Gonzalo Fierro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gonzalo Fierro
Gonzalo Fierro.jpg
Informações pessoais
Nome completo Gonzalo Antonio Fierro Caniullán
Data de nasc. 21 de março de 1983 (33 anos)
Local de nasc. Santiago, Chile
Nacionalidade Chile chileno
Altura 1,71 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Chile Colo-Colo
Número 11
Posição Lateral-direito
Clubes de juventude
Chile Colo-Colo
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2002–2008
2008–2011
2012–
2012
Chile Colo-Colo
Brasil Flamengo
Chile Colo-Colo
Chile Colo-Colo B
0251 000(68)
0093 0000(2)
0171 000(36)
0001 0000(0)
Seleção nacional3
2006– Flag of Chile.svg Chile 0024 0000(1)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 21 de agosto de 2016.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 10 de setembro de 2015.

Disambig grey.svg Nota: Se procura a revista de histórias em quadrinhos argentina, veja Revista Fierro.

Gonzalo Antonio Fierro Caniullán (Santiago, 21 de março de 1983) é um futebolista chileno que atua como lateral-direito, volante ou meia. Atualmente joga pelo Colo-Colo.

É conhecido como "joven pistolero" pela torcida do Colo-Colo, onde é ídolo[1]. Ele foi o primeiro jogador chileno a jogar no Flamengo e o primeiro jogador estrangeiro a ser convocado para uma Copa do Mundo enquanto jogador do Flamengo.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Colo-Colo[editar | editar código-fonte]

Revelado pelo Colo-Colo, em 2002, Fierro jogou os seis anos seguintes de sua carreira por este clube, sendo que, durante esse período, conquistou cinco títulos do Campeonato Chileno. A sua estréia no futebol profissional aconteceu logo em um clássico contra o Cobreloa. O jogador fez parte da inesquecível geração de ouro do Colo-Colo, comandada pelo treinador Claudio Borghi. Naquele grupo, ele dividiu vestiários e celebrou conquistas e gols com Matías Fernández, Humberto Suazo, Alexis Sánchez, Arturo Vidal, Jorge Valdivia, entre outros craques.

Flamengo[editar | editar código-fonte]

Em agosto de 2008, Fierro veio para o Brasil, onde foi contratado por US$ 2,5 milhões ( cerca de R$ 4,5 milhões) pelo Flamengo[3]. Sua estréia foi no jogo Flamengo 1x0 Ipatinga, onde ele entrou substituindo o meia Éverton, tendo uma participação discreta[4], o que marcaria sua passagem pelo clube da Gávea . Jogando pelo rubro-negro carioca, fez dois gols: um contra o São Paulo[5] (Morumbi), pelo Campeonato Brasileiro de 2009 e outro contra o Duque de Caxias[6] (Maracanã), pela Taça Guanabara, do Campeonato Carioca de 2010. Em 2010 Fierro seria emprestado ao Boca Juniors, da Argentina, porém, um problema em sua retina fez com que o clube argentino o devolvesse ao Flamengo.[7] Em 2011, com Luxemburgo na equipe, o jogador vinha sendo usado regularmente entrando no segundo tempo nas partidas e vinha apresentando um futebol regular, com algumas participações em gols.

Volta ao Colo-Colo[editar | editar código-fonte]

No dia 29 de dezembro de 2011, o Flamengo rescindiu com Fierro e ele acertou sua volta ao Colo-Colo, clube em que foi revelado. De volta ao Colo Colo Fierro teve dois anos instáveis, não apresentando um futebol que o sagrou ídolo daquele clube.[8]

Em 2014, no entanto, Fierro reencontro seu bom futebol e atuando como lateral direito, passou a fazer grandes partidas, e por sua identificação e status de ídolo do time, herdou a braçadeira de capitão de Luis Mena.[9] Neste ano, como capitão, Fierro pode erguer a taça de Campeão Chileno do Clausura[10], em um título marcante, já que foi o trigésimo campeonato Chileno do Colo Colo.

