Goju-ryu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Goju-ryu
100 goju ryu em japones.jpg

Grafia
Outros nomes Gōjū-ryū (剛柔流)
Informações gerais
Técnica(s) principal(is)
  • Movimentos circulares (Mawari)
  • Respiração sonora (Ibuki)
  • Combate a curta distância (Chikai maai)
Origem
País  Japão/  Ryukyu
Fundador Chojun Miyagi
Data de criação 1933
Influência
Antecedente(s)
Descendente(s) Kyokushin Isshin-ryu
Doutra(s) arte(s) marcial(is) Okinawa Kobudo (沖縄古武道)
Karate icon.svg

Goju-ryu (剛柔流, Gōjū-ryū?) é um estilo de Karate desenvolvido por Chojun Miyagi originário de Oquinaua no Japão. O estilo conjuga técnicas duras e firmes com técnicas suaves e circulares, daí seu nome go (, duro?), ju (, suave?), ryu (? estilo), ou seja, "estilo duro e suave".[1][2][3][4]

História[editar | editar código-fonte]

O estilo de Karatedo Goju-ryu foi criado por Chojun Miyagi[Nt 1] (宮城長順, Miyagi Chōjun?). Nasceu em 28 de abril de 1888, na cidade de Naha, na ilha principal do arquipélago de Okinawa no seio de uma família rica[5]. Faleceu em Outubro de 1953 por problemas no coração[6]. O seu instrutor foi Kanryo Higashionna (ou Higaonna).[7]

Chojun Miyagi[editar | editar código-fonte]

Chojun Miyagi

Chojun Miyagi começou seu treinamento de Karate por volta de 1900, com a idade de 11 ou 12 anos, com Ryuko Aragaki. Em 1902, aos 14 anos, Miyagi foi apresentado por seu sensei ao Sensei Kanryo Higashionna e com ele treinou o Naha-te até seu falecimento em 1916.[8][9]

Por influência de seu mestre, Chojun Miyagi fez sua primeira viagem até a China em 1915 para aperfeiçoar seu treinamento e por lá ficou por um ano.[10] Em 1921 ele apresenta, junto a outros mestres, o Okinawa-te (Karate) durante a visita do imperador Hirohito ao território de Okinawa, anexado ao Japão; e de novo em 1925 para o príncipe Chichibu. Em 1927 ele se apresenta ao fundador do Judo, Jigoro Kano.[11]Em 1929 Miyagi finalmente nomeia seu estilo de Goju-ryu após um episódio em que seu aluno, Jinan Shinzato, ao fazer uma apresentação de Kata na ilha principal do Japão é perguntado qual é seu estilo e este não tinha uma resposta.[12]O nome Goju foi retirado de um poema do Bubishi, um livro sobre as artes medicinais e marciais chinesas, que dizia: "O caminho da inspiração e da expiração é tanto forte/duro quanto suave" (Ho Wa Gojyu Wo Tondo Su).[13]

Duas datas são importantes na história do Goju-ryu e demonstram a aceitação do estilo indígena okinawense de auto-defesa nas ilhas principais do Japão: 1 - o estilo Goju-ryu foi reconhecido oficialmente no ano de 1933 como um Budo pela Dai Nippon Butoku Kai e 2 - em 1998 a mesma organização reconhece o Goju-ryu como um Koryu e uma forma de Bujutsu.[14]

Em 1936 Miyagi faz sua segunda viagem para a China. Ele vem a falecer em 1953[15], deixando muitos discípulos, mas nenhum sucessor[16]. Seus mais famosos e proeminentes alunos são Meitoku Yagi, Eiichi Miyazato, An'ichi Miyagi, Seikichi Toguchi, Seiko Higa e Gogen Yamaguchi.

