Gonçalo Vasconcelos e Sousa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Gonçalo Pinto de Mesquita da Silveira de Vasconcelos e Sousa (Porto, Foz do Douro, 29 de Janeiro de 1970) [1], é um historiador da arte e professor universitário, especialista em História da Prataria e da Joalharia em Portugal, Doutor e Agregado em História da Arte pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

Professor Catedrático da Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa, é coordenador científico da licenciatura em Arte – Conservação e Restauro e do doutoramento em Estudos do Património desta instituição, onde foi também Presidente do Conselho Científico e do Conselho Pedagógico, tendo dirigido ainda o Departamento de Arte e Restauro, o CITAR (Centro de Investigação em Ciência e Tecnologia das Artes), o Centro de Conservação e Restauro e a Revista de Artes Decorativas. Desde a sua criação, é director do Centro Interpretativo da Ourivesaria do Norte de Portugal.

É visiting professor na Universidade de São José (Macau), Académico Correspondente da Academia Portuguesa da História [2] e da Academia Nacional de Belas-Artes, bem como correspondente estrangeiro da Academia Brasileira de Arte, sócio efectivo do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, sócio do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia e membro honorário da PIN – Associação Portuguesa de Joalharia Contemporânea.

Provedor da Venerável Ordem Terceira de São Francisco do Porto [3] desde 2016, onde exerceu ainda as funções de Vice-Provedor, Secretário e Mesário com a Mordomia da Cultura. Integra o Conselho de Administração da Fundação Maria Isabel Guerra Junqueiro e Luís Pinto de Mesquita Carvalho. É o Presidente da Mesa da Assembleia Geral da Ordem de Malta em Portugal no âmbito da qual dirigiu a revista Filermo durante vários números. Presidiu igualmente ao Conselho Director do Círculo Dr. José de Figueiredo/Amigos do Museu Nacional de Soares dos Reis e no âmbito desta instituição cultural dirige a revista Museu.

Recebeu o Prémio Fundação Calouste Gulbenkian de História Regional e Local, da Academia Portuguesa da História (ex aequo, 2005).

Livros publicados[editar | editar código-fonte]

  • Subsídios para o levantamento do Património Construído de Almendra. Porto: Câmara Municipal de Vila Nova de Foz Côa, 1993
  • A arte de Luiz Ferreira. Porto: Lello Editores, 1996.
  • Pratas portuguesas em colecções particulares: séc. XV ao séc. XX. Porto: Livraria Civilização Editora, 1998. ISBN 9789722614948
  • Metodologia da investigação, redacção e apresentação de trabalhos científicos. Porto: Livraria Civilização Editora, 1998. ISBN 9789722615594
  • Ourivesaria e Paramentaria da Misericórdia do Porto. Porto: Santa Casa da Misericórdia do Porto, 1998 (coordenação).
  • A joalharia em Portugal: 1750-1825. Porto: Livraria Civilização Editora, 1999. ISBN 9789722616720
  • Pratas em colecções do Douro. Porto: Bienal da Prata de Lamego; Lello Editores, 2001.
  • Artes da Mesa em Portugal: do século XVIII ao século XXI. 2.ª ed. Porto: Livraria Civilização, 2005. ISBN 9789722623926
  • Manuel Alcino: Tradição e modernidade na Ourivesaria Portuguesa. Porto:Manuel Alcino & Filhos, 2003. Bilingue: português e inglês.
  • A ourivesaria da prata em Portugal e os mestres portuenses: História e sociabilidade (1750-1810). Porto: Ed. do Autor, 2004.
  • Dicionário de ourives e lavrantes de prata do Porto: 1750-1825. Porto: Livraria Civilização Editora, 2005. ISBN 9789722621540
  • História do Club Portuense (1857-2007). Porto: Club Portuense, 2008.
  • A joalharia no Porto ao tempo dos Almada. Porto: CITAR, 2008.
  • Arte e sociabilidade no Porto Romântico. Porto: CITAR, 2009.
  • Os bichos de Luiz Ferreira: No centenário do seu nascimento (1909-2009). Porto: Luiz Ferreira & Filhos, 2009.
  • Espaço, arte e memória: O cemitério da Santa Casa da Misericórdia do Porto. Porto: Santa Casa da Misericórdia do Porto, 2010.
  • Percursos da joalharia em Portugal: Séculos XVIII a XX. Porto: CITAR, 2010.
  • Colecção de jóias do Museu dos Biscainhos. Porto: UCE-Porto; CIONP; CITAR, 2011.
  • O livro de desenhos de jóias de José António Mourão (1792-1856), da Rua das Flores, no Porto. Porto: UCE-Porto; CIONP; CITAR, 2011.
  • Tesouros privados: a joalharia na região do Porto (1865-1879). Porto: UCE-Porto; CIONP; CITAR, 2012. 2 vols.
  • Dicionário dos ourives do ouro, cravadores e lapidários do Porto e Gondomar (1700-1850). Porto: UCE-Porto; CIONP; CITAR, 2012. 2 vols.
  • Arte e devoção: a ourivesaria nas colecções da Misericórdia do Porto. Porto: Santa Casa da Misericórdia do Porto, 2013.
  • Fontes para as Artes Decorativas nos Açores I-VII. Porto: UCE-Porto; CITAR, 2013-2018 (coordenação da colecção).
  • Documentos à mesa, em Portugal e no mundo: sécs. XIX-XXI. Ponta Delgada: Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada, 2019.
  • Ephemera da mesa: menus e outros documentos em Portugal e na Europa (1850-2016). Gaia: Câmara Municipal de Gaia, 2019.
  • A luz que mais brilha: custódias de prata da cidade do Porto. Porto: SCMP, 2019 (coordenação).

Referências

  1. «CV». DeGóis 
  2. «Académicos existentes». Academia Portuguesa da História 
  3. «Prof. Doutor Gonçalo de Vasconcelos e Sousa eleito Provedor da VOTSFP». Ordem São Francisco do Porto