e Os Deuses do Egipto em Angola[nota 1]) é um filme americano, dirigido por Alex Proyas. É baseado na mitologia egípcia e focará na batalha entre as divindades Hórus e Seti. O filme é estrelado por Nikolaj Coster-Waldau, Brenton Thwaites, Gerard Butler, e Geoffrey Rush. As filmagens ocorreram na Austrália pelo estúdio Summit Entertainment. O filme foi lançado em 2D e 3D RealD.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme é inspirado na mitologia clássica do Egito e conta a história de um herói inesperado que surge quando a humanidade está ameaçada. O deus impiedoso Seti usurpou o trono do Egito e mergulhou o império antes pacífico em uma realidade de caos e conflito. Com apenas alguns opositores ao seu reinado, Seti terá que enfrentar Bek, um mortal corajoso e desafiador que pede a ajuda do deus Hórus para uma improvável aliança contra o senhor do mal.[5]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Após Paradise Lost, projeto que estava envolvido, ser cancelado o diretor Alex Proyas foi anunciado como o diretor do Deuses do Egito.[6]

Escolha de Elenco[editar | editar código-fonte]

O ator Nikolaj Coster-Waldau foi anunciado em junho de 2013[7]

Em outubro de 2013, Brenton Thwaites foi anunciado como protagonista do filme.[8].

Gerard Butler[9], Geoffrey Rush[10], e Brenton Thwaites[11] se juntaram ao elenco no final de 2013. Chadwick Boseman[12] e Elodie Yung[13] se juntaram ao elenco no início de 2014.

Filmagens[editar | editar código-fonte]

Proyas filmou Deuses do Egito na Austrália com uma equipe de 200 pessoas. A pré-produção começou em Sydney, New South Wales, e os produtores consideraram filmar em Melbourne e em Victoria para tirar proveito dos incentivos fiscais do Estado. A Docklands Studios Melbourne foi reservado para acomodar Deuses do Egito. Os estados australianos de New South Wales e Victoria competiram para ser o local de produção do filme, tendo a Summit selecionado New South Wales em fevereiro 2014. O vice primeiro-ministro do estado Andrew Stoner estimou que a produção iria adicionar 400 postos de trabalho para o estado e contribuir com US$ 75 milhões para a sua economia. A Media Entertainment & Arts Alliance apresentou uma reclamação a Comissão de Trabalho da Austrália afirmando que o filme vai adotar condições de trabalho abusivas.[14]

As filmagens começaram em 19 de março de 2014 na Fox Studios Australia em Sydney[15].

Promoção[editar | editar código-fonte]

Em novembro de 2015, Deuses do Egito ganhou os primeiros cartazes de personagens, divulgados com exclusividade para o Omelete. As fotos mostram Bek (Brenton Thwaites), Hathor (Elodie Yung), Horus (Nikolaj Coster-Waldau), Seti (Gerard Butler), Thoth (Chadwick Boseman) e Zaya (Courtney Eaton).[16] No dia 17 do mesmo mês, o filme teve seu primeiro trailer divulgado.[17]

Em dezembro de 2015, o filme ganhou um novo trailer que mostra o deus Hórus duvidando de sua capacidade.[18]

Em janeiro de 2016, o filme ganhou um novo trailer que mostra o mortal Bek roubando de um deus.[19] No mesmo mês, o filme ganhou um novo cartaz nacional exclusivo, que destaca os deuses Seti e Hórus.[20]

Em fevereiro de 2016, o filme ganhou um novo trailer que mostra o embate entre Seti e Hórus.[21] Logo depois foi divulgado o comercial que será exibido nos EUA durante o Super Bowl.[22] No mesmo mês, o filme ganhou um novo clipe que mostra o deus Thoth discutindo com Hórus.[23]

Polémica[editar | editar código-fonte]

A Lionsgate e o diretor Alex Proyas divulgaram dois comunicados se desculpando pela falta de diversidade no elenco de Deuses do Egito. As críticas ao filme começaram após a divulgação dos primeiros cartazes e trailer, mostrando que a maioria dos atores é branco: “Reconhecemos que é nossa responsabilidade ajudar a garantir que a escolha do elenco reflita a diversidade e a cultura do período mostrado. Nessa instância, falhamos em viver com nossos próprios padrões de sensibilidade e diversidade, pelo o que sinceramente pedimos desculpas. A Lionsgate está profundamente comprometida em fazer filmes que reflitam a diversidade do nosso público. Nós devemos, podemos e vamos continuar fazendo melhor”, afirmou o estúdio. “O processo de escolher o elenco de um filme tem variáveis complicadas, mas é claro que nossas escolhas deveriam ser mais diversas. Sinceramente peço desculpa àqueles que ficaram ofendidos pelas decisões que tomamos”, completou o diretor.[24]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

A Lionsgate planeja lançar Deuses do Egito nos cinemas em 26 de fevereiro de 2016.[25] O filme será lançado em 2D e 3D RealD. A Lionsgate inicialmente tinha marcado para o filme a ser lançado em 12 de fevereiro de 2016[26], mas em seguida adiou o lançamento para 08 de abril de 2016, antes de finalmente definir a data para o dia 26 de fevereiro de 2016. A The Christian Science Monitor‍ '​s Molly Driscoll disse que o filme estava seria lançado em "um tempo tradicionalmente tranquilo nas bilheterias", embora ele iria competir com os filmes, Orgulho e Preconceito e Zombies e com Deadpool, ambos com datas de lançamento duas semanas mais cedo.[27]

