Gonzaga-Novellara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gonzaga-Novellara
Condado de Novellara
Brasão de armas dos Gonzaga-Novellara
Estado: Condado de Novellara
País: Itália
Dinastia de origem: Casa de Gonzaga
Títulos: Senhor e Conde de Novellara e Bagnolo
Fundador: Feltrino Gonzaga
Último soberano: Filipe Afonso Gonzaga
Ano de fundação: 1371
Etnia: Caucasianos

A linha de Novellara[1] e Bagnolo[2] era um ramo colateral da dinastia dos Gonzaga. Trata-se de um ramo também conhecido por Gonzaga-Novellara.

História[editar | editar código-fonte]

O primeiro governante desta linha foi Feltrino Gonzaga, terceiro filho de Luís I Gonzaga[3] (*1268, +1360), que governou a cidade de Mântua[4] entre 1313 e a sua morte.

Enquanto o seu irmão mais velho, Guido I, deu origem ao ramo principal dos Gonzaga (instalados em Mântua), os descendentes de Feltrino fixam-se nas cidades de Novellara e Bagnolo (ver Condado de Novellara). O ramo por si iniciado, chamado Gonzaga-Novellara, nunca terá nem a exposição nem riqueza dos seus parentes mais velhos.

O último conde de Novellara, Filipe Afonso Gonzaga, morreu em 1728 sem descendência, pelo que o Condado reverteu para o Imperador. Nove anos depois, em 1737, o Condado é por fim atribuído à Casa de Este, na pessoa do duque Reinaldo III de Módena que, após duas semanas, acaba por falecer.

No período 1728-1737 o condado é administrado por Ricarda Gonzaga (de Novellara), irmã do último Conde Soberano e duquesa consorte de Massa e Carrara[5] e última representante desta linhagem.

Árvore Genealógica[6][editar | editar código-fonte]

O ramo dos Gonzaga-Novellara descende de Feltrino Gonzaga, vigário-imperial de Régio da Emília e primeiro senhor de Novellara. Extinguiu-se, em 1728, com a morte sem descendência de Filipe Afonso Gonzaga.


(em construção)

Dinastia[editar | editar código-fonte]

Senhores de Novellara[editar | editar código-fonte]

Governo (de - a ) Nome (nascimento-morte)
1371-1374 Feltrino Gonzaga (1330-1374)
1374-1399 Guido II Gonzaga (?-1399)
1399-1441 Jaime Gonzaga (?-1441)
1441-1484 Francisco I Gonzaga (1420 ca.-1484)
1501-1515 Giampietro Gonzaga (1469-1515)

Condes de Novellara[editar | editar código-fonte]

Governo (de - a ) Nome (nascimento - morte)
1515-1530 Alessandro I Gonzaga (1496-1530)
1540-1577 Francisco II Gonzaga (1519-1577)
1577-1595 Camilo I Gonzaga (1521-1595)
1550-1589 Afonso I Gonzaga (1529-1589)
1595-1640 Camilo II Gonzaga (1581-1650)
1640-1644 Alexandre III Gonzaga (?-1644)
1644-1650 Camilo II Gonzaga (1581-1650)
1650-1678 Afonso II Gonzaga (1616-1678)
1678-1727 Camilo III Gonzaga (1649-1727)
1727-1728 Filipe Afonso Gonzaga (1702-1728)

Em 1728, com a morte de Filipe Afonso Gonzaga, extinguiu-se esta linha dinástica. O condado passou para as mãos do imperador Carlos VI de Habsburgo que o consignou, em 1737, a Reinaldo III, duque de Módena, que morre após duas semanas.

O condado é, por fim, integrado no Ducado de Módena e Régio.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Bibliografia/Fontes[editar | editar código-fonte]

  • (em inglês) Italian Dynasties: The Great Families of Italy from the Renaissance to the Present Day, de Edward Burman
  • (em italiano) I Gonzaga, de Adelaide Murgia, Mondadori, Milão, 1972


Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Novellara é uma cidade com cerca de 14.000 habitantes na província de Régio da Emília, a 50 Km a sul de Mântua.
  2. Bagnolo in Piano é uma localidade com cerca de 9.500 habitantes na provincia de Régio da Emília, a cerca de 60 Km a sul da cidade de Mântua.
  3. também chamado Ludovico I
  4. primeiro como Podestá, depois como Senhor e, por fim, como Capitano del Popolo
  5. Ricarda Gonzaga foi mãe de Maria Teresa Cybo-Malaspina que, em 1741, casou com Hércules III de Módena, neto de Reinaldo III.
  6. elaborada com base em informação de http://genealogy.euweb.cz/gonzaga/gonzaga6.html