Golfe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Golfe

Golf pictogram.svg
Pictograma que representa o Golfe

Autoridade máxima R&A
Ano de criação século XV
Origem Escócia
Participantes 1
Local de disputa Campo de golfe
Duração Indeterminado
Equipamento Taco, bola

O golfe é um desporto provavelmente de origem escocesa e é inspirado num jogo tradicional. Consiste em arremessar, com ajuda de um taco, uma pequena bola ao longo de um percurso que termina num buraco, onde a bolinha deve cair.

História do Golfe[editar | editar código-fonte]

A palavra golfe vem do inglês golf, que por sua vez provém do alemão kolbe, significando taco. Considerado um esporte de elite por muitas pessoas, sua real origem é bastante discutida, sendo que a mais aceita é a sua criação pelos escoceses que já o praticavam por volta de 1400. Em 1457, o parlamento escocês, por ordem do rei Jaime II da Escócia, proibia a prática do golfe por considerá-lo um divertimento que afetava os interesses do país. [1]

Alguns historiadores tentam atribuir aos ingleses a criação deste esporte. Outras origens são conhecidas, um antigo jogo romano chamado Paganica (o jogo dos camponeses), era praticado nos séculos XVII, XVIII e início do XIX, com uma bola de pele ou couro cheia de penas e com uma vara curva, lembrando bastante o golfe. [1]

Existem historiadores que acreditam que o golfe tem origem no jeu de mail, antigo jogo francês do qual se assemelha ao golfe principalmente nas regras, mas que é praticado em espaços fechados e às vezes em quadras. Outras possíveis origens do golfe são o flamengo chole e o holandês kolven, mas estas hipóteses não são consideradas as mais prováveis, uma vez que o chole, embora jogado em campo aberto, utiliza uma bola para os dois times, o que não é permitido no golfe. Segundo documentos antigos, todo golfista que jogar com a bola do adversário receberá penalização.[1]

O jogo[editar | editar código-fonte]

Jogador em uma tacada.

O golfe é jogado em campos de relva ou em parques apropriados, com um ou mais percursos delimitados. O objetivo do jogo consiste em sair de um local determinado, em campo aberto, e embocar a bola no menor número de tacadas possível, em buracos estrategicamente colocados em distâncias variadas. O jogo normalmente é disputado em percurso de 18 buracos, e, numa competição, quem totalizar o menor número de tacadas ao término dos 18 buracos é o vencedor. Para dificultar a tarefa, o trajeto até o buraco pode incluir pequenos lagos, poços de areia, árvores e locais com relva mais alta. [2]

O golfe pode ser jogado individualmente ou em grupos de dois a quatro jogadores, e tem como particularidade a ausência de um "adversário" propriamente dito, o único adversário do golfista é o próprio campo, uma vez que não há nada que ele possa fazer no sentido de dificultar o desempenho de outros jogadores. O resultado depende de seu esforço individual e sorte, e cada golfista luta para baixar a sua pontuação total no campo.[1]

O número de tacadas de cada jogador é acumulado e vence quem completar os 18 buracos com um menor número de tacadas. Os jogadores caminham ao ar livre pelo menos quatro quilômetros por jogo. Uma partida costuma durar em média quatro horas.

Quando a bola durante o jogo cair em locais adversos para a jogada, por exemplo, dentro de um lago perto do campo, o jogador poderá tirá-la e colocá-la o mais próximo do local onde a bola caiu. Por isso, receberá a penalidade de uma tacada extra. Caso o obstáculo seja uma banca de areia, não há nenhuma penalidade, o jogador tem de jogar dentro desse obstáculo.

Em competições oficiais, é proibido um golfista falar com outros jogadores acerca do jogo. Já em jogos entre amigos, é normal o golfista mais experiente dar "dicas" aos menos experientes.[1]

Par do buraco[editar | editar código-fonte]

Desde o local de saída (tee) até o buraco, o número médio de tacadas necessárias para embocar a bola é um índice, chamado par do buraco, que ajuda a medir o desempenho do jogador. Conforme a distância, há buracos de par três (até 228 m), par quatro (até 430 m) ou par cinco (mais de 430 m). Para as mulheres, as distâncias são um pouco menores. [2]

Par do campo[editar | editar código-fonte]