Kanryo Higaonna[editar | editar código-fonte]

Kanryo Higashionna nasceu em 1853, tendo falecido em 1915, aos 63 anos[17]. Por volta dos dezessete anos de idade começou a treinar com Seisho Arakaki.[18] Ele queria viajar para a China a fim de estudar, mas não tinha dinheiro para a viagem, quem o ajudou foi Udon Yoshimura, um proprietário de navio mercante do porto de Naha. Assim, ainda bem jovem, viajou para Fuzhou (Foochow), a capital da província de Fukien (Fujian), na China.[19] Lá permaneceu no período de 1874 à 1877 estudando o Wushu chinês.[20]Higaonna foi discípulo do mestre chinês chamado Xie Zhongxiang ou Ryu Ryu Ko (em japonês)[21], que lhe ensinou o estilo Bai He Quan (estilo da Garça Branca ou Grou Branco)[22]. Após o seu regresso a Okinawa, visitou o proprietário do navio, Udon Yoshimura, e começou a ensinar seus dois filhos a arte que ele tinha aprendido. Com a propagação da fama de suas grandes habilidades, ele passou a ensinar os membros da família real. Mais tarde, ele abriu seu próprio dojo e em 1905 começou a ensinar Karate em uma escola municipal de ensino médio em Naha.[23]

Kanryo Higaonna tornou-se especialmente conhecido por sua incrível velocidade e força.[24] Sua arte tornou-se conhecida pelos historiadores do Karate como o Naha-te[2], as "mãos de Naha". [25]Após a sua morte, seus mais notaveis sucessores foram, Chojun Miyagi, Juhatsu Kyoda e Kenwa Mabuni.[26]

Kanryo Higaonna

Características[editar | editar código-fonte]

O estilo, como o próprio nome denota, é marcado pela busca da harmonia e complementação entre a rigidez e a flexibilidade. Ele ensina a agir com força ou brandura, com rapidez ou suavidade.[27]

Caracteriza-se por movimentos circulares (Mawari), não sendo estes apenas lineares como é comum em outros estilos. As defesas também são circulares e amplas, permitindo muitas aplicações como projeções, torções e chaves. Desta forma, pode-se dizer que o estilo é especializado em combate a curta distância (Chikai Maai).[28]

Outras características são: o uso em abundância das bases sanchin dachi, neko ashi dachi e shiko dachi (base de centro de gravidade baixo); o trabalho de contração muscular com respiração profunda (ibuki)[29] e o uso de chutes baixos (Kansetsu-geri) visando os joelhos.

É tradicional no estilo o treinamento complementar com aparelhos, o Hojo Undo, um sistema de musculação que utiliza o Chishi, o Nigiri Game, o Kongoken e o Ishi Sashi.[30] Outra técnica peculiar ao estilo é o Kakie, exercício em dupla que ensina combate a curta distancia com possibilidade de projeções e chaves.[31]

Pode-se dizer que os estilos originados na região de Naha (o Naha-te) como o Goju-ryu, o Uechi-ryu (Pangai-noon), o Toon-ryu e o Ryuei-ryu tem uma influência direta do Wushu chinês, da região de Fujian mais especificamente, principalmente dos estilos Bai He Quan e do Pangainun.[32][33]

Estes estilos, nativos do antigo reino de Ryukyu, não sofreram fortes influências do bujutsu japonês, mantendo suas raízes chinesas. Também não passaram por modernizações e ocidentalizações.

Síntese do estilo Goju-ryu:

  • busca do combate a curta distância (sendo a estratégia de combate diferente do shiai kumite);
  • movimentos circulares;
  • chutes baixos e varridos;
  • conciliação entre força, flexibilidade e respiração;
  • contração muscular go e ju;
  • respiração sonora (ibuki).

Alguns dos princípios do Goju-ryu segundo Morio Higaonna:

  • Os princípios secretos do Goju-Ryu estão no Kata.
  • O Karatê dó Goju-Ryu é a manifestação da harmonia da natureza em nós.
  • O caminho do Goju-Ryu é buscar o caminho da virtude.[34]

Kata[editar | editar código-fonte]

Kata ( 形 ou 型, forma?) é uma sequência de movimentos de defesa e ataque. Katas são parte essencial do ensino do Karate, nos Katas se encontram a essência de cada estilo. O Goju-ryu classicamente possui 12 Katas. Os mais básicos e emblemáticos são o Sanchin e o Tensho, que representam as formas duras e suaves que dão nome ao estilo. O kata Tensho foi criado por Chojun Miyagui com a assistência de seu amigo Kenwa Mabuni que lhe sugeriu a ideia, de acordo com as memórias do filho de Mabuni. O Kata Gekisai ichi foi uma criação conjunta de Miyagi e Shoshin Nagamine para a propagação do Karate e é também conhecido como Fukyugata ni, já o Kata Gekisai Ni é uma alteração do Gekisai ichi feita por Miyagi. Todos os demais Katas clássicos do estilo são comumente creditados como tendo sido trazidos da China pelos mestres Kanryo Higoshionna e Chojun Miyagi.