Notas e referências

Notas

  1. a b Originalmente, o título do filme em Portugal era Os Deuses do Egipto, mas por causa do Acordo Ortográfico de 1990, a letra "P" passou a ser removida.[1] Entretanto, em Angola o título continua a ser Os Deuses do Egipto,[2] já que o país não autorizou o Acordo Ortográfico de 1990.[3]

Referências

  1. «Os Deuses do Egipto». Cinecartaz. Público. Consultado em 4 de março de 2016 
  2. «Os Deuses do Egipto». Cineplace Angola. Orient Cinemas. Consultado em 4 de março de 2016 
  3. Lusa (1 de janeiro de 2016). «Angola não autorizou Acordo Ortográfico "a nenhum nível governamental"». Observador 
  4. «Gods of Egypt (2016)» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em =16 de outubro de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  5. «Deuses do Egito». Omelete. Consultado em 18 de fevereiro de 2016 
  6. «Gods of Egypt | Diretor de Presságio em épico com deuses do Egito». Omelete. Consultado em 18 de fevereiro de 2016 
  7. «'Game of Thrones' Star Nikolaj Coster-Waldau in Talks to Lead 'Gods of Egypt'». The Wrap. 5 de Junho de 2013. Consultado em 24 de Novembro de 2015 
  8. «Gods of Egypt | Épico sobre deuses do Egito escolhe seu protagonista». Omelete. Consultado em 18 de fevereiro de 2016 
  9. «Gerard Butler to Join Summit's 'Gods of Egypt'». The Hollywood Reporter. 24 de Setembro de 2013. Consultado em 24 de Novembro de 2015 
  10. «Geoffrey Rush Joining Nikolaj Coster-Waldau, Gerard Butler in 'Gods of Egypt'». The Hollywood Reporter. 24 de Setembro de 2013. Consultado em 24 de Novembro de 2015 
  11. «Brenton Thwaites Board Summit's 'Gods of Egypt'». Variety. 7 de Outubro de 2013. Consultado em 24 de Novembro de 2015 
  12. Mike Fleming Jr. (30 de Janeiro de 2014). «Chadwick Boseman Set For Summit's 'Gods Of Egypt'». Deadline. Consultado em 24 de Novembro de 2015 
  13. Jen Yamato (19 de Fevereiro de 2014). «Elodie Yung Joins Summit's 'Gods of Egypt'». Deadline. Consultado em 24 de Novembro de 2015 
  14. Patrick Frater (24 de Fevereiro de 2014). «Summit's 'Gods of Egypt' Heads for Australia Shoot». Variety. Consultado em 24 de Novembro de 2015 
  15. Don Groves (21 de Março de 2014). «Gods of Egypt rolls in Sydney». IF Magazine. Consultado em 24 de Novembro de 2015 
  16. «Deuses do Egito | Exclusivo! Veja os primeiros cartazes de personagens do filme». Omelete. Consultado em 18 de fevereiro de 2016 
  17. «Deuses do Egito | Seres super poderosos lutam no primeiro trailer do filme [ATUALIZADO]». Omelete. Consultado em 18 de fevereiro de 2016 
  18. «Deuses do Egito | Nikolaj Coster-Waldau duvida de seus poderes em novo trailer». Omelete. Consultado em 18 de fevereiro de 2016 
  19. «Deuses do Egito | Mortal rouba objeto de um deus em novo comercial». Omelete. Consultado em 18 de fevereiro de 2016 
  20. «Deuses do Egito | Gerard Butler e Nikolaj Coster-Waldau são destaques em novo cartaz nacional». Omelete. Consultado em 18 de fevereiro de 2016 
  21. «Deuses do Egito | Gerard Butler e Nikolaj Coster-Waldau lutam em novo trailer». Omelete. Consultado em 18 de fevereiro de 2016 
  22. «Deuses do Egito | Comercial do Super Bowl foca no embate entre Gerard Butler e Nikolaj Coster-Waldau». Omelete. Consultado em 18 de fevereiro de 2016 
  23. «Deuses do Egito | Chadwick Boseman e Nikolaj Coster-Waldau discutem em novo clipe». Omelete. Consultado em 18 de fevereiro de 2016 
  24. «Deuses do Egito | Estúdio e diretor se desculpam pela falta de diversidade no elenco». Omelete. Consultado em 18 de fevereiro de 2016 
  25. «Gerard Butler goes sword-and-sandals in Gods of Egypt character poster». Entertainment Weekly. 12 de Novembro de 2015. Consultado em 24 de Novembro de 2015 
  26. «Summit Sets Release Dates For 'Gods Of Egypt' 'Allegiant' & 'Step Up 5'». Deadline. 16 de Dezembro de 2013. Consultado em 24 de Novembro de 2015 
  27. Molly Driscoll (18 de Novembro de 2015). «'Gods of Egypt': A look at the popularity of action-heavy mythology movies». The Crhistian Science Monitor. Consultado em 24 de Novembro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]