Além de ser o capitão do time campeão, Fierro foi consagrado com o Gala Del Fútbol SIFUP (o prêmio máximo para Jogadores da Liga Chilena) como melhor lateral direito do futebol chileno na temporada 2013/2014.[11]

Seleção Chilena[editar | editar código-fonte]

Fierro também teve passagens pelas seleções sub-20 e sub-23 de seu país, até chegar à Seleção Chilena Principal, em 2006. Gonzalo estreou na Seleção comandada por Nelson Acosta em um amistoso diante da Colômbia. Um ano mais tarde, participou da Copa América de 2007. Em 2008, no entanto, ficou de fora do selecionado e só conseguiu recuperar o seu espaço já no final das Eliminatórias para a Copa do Mundo. Em 2010 participou do elenco de La Roja na Copa do Mundo FIFA[12], porém não atuou 1 minuto sequer, ficando no banco de reservas durante toda a competição.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Até 21 de agosto de 2016.

Clubes[editar | editar código-fonte]

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
Colo-Colo 2002 30 2 0 30 2 0
2003 31 5 0 4 0 0 35 5 0
2004 30 6 0 6 0 0 36 6 0
2005 26 13 0 26 13 0
2006 32 12 0 10 2 0 42 14 0
2007 37 17 0 12 4 0 49 21 0
2008 27 6 0 6 1 1 33 7 1
Total 213 61 0 0 0 0 38 7 1 0 0 0 251 68 1
Flamengo 2008 8 0 1 8 0 1
2009 24 1 1 2 0 1 1 0 0 5 0 0 32 1 2
2010 4 0 0 6 0 0 12 1 0 21 1 0
2011 11 0 1 5 0 1 2 0 0 14 0 2 32 0 4
Total 47 1 3 7 0 2 9 0 0 31 1 2 93 2 7
Colo-Colo 2012 26 7 2 3 1 0 29 8 2
2013 14 4 3 14 4 3
2013–14 27 7 0 6 4 0 4 0 3 37 11 3
2014–15 30 3 4 5 1 0 6 0 1 41 4 5
2015–16 26 6 2 12 3 0 6 0 0 44 9 2
2016–17 4 0 0 2 0 0 0 0 0 6 0 0
Total 127 27 11 28 9 0 16 0 4 0 0 0 171 36 15
Colo-Colo B 2012 1 0 0 1 0 0
Total 1 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0
Total na carreira 388 89 14 35 9 2 63 7 5 31 1 2 516 106 23

Seleção Chilena[editar | editar código-fonte]

Abaixo estão listados todos jogos e gols do futebolista pela Seleção Chilena. Abaixo da tabela, clique em expandir para ver a lista detalhada dos jogos de acordo com a categoria selecionada.

Seleção principal

Ano
Jogos Gols Assist. Média
2006 1 0 0 0
2007 8 0 0 0
2008 4 1 0 0,25
2009 2 0 0 0
2010 4 1 0 0,25
2011 3 0 0 0
2014 1 0 1 0
2015 1 0 0 0
Total 24 2 1 0,08

Títulos[editar | editar código-fonte]

Colo-Colo
Flamengo

Referências

  1. «Fierro chega ao Fla com ótimas credenciais». Consultado em 27 de agosto de 2008. 
  2. globoesporte.globo.com/ O Flamengo nas Copas do Mundo
  3. «Flamengo fecha contratação do chileno Gonzalo Fierro». Consultado em 26 de agosto de 2008. 
  4. «Sem brilho, Flamengo derrota o Ipatinga e volta para o G-4». Consultado em 21 de setembro de 2008. 
  5. «Na volta do Imperador ao Morumbi, São Paulo reage e empata com o Flamengo». Consultado em 12 de julho de 2009. 
  6. «Flamengo passa sufoco, mas vence o Duque de Caxias na estreia: 3 a 2». Consultado em 17 de janeiro de 2010. 
  7. "Vetado pelo Boca, Fierro lamenta e prepara-se para voltar ao Fla", GloboEsporte.com, 20 de Agosto de 2010
  8. Wickipédia. «Fierro». Wickipédia. Consultado em 19/12/2014. 
  9. Juan Pablo Baquedano (29/08/2014). «Gonzalo Fierro y el "gran peso" de ser el capitán de Colo Colo». La Segunda. Consultado em 19/12/2014. 
  10. Colo Colo - Oficial. «La 30 - Colo Colo». Colo Colo. Consultado em 20/12/2014. 
  11. «ANFP Y SIFUP PREMIARON A LOS MEJORES EN UNA BRILLANTE GALA DEL FÚTBOL». ANFP. 27/05/2014. Consultado em 20/12/2014. 
  12. «Chile divulga lista dos 23 convocados para a Copa do Mundo». Consultado em 01 de junho de 2010. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de ChileSoccer icon Este artigo sobre futebolistas chilenos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.