Gone Nutty

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gone Nutty
Scrat's Missing Adventure (PT)
A Aventura Perdida de Scrat (BR)
 Estados Unidos
2003 •  cor •  4 min 
Direção Carlos Saldanha
Roteiro William H. Frake III
Dan Shefelman
Moroni Taylor
Elenco Chris Wedge
Género curta de animação
Música Debbi Datz-Pyle
Michael A. Levine
William Richter
Michael Stern
Eric Stonerook
Distribuição 20th Century Fox
Idioma inglês
Cronologia
No Time for Nuts (2006)
Página no IMDb (em inglês)

Gone Nutty (Scrat's Missing AdventurePOR ou A Aventura Perdida de ScratBRA) é um filme curta-metragem de animação estadunidense produzido em 2003 pela Blue Sky Studios, distribuído pela 20th Century Fox e dirigido por Carlos Saldanha. O curta destaca o personagem Scrat do filme Ice Age, que mais uma vez tem problemas com suas nozes. O enredo é semelhante ao do trailer do filme Ice Age, e também possui uma sátira da teoria da separaração dos continentes.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Esta secção contém revelações sobre o enredo.

A história começa com Scrat levando uma noz para o tronco de uma enorme árvore, onde está guardada toda a sua coleção de nozes. No meio das nozes há um pequeno espaço vazio, reservado especialmente para a última noz, a qual completa a coleção. O tronco estava tão cheio que quando Scrat encaixa a noz no meio das outras, ela salta para fora de novo. Furioso, Scrat enfia a noz com toda a sua força. O tronco ficou tão cheio que Scrat, juntamente com todas as suas nozes, são expelidos para fora da árvore, rolando até finalmente caírem de um abismo. Scrat e suas nozes entram em uma queda livre.

Enquanto está caindo, Scrat começa a juntar todas as suas nozes, que estão espalhadas pelo céu. Scrat consegue reunir todas as nozes novamente, formando uma bola gigante, com Scrat bem no topo. À medida que se aproxima do chão, a bola é inclinada e Scrat (que estava no topo) fica de cabeça para baixo, até que finalmente ele e todas as suas nozes chocam-se contra o chão coberto de gelo.

Após a queda, Scrat fica inconsciente durante alguns segundos. Ao acordar, Scrat percebe que havia no céu uma noz que ainda estava caindo, e que ela vinha bem na sua direção. A noz vinha tão rápido que chegou a sofrer um atrito semelhante à um meteorito e, conseqüentemente, Scrat não consegue desviar da noz a tempo. A noz choca-se contra a cabeça de Scrat com uma força tão grande que o chão começa a rachar-se, resultando no processo de separação dos continentes, deixando Scrat isolado em uma pequena "ilha" no meio do oceano.

Triste por ter perdido todas as suas nozes, Scrat lembra-se da noz que o acertou na cabeça e pega ela para si. Feliz por ficar com pelo menos uma noz, Scrat começa a acariciá-la, mas ao fazer isso, a noz (que estava queimada devido ao atrito que sofreu quando estava caindo) desintegra-se, virando cinzas, finalizando o curta com Scrat decepcionado e frustrado, colocando o que restou da noz na cabeça, como se fosse um chapéu.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Gone Nutty foi indicado ao Oscar de Melhor Curta de Animação em 2004, mas perdeu para o curta-metragem Harvie Krumpet.[1][2] Embora tenha perdido a estatueta, Gone Nutty ganhou o 1º lugar no Los Angeles Art Film Festival.[3]

Referências

  1. (em inglês)Needham, Col. "Academy Awards, USA: 2004". Internet Movie Database. Acessado em 2 de julho de 2008.
  2. (em português)"Oscar 2004". CinePop. Acessado em 2 de julho de 2009.
  3. (em português)"Personalidades - Carlos Saldanha". Adoro Cinema Brasileiro. Acessado em 2 de julho de 2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]