A somatória total do par de todos os buracos dá origem a outro valor de referência, o par do campo. Se um campo tem par 71, quer dizer que um jogador regular deve, ao término dos 18 buracos, totalizar o mais próximo possível de 71 tacadas. Quando o par é 71 e o jogador termina os 18 buracos em 70 tacadas, é comum dizer que fez "um abaixo do par"; se terminou com 69, "dois abaixo do par", e assim por diante. No mesmo par 71, se marcar 72, diz "um acima do par"; 73, "dois acima do par", e assim sucessivamente. [2]

Pontuação[editar | editar código-fonte]

Consoante o número de tacadas, há um termo especifico, sendo estes aqui referenciados:

Nº de tacadas Termo especifico Definição
-4 Condor (ou double-albatross)[1][2] Quatro tacadas abaixo do par
-3 Albatross (ou double-eagle) Três tacadas abaixo do par
-2 Eagle (ou double-birdie) Duas tacadas abaixo do par
-1 Birdie Uma tacada abaixo do par
0 Par Número de tacadas igual ao par
+1 Bogey Uma tacada acima do par
+2 Double bogey Duas tacadas acima do par
+3 Triple bogey Três tacadas acima do par
+4 Quadruple bogey Quatro tacadas acima do par

Modalidades[editar | editar código-fonte]

Há muitas modalidades de jogo de golfe. As mais utilizadas são stroke play, onde o vencedor é definido pelo menor número na somatória das tacadas; e match play, onde são conferidos pontos a cada buraco, por exemplo, no primeiro buraco o jogador "A" emboca a bola em menos tacadas que o jogador "B", recebendo um ponto, e assim por diante. Quem somar o maior número de pontos é o campeão. O golfe também pode ser jogado em duplas ou trios, com a somatória do resultado de cada jogador da equipe, duplas mistas, e uma infinidade de variações. [2]

O campo[editar | editar código-fonte]

Vista de um green através do fairway.

Um campo de golfe oficial tem nove ou dezoito buracos, ou seja, nove ou dezoito Fairways. Cada Fairway tem de 25 a 30 metros de largura e 300 a 500 metros de comprimento. O comprimento dos Fairways define o número do “par” do campo. Levando em conta esses números, mais os espaços necessários de segurança e os espaços entre os Fairways, um campo de golfe com nove buracos necessita de uma área aproximada de 25 a 30 hectares e, o de 18 buracos, de 40 a 50 hectares. Campos não oficiais, em condomínios residenciais ou resorts, por exemplo, podem ser menores, com três ou seis buracos. [1]

Não há um campo de golfe igual a outro. Por isso, cada campo é um novo desafio. Há campos no meio de desertos, em regiões montanhosas, em planícies, em regiões costeiras etc. Os campos normalmente são formados por conjuntos de 9 ou 18 buracos. Em outros números, um campo de golfe oficial ocupa cerca de um milhão de metros quadrados. O percurso total de 18 buracos, geralmente, tem cerca de seis quilômetros de extensão em linha reta, e demora perto de quatro horas e meia para ser concluído. [2]

Percurso[editar | editar código-fonte]

O percurso de um buraco visto por cima apresenta os seguintes elementos: tee, local de saída; fairway, região de grama baixa onde é fácil para o jogador dar a próxima tacada; rough, região de grama alta, onde é difícil bater a bola; e o green, local de grama rasteira e muito bem aparada, com altura média de 2 mm, onde fica o buraco. O fairway pode ser entrecortado por rios, lagos, bancas de areia (bunkers) e outros obstáculos (hazards) para dificultar o progresso do jogador. [2]

Equipamentos[editar | editar código-fonte]

Por equipamento de golfe entende-se o conjunto de utensílios que o jogador de golfe deverá dispor para praticar este esporte e que engloba materiais tão diversos como sejam: os tacos, as bolas, o saco, o carrinho, a roupa, a luva, os sapatos, além de outros apetrechos, sendo dentre estes os fundamentais para a prática do jogo os tacos, as bolas e o saco. [3]

Tacos[editar | editar código-fonte]

Os tacos ou clubs são os utensílios principais que servem para bater na bola dirigindo-a para o buraco. Existem vários tipos de tacos: as madeiras, os ferros e os putters. [3]

Taco de madeira e ferros[editar | editar código-fonte]

Os tacos de madeira, atualmente em sua maioria fabricados com grafite ou metal, e os ferros, apresentam três seções distintas: a "cabeça", a "vareta" e a "pega" ou "punho". A vareta é ligada à cabeça através do "pescoço" ou "base". A cabeça encontra-se dividida em outras seções: a "ponta", a "face", o "calcanhar" e a "sola". [3]