É dito que os alunos primeiro treinavam o kata Sanchin durante pelo menos um ano e depois havia uma especialização em um ou dois Katas por parte de cada aluno, Seienchin e Seisan normalmente. É dito também que o único aluno de Miyagi a apreender todos os Katas diretamente do mestre foi Meitoku Yagi.[35] Hoje em dia todos os Katas são ensinados, isso se da conforme a progressão do aluno pelo sistema de Kyu e Dan. O ensino segue um programa estandardizado que varia de acordo com a escola, não havendo mais uma restrição nem especialização.

Goju-ryu Kata[editar | editar código-fonte]

Kata das escolas[editar | editar código-fonte]

Além do conjunto tradicional de 12 Katas existe uma tendência de que cada escola de Goju-ryu desenvolva e adicione a seu currículo outros Katas criados geralmente pelo fundador da escola ou por seus descendentes. Estes Katas pertencem a variadas linhagens de Goju-ryu e servem inclusive para identificar a qual escola um Karateca da Goju-ryu pertence.

Goju-kai IKGA[36]

  • Taikyoku Jodan Ichi
  • Taikyoku Jodan Ni
  • Taikyoku Chudan Ichi
  • Taikyoku Chudan Ni
  • Taikyoku Gedan Ichi
  • Taikyoku Gedan Ni
  • Taikyoku Kake Uke Ichi
  • Taikyoku Kake Uke Ni
  • Taikyoku Mawashi Uke Ichi
  • Taikyoku Mawashi Uke Ni
  • Genkaku
  • Chikaku
  • Koryu
  • Tenryu

Jinbukan[37]

  • Fukyu gata
  • Gekiha ichi
  • Gekiha ni

Kenshikai[38]

  • Fukyu kata ichi
  • Fukyu kata ni
  • Kyozaikata

Ken-Shin-Kan[39]

  • Kanchu
  • Ryufa
  • Kenshin ryu
  • Uke Godan (5 formas)
  • Enpi Godan (5 formas)
  • Tegatana Godan (5 formas)
  • Teisho Godan (5 formas)
  • Tsuki Godan( 5 formas)[40]

Meibukan[41]

  • Tenchi
  • Seiryu
  • Byakko
  • Shujakku
  • Genbu

Sakura-kai[42]

  • Gekiha
  • Kakuha

Seigokan[43]

Senbukan[44]

  • Gekisai dai san
  • Gekisai dai yon

Shoreikan[45]

  • Fukyu kata ichi
  • Fukyu kata ni
  • Gekisai san
  • Gekiha ichi
  • Gekiha ni
  • Kakuha ichi
  • Kakuha ni
  • Hakutsuru

Kobudo kata[editar | editar código-fonte]

Três escolas de Goju-ryu incluem também katas do kobudo em seus currículos, a Jinbukan, a Kenshikai e a Meibukan. O Kobudo de Okinawa (沖縄古武道) é a arte irmã do Karate, se utiliza das armas tradicionais de Okinawa como o bo, eku bo, nunchaku, tonfa, sai, kama, sansetsukon, nunti bo e tinbei. A Jinbukan de Kanei Katsuyoshi e a Kenshikai de Tetsuhiro Hokama possuem diversos katas com diversas armas e seu Kobudo descende de Shinpo Matayoshi[46][47]. O Kobudo da Meibukan possui 7 katas e todos foram desenvolvidos por Meitoku Yagi a partir dos Kaishu kata da Goju-ryu.[48]

Escolas[editar | editar código-fonte]

Chojun Miyagi & Juhatsu Kyoda

Chojun Miyagi não indicou oficialmente um sucessor[49]. Alguns de seus alunos mais proeminentes iniciaram suas pŕoprias escolas de Goju-ryu Karatedo, tais como Eiichi Miyazato, Gogen Yamaguchi e Meitoku Yagi. Passado mais de meio século desde o falecimento de Chojun Miyagi, os alunos de seus alunos também já fundaram novas escolas e/ou organizações. Yoshio Kuba, Morio Higaonna e Taira Masaji são os nomes de alguns destes. Existem escolas que tem sua sede e fundação na ilha de Okinawa, como é o caso da Jundokan e da Meibukan, e existem escolas com sede e fundação nas ilhas principais do Japão, como é o caso da Seigokan e da Goju-kai. Também existem escolas e organizações fundadas fora do Japão, como é o caso da Jundokan International, da Ken shin kan e da GKK.

