Naemorhedus goral

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Goral cinzento)
Como ler uma infocaixa de taxonomiaGoral do himalaia
Goral do himalaia em monastério em Butão
Goral do himalaia em monastério em Butão
Estado de conservação
Quase ameaçada
Quase ameaçada (IUCN 3.1) [1]
Classificação científica
Domínio: Eucariota
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Cetartiodactyla
Família: Bovidae
Gênero: Naemorhedus
Espécie: goral
Subespécie: Naemorhedus goral goral

Naemorhedus goral bedfordi

Nome binomial
Naemorhedus goral
Hardwicke (1825)
Distribuição geográfica
Distribuição do Naemorhedus goral
Distribuição do Naemorhedus goral
Sinónimos
Antilope goral (Hardwicke, 1825)
Urotragus bedfordi (Lydekker, 1905)[2]

O Naemorhedus goral, conhecido como o goral do himalaia, goral do himalaia cinzento ou goral cinzento, é uma espécie de goral que se encontra na China, Índia, Paquistão e Butão.[1][2][3]

Taxonomia[editar | editar código-fonte]

O nome binomial atual, Naemorhedus goral, é de autoria de Hardwicke (1825). Os sinónimos Antilope goral (Hardwicke, 1825) e Urotragus bedfordi (Lydekker, 1905) também são aceitos. São reconhecidas duas subespécies do N. goral: o N. goral goral e o N. goral bedfordi.[1][2][3]

Descrição e ecologia[editar | editar código-fonte]

O comprimento da cabeça e corpo é de 95-130 centímetros, a altura dos ombros é de 66-71 centímetros, peso de 35-42 quilogramas, chifres de 13-18 centímetros em média e cauda relativamente curta, geralmente mais curta que 7,5 centímetros. Os chifres de machos podem atingir 20 centímetros regularmente, enquanto os de fêmeas atingem apenas 10-15 centímetros. O maior chifre da espécie já registrado foi coletado na Índia, em 1902, e media 23,2 centímetros de comprimento, com uma circunferência de 9,5 centímetros. A pelagem de verão é bem clara, variando de marrom-acinzentado avermelhado a castanho-amarelado. As partes ventrais do corpo são mais claras. A transição de cor na cabeça é gradual, enquanto que na garganta é bem definida. A pelagem de inverno é semelhante à de verão, diferenciada por ser mais acinzentada. Os jovens tem cores virtualmente indênticas aos adultos.[2]

A espécie é diurna, estando mais ativa pelo início da manhã e final da tarde, podendo ser ativa pelo dia inteiro em dias nublados. Territórios de grupos são tipicamente 40 hectares, com machos ocupando territórios de 22-25 hectares durante a temporada de acasalamento. Os machos são geralmente solitários, em outros casos encontrando-se em grupos de 4-12 indivíduos. A dieta consiste de grama, folhas, ramos, frutas e nozes. Machos e fêmeas atingem a maturidade com 3 ou às vezes 2 anos. A duração da gestação é de 170-218 dias, com uma única cria nascendo.[1]

Distribuição e habitat[editar | editar código-fonte]

A espécie é distribuída pela cordilheira do himalaia, no Butão, China (sul do Tibete), norte da Índia (Sikkim), Nepal e norte do Paquistão. As duas subespécies, N. goral goral e N. goral bedfordi, encontram-se separadas pelo Nepal. O N. goral habita áreas de montanha íngrime e às vezes utiliza áreas de florestas nas enconstas, porém se situa primariamente em terreno acidentado. Eles alimentam-se em cumes com grama ou encostas íngrimes rochosas, porém buscam abrigo em saliências de rochas. Pode se esconder em florestas ou fendas de rochas.[1]

Referências

  1. a b c d e «Himalayan Goral» (em inglês). UICN. Consultado em 4 de novembro de 2021 
  2. a b c d «Himalayan Grey Goral (Nemorhaedus goral)» (em inglês). Ralf's Wildlife and Wild Places. Consultado em 4 de novembro de 2021 
  3. a b «Gray Goral» (em inglês). Ultimate Ungulate. Consultado em 4 de novembro de 2021