As varetas apresentam diversos graus de flexibilidade sendo classificadas numa das seguintes categorias: XS= ultra-rígida; S = rígida; R = regular, (normal para homens), A = amador (para seniores) e L = para mulheres. As varetas atuais são feitas em aço, boro ou grafite. As cabeças são feitas em ligas leves metálicas, tendo como base, alumínio, cobre, titânio, tungstênio, dentre outros.[3]

As madeiras mais correntes são numeradas de 1 a 5 embora existam madeiras 7, 9 e 11. Estes números correspondem às características de fabricação, mas muito especialmente ao ângulo de abertura da face do taco a que se chama loft. Por exemplo, a madeira nº 1 que se designa, habitualmente, por driver apresenta a sua face quase vertical (regra geral entre 8º e os 11º) no momento em que se bate a bola o que lhe imprime uma trajetória baixa. Pelo contrario, o ângulo da abertura da madeira nº 5 é já maior (22º) o que imprime à bola uma trajetória alta. O loft das diferentes madeiras encontra-se regulamentado, sendo todos os fabricantes obrigados a respeitar o padrão. [3]

As madeiras classificam-se em de "saída" e de fairway, sendo as primeiras as que apresentam os números 1 e 2 ou 3 e as outras, as restantes. Os ferros são numerados de 1 a 9 e aos quais se juntam ainda o pitching-wedge a que por vezes se chama o 10, e o sand-wedge. Os ferros classificam-se em três grupos: os ferros compridos, do 1 ao 4; os médios, do 5 ao 7; e os curtos, do 8 ao sand-wedge. [3]

Os ferros 1 e 2 desapareceram, praticamente, do conjunto ou set e são comprados isoladamente à unidade. Os jogadores de nível médio, não costumam utilizá-los por ser difícil bater a bola com eles. Para efetuar uma boa tacada é preciso bater a bola no lugar exato da face do taco, no sweet-spot o que se torna tão mais difícil quanto maior for o comprimento da vareta. O loft dos ferros aumenta em função inversa do seu comprimento atingindo os 60º e 61º nossand-wedge e Lob-wedges. Com uma tal inclinação da face do ferro consegue-se bater a bola elevando-a muito na vertical. Se considerarmos o conjunto dos ferros do nº 3 ao nº 7, estes permitem ao jogador médio efetuar batidas que vão dos 170 aos 130 metros, isto é, bater a distâncias que variam, entre ferros seguidos, de 10 metros. Os ferros curtos, por sua vez, permitem alcançar as seguintes distâncias: ferro 8 = 110 metros (m); ferro 9 = 100 m; ferro 10, pitching-wedge = 90 m; sand-wedge = 65 m; e, lob-wedge = 50 m. [3]

Putter[editar | editar código-fonte]

Taco tipo Putter.

Os putters apresentam-se com as mais variadas formas, as varetas são encrustadas na cabeça do putter em diversas posições. O peso do putter varia entre os 420 e os 540 gramas apresentando-se com varetas com comprimentos de 82 a 90 cm. O putter é um taco muito pessoal devendo cada jogador usar o modelo que lhe transmita maior confiança. [3]

Sacos[editar | editar código-fonte]

As bolsas, por sua vez, podem ser transportadas pelos jogadores, às costas, se estes forem leves, ou num carrinho, trolley, o qual poderá ser puxado pelo jogador ou pelo seu caddie, acompanhante do jogador que transporta o saco. [3]

O número máximo de tacos que um jogador, em competição, pode transportar no saco é de 14. O jogador não pode transportar os tacos na mão, daí que utilize para o efeito um saco, que poderá ser feito de material plástico ou cabedal. Os sacos apresentam-se com diversos tamanhos e modelos, com bolsas destinadas ao transporte de roupas, bolas, alimentos e bebidas, etc. [3]

Bola[editar | editar código-fonte]

Bola de golfe no green prestes a cair no buraco.

A bola normalmente é branca e a camada exterior que a cobre tem uma serie de "covinhas", cerca de 500, para lhe aumentar o efeito de aerodinâmica. Em 1968 foram definitivamente fixadas, pelas entidades regulamentadoras do golfe, as especificações técnicas da bola, e onde se diz que o diâmetro da bola não pode ser inferior a 42,67 mm, nem o seu peso ser superior a 45,93 gramas. [3]

Hole in one[editar | editar código-fonte]

Hole in one é a jogada na qual o golfista acerta a bola no buraco com apenas uma tacada. As competições profissionais costumam oferecer prémios especiais para quem consegue realizar essa proeza. Nas competições amadoras, o costume é o jogador que fez o hole-in-one oferecer aos outros jogadores presentes no clube, como uma refeição ou bebidas. As regras de golfe proíbem que amadores recebam dinheiro.