Escolas de Okinawa[editar | editar código-fonte]

Escolas no Japão[editar | editar código-fonte]

Organizações em outros países[editar | editar código-fonte]

Representantes em Portugal[editar | editar código-fonte]

Representantes no Brasil[editar | editar código-fonte]

Graduação[editar | editar código-fonte]

O uso das graduações Kyu/Dan e as faixas coloridas foi um sistema criado por Jigoro Kano, o fundador do Judo, e adotado pelo Karate. Ele varia de acordo com cada estilo de Karate e mesmo entre cada escola dentro de um mesmo estilo. No estilo Goju-ryu, cada escola tem suas variações na escolha das cores das faixas de Kyu abaixo da faixa preta.

Seigokan

Faixa Kyu/Dan Imagem
Branca 10º Kyu Ceinture blanche.png
Amarela 9º Kyu Ceinture jaune.png
Amarela 1 ponta 8º Kyu Ceinture jaune.png
Amarela 2 pontas 7º Kyu Ceinture jaune.png
Verde 6º Kyu Ceinture verte.png
Verde 1 ponta 5º Kyu Ceinture verte.png
Verde 2 pontas 4º Kyu Ceinture verte.png
Marrom/Castanho 3º Kyu Ceinture marron.png
Marrom/Castanho 1 ponta 2º Kyu Ceinture marron.png
Marrom/Castanho 2 pontas 1º Kyu Ceinture marron.png
Preta 1º Dan - 8º Dan Ceinture noire.png

Goju-kai

Faixa Kyu/Dan Imagem
Branca 7º Kyu Ceinture blanche.png
Amarela 6º Kyu Ceinture jaune.png
laranja 5º Kyu Ceinture orange.png
azul 4º Kyu Ceinture bleue.png
Verde 3º Kyu Ceinture verte.png
Roxa 2º Kyu Ceinture violette.png
Marrom/Castanho 1º Kyu Ceinture marron.png
Preta 1º Dan - 10º Dan Ceinture noire.png

IOGKF

Faixa Kyu/Dan Imagem
Branca 10º Kyu Ceinture blanche.png
Branca 1 ponta 9º Kyu Ceinture blanche.png
Amarela 8º Kyu Ceinture jaune.png
laranja 7º Kyu Ceinture orange.png
azul 6º Kyu Ceinture bleue.png
Verde 5º Kyu Ceinture verte.png
Roxa 4º Kyu Ceinture violette.png
Marrom/Castanho 3º Kyu Ceinture marron.png
Marrom/Castanho 1 ponta 2º Kyu Ceinture marron.png
Marrom/Castanho 2 pontas 1º Kyu Ceinture marron.png
Preta 1º Dan - 10º Dan Ceinture noire.png

Goju-ryu na cultura popular[editar | editar código-fonte]

Na série de filmes Karate Kid, o personagem Kensuke Miyagi, o Senhor Miyagi interpretado por Pat Morita é uma homenagem a Chojun Miyagi. O Karate que ele ensina é baseado no Goju-ryu e inclusive os Katas Tensho e Seienchin são executados no filme. O famoso Karateca da Shito-ryu Fumio Demura foi o consultor técnico sobre o Karate no filme e duble de Pat Morita.

No Filme O Faixa Preta (Kuro Obi) um dos personagens principais, Giryu, é interpretado por Akihito Yagi, Karateca da Meibukan Goju-ryu. Este executa os movimentos reais do Goju-ryu no filme e apresenta diversos Katas como o Sanchin, Tensho, Shisochin e Sepai. No filme também estão representados os estilos Shotokan (JKA) com ator Tatsuya Naka (Taikan) e Kyokushin com o ator Yuji Suzuki (Choei).

Na série de jogos de vídeo game Tekken, o personagem Heihachi Mishima pratica o estilo de sua família, o Mishima-ryu Kenka Karate (三島流喧嘩空手?), cujos movimentos no jogo são fortemente baseados no estilo Goju-ryu.[78]

Notas

  1. pronuncia-se "miagui".
[2] ^ As três linhagens nomedas pelos historiadores do caratê que deram origem a todos os estilos são Shuri-te, Naha-te e Tomari-te.

