Golpe de Estado no Lesoto em 1991

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Golpe de Estado no Lesoto em 1991
Data 30 de abril de 1991
Local Lesoto
Desfecho Deposição do primeiro-ministro Justin Lekhanya
Elias Phisoana Ramaema assume o cargo de primeiro-ministro

Golpe de Estado no Lesoto em 1991 ocorreu no Lesoto em 30 de abril de 1991, liderado pelo coronel Elias Phisoana Ramaema.[1] Isso levou à deposição do primeiro-ministro, o general Justin Lekhanya, que ocupava o cargo desde o golpe de Estado de 1986.

O coronel Ramaema sitiou o governo e forçou o primeiro-ministro Lekhanya a renunciar.[2] Elias Ramaema ficaria dois anos na Presidência do país e durante este tempo no poder, foi adotada uma nova constituição restaurando os poderes do Parlamento. Foram realizadas eleições multipartidárias em 27 de março de 1993, com a assistência do Secretariado da Comunidade das Nações, a pedido do governo.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre o Lesoto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.