Holes in one consecutivos[editar | editar código-fonte]

Laura Cox foi a primeira golfista a conseguir dois holes in one em dois buracos consecutivos. Isso aconteceu em Maio de 1977, em Sydney, na Austrália. Nenhum homem tinha conseguido essa proeza antes.

Musculatura[editar | editar código-fonte]

Uma tacada de golfe usa a musculatura do core (centro) – especialmente o músculo sacroiliolombar e o músculo grande dorsal, ou latissimusdorsi, ao fazer a virada – os tendões das pernas, os ombros e os pulsos. Ter músculos mais fortes nos pulsos pode prevenir que eles acabem torcidos pelo "swing", o movimento de rotação feito para realizar uma tacada, enquanto que ombros mais fortes elevam a força do movimento de giro. Pulsos fracos também podem causar impacto no cotovelo e no pescoço, o que acaba causando lesões. (Quando um músculo se contrai ele puxa igualmente de ambos os lados e, de forma a ter movimento apenas em uma extremidade do músculo, outros músculos entram em cena para estabilizar o osso no qual a outra extremidade do musculo está ligada.) Golfe é um exercício unilateral que pode causar falhas no equilíbrio do corpo, exigindo, assim, exercícios que mantenham o equilíbrio muscular.[4] [5]

Vocabulário do golfe[editar | editar código-fonte]

O golfe possui uma série de termos e expressões comumente utilizados em suas partidas:

  • Green: Buraco que está em jogo, ou seja, em que a bola deverá ser colocada. [1] É toda a zona do buraco que está a ser jogado.
  • Fairway: Corredor do campo de golfe entre o Tee e o Green.
  • Par: O “par” é o número de tacadas necessárias para colocar a bola no buraco. Por exemplo, um fairway com par de três a cinco, quer dizer que são necessários de três a cinco tacadas para colocar a bola no buraco.[1]
  • Handicap: É a maneira utilizada para que jogadores de diferentes níveis de habilidade possam jogar uma partida entre si. O handicap são tacadas de bonificação dadas ao jogador menos experiente para serem descontadas ao término do jogo. Quanto menor o handicap, melhor o jogador. Um jogador profissional não tem handicap. O handicap varia de 0 a 40 para homens e mulheres, e, conforme o jogador progride no esporte, vai diminuindo o seu handicap. [2]
  • Caddie: Caddie ou cádi[6] é o nome que recebe o carregador da bolsa com os tacos do golfista. Apenas em 1980 as mulheres passam a ser aceites como caddies. O conhecimento do campo de golfe e a observação constante dos jogadores permitiu que muitos deles se tornassem golfistas ou professores de golfe. Os caddies são considerados desportistas.
  • Caddie avançado (forecaddie): Um caddie avançado, é uma pessoa nomeada pela Comissão Técnica para indicar aos jogadores a posição das bolas durante o jogo. Ele é um agente externo.
  • Tee: Local da primeira tacada. [1] Tee também é o nome dado ao pino que pode ser usado sob a bola apenas na tacada inicial ou em condições extraordinárias de jogo (tee up).
Tees
  • Birdie: Birdie é como é chamada a jogada onde coloca-se a bola no buraco com uma tacada a menos que o respectivo par.
  • Bogey: Quando se faz uma tacada acima do par. Se o buraco, por exemplo, é de par 4 e o jogador faz 5 tacadas, diz-se que ele fez um bogey.
  • Bandeira (flagstick): A bandeira é uma haste rectilínea, móvel, com ou sem um pano de bandeira ou outro material pendurado, centrada no buraco para mostrar a sua posição. A sua secção transversal deve ser circular.
  • Juiz árbitro (referee): Juiz árbitro é uma pessoa nomeada pela Comissão Técnica para acompanhar os jogadores a fim de decidir sobre questões de fato e aplicar as Regras. Ele deve atuar sempre que notar ou lhe for comunicada qualquer infração às Regras. Um juiz árbitro não deve assistir à bandeira nem estar junto do buraco ou marcar a sua posição nem levantar ou marcar a posição da bola.