Referências

  1. Thornton, Jim. «IMGKA - Miyagi Sensei & Goju-Ryu Karate». www.imgka.com (em inglês). Consultado em 8 de novembro de 2017 
  2. «IKGA Home». gojukaikaratedo.com. Consultado em 8 de novembro de 2017 
  3. «Goju-Ryu - International Goju-Ryu Karate-Do Sakura-Kai». International Goju-Ryu Karate-Do Sakura-Kai (em inglês) 
  4. «International Okinawan Goju-Ryu Karate-do Federation – Goju Ryu History». www.iogkf.com (em inglês). Consultado em 8 de novembro de 2017 
  5. Thornton, Jim. «IMGKA - Miyagi Sensei & Goju-Ryu Karate». www.imgka.com (em inglês). Consultado em 9 de novembro de 2017 
  6. «International Okinawan Goju-Ryu Karate-do Federation – Sensei Miyagi, Chojun». www.iogkf.com (em inglês). Consultado em 9 de novembro de 2017 
  7. «A ORIGEM DO KARATÊ-DO GOJU-RYU». Consultado em 07.set.2011  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  8. Thornton, Jim. «IMGKA - Miyagi Sensei & Goju-Ryu Karate». imgka.com (em inglês). Consultado em 11 de novembro de 2017 
  9. «International Okinawan Goju-Ryu Karate-do Federation – Sensei Miyagi, Chojun». www.iogkf.com (em inglês). Consultado em 11 de novembro de 2017 
  10. «O.G.K.K History». ogkk.jp (em japonês). Consultado em 11 de novembro de 2017 
  11. «International Okinawan Goju-Ryu Karate-do Federation – Sensei Miyagi, Chojun». www.iogkf.com (em inglês). Consultado em 11 de novembro de 2017 
  12. «International Okinawan Goju-Ryu Karate-do Federation – Sensei Miyagi, Chojun». www.iogkf.com (em inglês). Consultado em 11 de novembro de 2017 
  13. Thornton, Jim. «IMGKA - Miyagi Sensei & Goju-Ryu Karate». imgka.com (em inglês). Consultado em 11 de novembro de 2017 
  14. «Masters - International Goju-Ryu Karate-Do Sakura-Kai». International Goju-Ryu Karate-Do Sakura-Kai (em inglês) 
  15. «International Okinawan Goju-Ryu Karate-do Federation – Sensei Miyagi, Chojun». www.iogkf.com (em inglês). Consultado em 11 de novembro de 2017 
  16. 1917-1998., Toguchi, Seikichi,; Scott., Lenzi, (2001). Okinawan Goju-ryu II : advanced techniques of Shorei-kan karate. Burbank, Calif.: Ohara Publications. ISBN 0897501403. OCLC 48846495 
  17. «O.G.K.K History». ogkk.jp (em japonês). Consultado em 11 de novembro de 2017 
  18. «O.G.K.K History». ogkk.jp (em japonês). Consultado em 11 de novembro de 2017 
  19. «International Okinawan Goju-Ryu Karate-do Federation – Sensei Higaonna, Kanryo». www.iogkf.com (em inglês). Consultado em 11 de novembro de 2017 
  20. «O.G.K.K History». ogkk.jp (em japonês). Consultado em 11 de novembro de 2017 
  21. «Masters - International Goju-Ryu Karate-Do Sakura-Kai». International Goju-Ryu Karate-Do Sakura-Kai (em inglês) 
  22. «Masters - International Goju-Ryu Karate-Do Sakura-Kai». International Goju-Ryu Karate-Do Sakura-Kai (em inglês) 
  23. «International Okinawan Goju-Ryu Karate-do Federation – Sensei Higaonna, Kanryo». www.iogkf.com (em inglês). Consultado em 11 de novembro de 2017 
  24. «International Okinawan Goju-Ryu Karate-do Federation – Sensei Higaonna, Kanryo». www.iogkf.com (em inglês). Consultado em 11 de novembro de 2017 
  25. «Nahate». karatedo.hakuakai-matsubushidojo.com. Consultado em 11 de novembro de 2017 
  26. «O.G.K.K History». ogkk.jp (em japonês). Consultado em 11 de novembro de 2017 
  27. «Goju-Ryu - International Goju-Ryu Karate-Do Sakura-Kai». International Goju-Ryu Karate-Do Sakura-Kai (em inglês) 
  28. «What is Goju Ryu? | TOGKA». togka.com. Consultado em 8 de novembro de 2017 
  29. «What is Ibuki and Nogare?». The Martial Way (em inglês) 
  30. «International Okinawan Goju-Ryu Karate-do Federation – Hojo Undo». www.iogkf.com (em inglês). Consultado em 8 de novembro de 2017 
  31. «International Okinawan Goju-Ryu Karate-do Federation – Kakie». www.iogkf.com (em inglês). Consultado em 8 de novembro de 2017 
  32. «History of Uechi-Ryu Karate | The Dojo Martial Arts Training». The Dojo Martial Arts & Fitness Classes | Karate | MMA | Jujutsu (em inglês). 16 de junho de 2013 
  33. «Ryu Ryu Ko and Kanryo Higaonna». Okinawan Traditional Goju Ryu Karate-do Association. Consultado em 8 de novembro de 2017 
  34. «Academy of Martial Arts | IOGKF | International Okinawan Goju-Ryu Karate-do Federation, India.». www.iogkf.in. Consultado em 8 de novembro de 2017 
