Goran Hadžić

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Goran Hadžić
Goran Hadžić diante do Tribunal Penal Internacional para a antiga Iugoslávia (2011)
Presidente da República Sérvia da Krajina
Período 1991 - 1992
Antecessor(a) Milan Babić
Sucessor(a) Milan Martić
Primeiro-Ministro da Eslavônia Oriental
Antecessor(a) Veljko Džakula
Dados pessoais
Nascimento 7 de setembro de 1958
Vinkovci, Jugoslávia
Morte 12 de julho de 2016 (57 anos)
Religião Igreja Ortodoxa Sérvia

Goran Hadžić (em sérvio: Горан Хаџић; 7 de setembro de 1958 - 12 de julho de 2016)[1] foi um antigo presidente da República Sérvia da Krajina, que estava no cargo durante a Guerra de Independência da Croácia. Foi acusado de crimes contra a humanidade e de violação das leis e costumes de guerra pelo Tribunal Penal Internacional para a antiga Jugoslávia.

O tribunal emitiu um indiciamento acusando-o de envolvimento em atividades criminosas na Croácia a partir de junho de 1991 a dezembro de 1993 com o objetivo da expulsão forçada e permanente da população não-sérvia em um terço do território da Croácia, e a perseguição dos não-sérvios em Vukovar.[2][3] Hadžić era o último fugitivo que ainda restava do Tribunal,[4] Hadžić foi capturado por autoridades sérvias em 20 de julho de 2011.[5]

Morreu em 12 de julho de 2016, aos 57 anos, de câncer no cérebro. [6]

Referências

  1. «Morreu o servo-croata Goran Hadzic, acusado de crimes de guerra». Estado de Minas. 12 de julho de 2016. Consultado em 12 de julho de 2016. 
  2. «The Prosecutor of the Tribunal against Goran Hadzic – Indictment». The Hague: ICTY. 24 de maio de 2004. Consultado em 29 de maio de 2011. 
  3. Uhićen Goran Hadžić! at Dnevnik.hr (Croata)
  4. McElroy, Damien (26 de maio de 2011). «Ratko Mladic arrested: Goran Hadzic last remaining major figure at large». London: Telegraph. Consultado em 29 de maio de 2011. 
  5. «The Associated Press: Serbia arrests last Balkan war crimes fugitive». Google. Consultado em 21 de julho de 2011. 
  6. «Morre aos 57 anos líder sérvio Goran Hadzic, acusado de crimes de guerra». Folha de S. Paulo. 12 de julho de 2016. Consultado em 13 de julho de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Goran Hadžić