Principais torneios do mundo[editar | editar código-fonte]

O PGA Tour, principal circuito do golfe mundial, é jogado nos Estados Unidos. Há 4 grandes torneios chamados de Major, são eles, sendo que apenas o último é parte do sistema do PGA Tour:

Principais torneios do Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil o golfe é praticado em sua grande maioria por esportistas amadores. Porém existe uma grande variedade de torneios realizados pelos Clubes Regionais, pelas Federações e pela Confederação Brasileira de Golfe.

O Golfe nos Jogos Olímpicos[editar | editar código-fonte]

O golfe voltará a ser um dos esportes olímpicos a partir dos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016. O congresso do Comitê Olímpico Internacional (COI) decidiu no dia 09 de outubro de 2009 pela reinclusão da modalidade na programação do evento. Para entrar na Olimpíada, o esporte precisou ser submetido a uma votação dos membros do COI, em que era necessária a aprovação da maioria. O golfe passou com 63 votos a favor, 27 contra , e duas abstenções. [7]

O esporte já havia feito parte de olimpíadas do início da Era Moderna dos Jogos, em 1900 e 1904. Antes desta votação, a modalidade fora vetada em eleição realizada em 2005 para compor o quadro de esportes das Olimpíadas de Londres, em 2012. O golfe terá vaga garantida nos jogos olímpicos apenas até 2020. Em 2017, a participação do golfe será novamente colocada em votação, para os eventos de 2024 em diante. [7]

Filmografia com temática sobre golfe[editar | editar código-fonte]

  • Amor Invencível (Follow the Sun, 1951)
  • A Mulher Absoluta (Pat and Mike, 1952)
  • A Tale of Sorrow and Sadness (A Tale of Sorrow and Sadness, 1977)
  • Clube dos Pilantras (Caddyshack, 1980)
  • Dorf´s Golf Bible (Dorf's Golf Bible, 1987)
  • Clube dos Pilantras 2 (Caddyshack II, 1988)
  • A Grande Tacada (Dead Solid Perfect, 1988)
  • Dorf on Golf (Dorf on Golf, 1988)
  • Den ofrivillige golfaren (Den ofrivillige golfaren, 1991)
  • A Tacada Perfeita (The Man with the Perfect Swing, 1995)
  • Um Maluco no Golfe (Happy Gilmore, 1996)
  • O Jogo da Paixão (Tin Cup, 1996)
  • Lendas da Vida (The Legend of Bagger Vance, 2000)
  • O Reverso da Fortuna (Reversal of Fortune, 2003)
  • Bobby Jones, a Lenda do Golf (Bobby Jones, stroke of genius, 2004)
  • O Melhor Jogo da História (The Greatest Game Ever Played, 2005)
  • Who´s Your Caddy? (Who's Your Caddy?, 2007)
  • "Birdie Buddy" (Birdie Buddy (kdrama), 2011)"

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i GOLF.TUR (2012). A história do golfe no mundo. Sítio Golf.tur <http://www.golfe.tur.br/historiadogolfe.php>. Acessado em 10 de janeiro de 2012.
  2. a b c d e f g FEDERAÇÃO PAULISTA DE GOLFE (2009). Como Jogar. Sítio Federação Paulista de Golfe <http://www.fpgolfe.com.br/ojogo/comojogar.asp>. Acessado em 12 de janeiro de 2012.
  3. a b c d e f g h i j k FEDERAÇÃO NORTE DE GOLFE (2010). Acessórios e Equipamentos. Sítio Federação Norte de Golfe <http://www.fng.com.br/Index.asp?Pag=Acess_Equipa>. Acessado em 11 de janeiro de 2012.
  4. Ahn Hye Jung (11 de novembro de 2012), World Class Fitness Trainers, John Sitaras, Golf Digest
  5. John Sitaras (14 de novembro de 2013). Jack Welch's 6 Ways Exercise. Golf Digest. Página visitada em 07 de fevereiro de 2014.
  6. Portal da Língua Portuguesa – Dicionário de Estrangeirismos
  7. a b AGÊNCIA ESTADO (2009). COI confirma golfe e rúgbi nos Jogos Olímpicos de 2016. Sítio Estadão <http://www.estadao.com.br/noticias/esportes,coi-confirma-golfe-e-rugbi-nos-jogos-olimpicos-de-2016,448346,0.htm>. Acessado em 11 de janeiro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre Golfe