  35. «FightingArts.com - Yagi, Meitoku (1912-». www.fightingarts.com. Consultado em 8 de novembro de 2017 
  36. «kaizengojukanwebmngmt». www.gojukan.org. Consultado em 3 de novembro de 2017 
  37. «Katas». www.jinbukan.cl. Consultado em 6 de novembro de 2017 
  38. «MASTER LUIS MORALES MARTIALFORCE.COM INTERVIEW». www.martialforce.com. Consultado em 9 de novembro de 2017 
  39. «Significados de los Katas - KEN SHIN KAN». KEN SHIN KAN (em espanhol) 
  40. «Kata Ken Shin Kan - KEN SHIN KAN». KEN SHIN KAN (em espanhol) 
  41. Thornton, Jim. «IMGKA - Kata». www.imgka.com (em inglês). Consultado em 3 de novembro de 2017 
  42. «kata sakura kai» 
  43. «Exame – Seigokan». www.seigokan.com.br. Consultado em 3 de novembro de 2017 
  44. Jones, C. Michial (2011-08). Entering Through the Gateway of Gojuryu (em inglês). [S.l.]: Lulu.com. ISBN 9781257979387  Verifique data em: |data= (ajuda)
  45. «Shoreikan Karate – 沖縄空手道剛柔流尚礼館成願寺道場ホームページ». shoreikan-karate.com (em inglês). Consultado em 4 de novembro de 2017 
  46. «About Hokama Hanshi». tetsuhirohokama (em inglês) 
  47. «The Brotherhood of Veteran Warriors». www.thebrotherhoodofveteranwarriors.com. Consultado em 6 de novembro de 2017 
  48. «Lineage - Budokan Karate Brantford». Budokan Karate Brantford (em inglês) 
  49. 1917-1998., Toguchi, Seikichi,; Scott., Lenzi, (2001). Okinawan Goju-ryu II : advanced techniques of Shorei-kan karate. Burbank, Calif.: Ohara Publications. ISBN 0897501403. OCLC 48846495 
  50. «International Okinawan Goju-Ryu Karate-do Federation». www.iogkf.com (em inglês). Consultado em 4 de novembro de 2017 
  51. «SENSEI KATSUYOSHI KANEI: (1942-1993) | Yuetsu». yuetsu.cl (em espanhol). Consultado em 5 de novembro de 2017 
  52. «JUNDOKAN - Introduction». www.jundokan-hb.com. Consultado em 5 de novembro de 2017 
  53. «Taira Masaji Sensei's Okinawa Gojuryu Kenkyukai». www.gojuryukenkyukai.com. Consultado em 5 de novembro de 2017 
  54. «About Hokama Hanshi». tetsuhirohokama (em inglês) 
  55. Vickerson, Brock. «IMGKA - Meitoku Sensei Bio». www.imgka.com (em inglês). Consultado em 5 de novembro de 2017 
  56. «O.G.K.K History». ogkk.jp (em japonês). Consultado em 6 de novembro de 2017 
  57. «Hanshi Yoshio Kuba - International Goju-Ryu Karate-Do Sakura-Kai». International Goju-Ryu Karate-Do Sakura-Kai (em inglês). 8 de julho de 2012 
  58. «International Seibukai Association». www.seibukai.com. Consultado em 4 de novembro de 2017 
  59. «El Maestro Shinjo y el Shobukan». IOGKF Madrid dojo (em espanhol). 9 de fevereiro de 2010 
  60. «Seiko Higa». ogsf.pagesperso-orange.fr. Consultado em 5 de novembro de 2017 
  61. «History – 沖縄空手道剛柔流尚礼館成願寺道場ホームページ». shoreikan-karate.com (em inglês). Consultado em 4 de novembro de 2017 
  62. «IKGA Home». gojukaikaratedo.com. Consultado em 5 de novembro de 2017 
  63. «THE KARATE WORLD 剛柔会». www.karatedo.co.jp. Consultado em 4 de novembro de 2017 
  64. «ようこそ、剛柔流鷹志会神戸支部道場(中央区)». ohshikai.web.fc2.com (em japonês). Consultado em 5 de novembro de 2017 
  65. «História – Seigokan». www.seigokan.com.br. Consultado em 5 de novembro de 2017 
  66. «Hawaii Karate Seinenkai Salutes Kanki Izumigawa». seinenkai.com. Consultado em 5 de novembro de 2017 
  67. Clayton, Chris. «Shihan James Rousseau (9th Dan)» (em inglês) 
  68. «Ability is what you're capable of doing. Motivation determines what you do. Attitude determines how well you do it.» (em inglês) 
  69. Carter, Adam. «Biography of Teruo Chinen». www.shuriway.co.uk (em inglês). Consultado em 4 de novembro de 2017 
  70. «Historia de la Escuela - KEN SHIN KAN». KEN SHIN KAN (em espanhol) 
  71. «Seiwa Kai karate Goju Ryu Tableview». www.seiwakai.co.za. Consultado em 4 de novembro de 2017 
  72. «kaizengojukanwebmngmt». www.gojukan.org. Consultado em 6 de novembro de 2017 
  73. «Apresentação – IOGKF PORTUGAL». apogk.pt. Consultado em 3 de novembro de 2017 
  74. «Diretoria». www.ikgabrasil.com (em inglês). Consultado em 3 de novembro de 2017 
  75. «International Okinawan Goju-Ryu Karate-do Federation – Member Countries». www.iogkf.com (em inglês). Consultado em 3 de novembro de 2017 
  76. «GSKK – Seigokan». www.seigokan.com.br. Consultado em 3 de novembro de 2017 
  77. «Mahomed Chales - Senbukai do Brasil Goju Ryu Karatê-Dô». Senbukai do Brasil Goju Ryu Karatê-Dô 
  78. «Karate». Tekken Wiki (em inglês) 

