Gondwana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Animação da divisão da Pangeia e de Gondwana.
Distribuição geográfica dos fósseis gondwânicos (clique para ampliar e ver mais detalhes, em inglês).
Gondwana.

O supercontinente do sul Gondwana incluía a maior parte das zonas de terra firme que hoje constituem os continentes do Hemisfério Sul, incluindo a Antártida, América do Sul, África, Madagáscar, Seicheles, Índia, Austrália, Nova Guiné, Nova Zelândia, e Nova Caledónia.

Foi formado durante o período Jurássico Superior há cerca de 200 milhões de anos, pela separação do Pangeia. Os outros continentes nessa altura a América do Norte e Eurásia ainda estavam ligados, formando o super continente de Laurásia.

O termo original para designar o supercontinente que haveria ao sul, Gondwanaland, foi cunhado pelo geólogo inglês Eduard Suess em 1861, em referência à região de Gondwana, na Índia, onde a flora de Glossopteris, plantas fósseis permianas foi encontrada pela primeira vez [1].

Referências

  1. Range, H. «Suess, Eduard. (1901). Das Antlitz der Erde. - 5 volumes; recuperado em Geowords» (PDF). The Present is the Key to the Past (em inglês). Consultado em 12/10/2010. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.