Bibliografia

HIGAONNA, Morio. Traditional karatedo: fundamental techniques (em inglês). Estados Unidos: Japan Publications, 1985. 1v.

MIYAGI, Chojun. Ancient Okinawan Martial Arts: Koryu uchinadi (em inglês). Tuttle Publishing, 1999.

MIYAGI, Takashi. Orthodox Goju Ryu (em inglês). Masters Publications, 2008.

TOGUCHI, Seikichi. Okinawan Gojuryu (em inglês). Estados Unidos: Ohara Publications, 1976.

VELASCO, Gonzalo. Uma breve história do Karate-do. 1999. Disponível em [1].

YAMAGUCHI, Gogen. Goju-Ryu Karate-Do Kyohan (em inglês). Rising Sun Productions, 2006.

YAMAGUCHI, Gosei. Gojuryu Karate (em inglês). Estados Unidos: Ohara Publications, 1974. 1v.

YAMAKURA, Mooto. Goju-Ryu Karate-Do (em inglês). GKK Publications, 1989.

OLIVEIRA, Humberto Nuno de. Chojun Miyagi e a História do Goju-ryu. Edição da CreateSpace, 2017. 264 p. Ilustrado (p&b). ISBN-13: 978-1544215914

LOPES, Eduardo Cunha; OLIVEIRA, Humberto Nuno de. Karate-Do por Chojun Miyagi. (Escritos Completos). Edição da Bubok, 2015. 80 p. Ilustrado (p&b). ISBN: 978-84-686-6419-4

Ligações externas[editar | editar código-fonte]