Gottfried Schatz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gottfried Schatz
Nascimento 18 de agosto de 1936
Strem
Morte 1 de outubro de 2015 (79 anos)
Basileia
Cidadania Suíça
Alma mater Universidade Karl Franzen, Universidade de Basileia
Ocupação bioquímico, escritor de não ficção, professor universitário
Prêmios Grande Condecoração Honorífica em prata por Serviços à República da Áustria, Prêmio Internacional da Fundação Gairdner, Medalha Otto Warburg, Medalha E.B. Wilson, Prêmio Marcel Benoist, Medalha Sir Hans Krebs, Medalha Schleiden, Condecoração Austríaca de Ciência e Arte, Filiação EMBO
Empregador Universidade Cornell, Universidade de Basileia

Gottfried Schatz (18 de agosto de 1936 - 1 de outubro de 2015) era um bioquímico suíço-austríaco.

Vida e carreira[editar | editar código-fonte]

Schatz nasceu em Strem. Após obter seu doutorado em química e bioquímica na Universidade de Graz (Áustria), ele fez pós-doutorado na Universidade de Viena e no "Instituto de Saúde Pública" de Nova Iorque. Em 1968, ele emigrou para os EUA para assumir um cargo de professor da Universidade Cornell em Ithaca, Nova York. Seis anos depois, ele retornou à Europa para ingressar no recém-criado Biozentrum[1] na Universidade de Basileia, que presidiu de 1983 a 1985. De 1984 a 1989, foi Secretário Geral da Organização Europeia de Biologia Molecular (EMBO). Após sua aposentadoria em 2000, ele presidiu o Swiss Science and Technology Council (SSTC) até 2003. Ele é autor de mais de 200 publicações profissionais, bem como de dois livros de ensaios sobre as implicações mais amplas da ciência. Sua autobiografia científica "Interplanetary travels"[2] foi publicada em 2000.

Schatz morreu em 1 de outubro de 2015, com 79 anos.[3]

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Schatz desempenhou um papel de liderança na elucidação da biogênese das mitocôndrias e na descoberta de DNA mitocondrial.[4] Ele reconheceu que esse DNA codificava apenas um pequeno número de proteínas mitocondriais, o que foi decisivo para suas pesquisas adicionais sobre a importação de proteínas para as mitocôndrias e a degradação de proteínas dentro dessas organelas. Schatz descobriu um sistema de transporte complexo que reconhece proteínas mitocondriais produzidas no citoplasma por sinais específicos ligados a essas proteínas e depois as transfere para as mitocôndrias. Este sistema compreende dois complexos de proteínas, TOM e TIM, que estão localizados nas membranas mitocondrial externa e interna, respectivamente. Mutações nesses complexos podem interromper a importação de proteínas e causar doenças como a síndrome neurodegenerativa de Mohr-Tranebjaerg, que leva à surdez. Schatz também demonstrou que a protease Lon, que requer energia, regula a renovação das proteínas nas mitocôndrias, mantendo assim a integridade e o bom funcionamento do DNA mitocondrial. Gottfried Schatz é autor de mais de 200 publicações científicas, três volumes de ensaios, uma autobiografia e um romance. Seus livros foram publicados em inglês, francês, grego e tradução checa.[5]

Associações e prêmios honorários[editar | editar código-fonte]

Livros para o público em geral[editar | editar código-fonte]

  • Gottfried Schatz: Feuersucher: Die Jagd in the Geheimnis der Lebensenergie - NZZ Buchverlag, Zurique, 2011 - ISBN 3-03823-677-2
  • Gottfried Schatz: A Matter of Wonder. What Biology Reveals about Us, Our World, and Our Dreams (traduzido por A. Shields). S. Karger AG, Basileia, 2011 - ISBN 978-3-8055-9744-9
  • Gottfried Schatz: Jeff’s View on Science and Scientists, Elsevier BV/FEBS 2006 - ISBN 978-0-444-52133-0
  • Gottfried Schatz: Jenseits der Gene. Essays über unser Wesen, unsere Welt und unsere Träume, NZZ Libro, 2012 (4. Aufl.) - ISBN 978-3-03823-780-8; Versão em áudio em CD: Kein & Aber, 2008 - ISBN 978-3-0369-1246-2
  • Gottfried Schatz: Die Welt in der wir leben: Ein Biologe über unser Wesen, unsere Träume und den Grund der Dinge - Herder, 2010 - ISBN 3-451-05792-1 (vergriffen).
  • Gottfried Schatz: Usuário: Die Jagd nach dem Geheimnis der Lebensenergie. NZZ Libro, Zurique 2011, ISBN 978-3-03823-677-1 .
  • Gottfried Schatz: Zaubergarten Biologie. Wie biologische Entdeckungen unser Menschenbild prägen. NZZ Libro, Zurique 2012, ISBN 978-3-03823-753-2
  • Postdoc, Roman, Styria-Verlag, 2015, ISBN 978-3-222-13486-9

Referências

  1. «Biozentrum History». Biozentrum.unibas.ch 
  2. Gottfried Schatz: Interplanetary travels - A scientific autobiography (Selected Topics in the History of Biochemistry, edited by G. Semenza and R. Jaenicke: Personal Recollections VI - Comprehensive Biochemistry Vol.41, Chapter 9, p. 449-530 - Elsevier Science B.V., 2000)
  3. Uhr, 16 50; Oktober 2015, 02 (2 de outubro de 2015). «Wissenschaft: Biochemiker Gottfried Schatz verstorben». www.kleinezeitung.at (em alemão) 
  4. Ellen Haslbrunner, Hans Tuppy and Gottfried Schatz (1964 at the Institut for Biochemistry at the Medical Faculty of the University of Vienna in Vienna, Austria): "Deoxyribonucleic Acid Associated with Yeast Mitochondria" Arquivado em 2008-09-10 no Wayback Machine. (PDF) Biochem.
  5. «Wissenschaft - Biochemiker Gottfried Schatz verstorben». Kleine Zeitung 
  6. Louis-Jeantet Prize
  7. «G. Schatz». Royal Netherlands Academy of Arts and Sciences. Cópia arquivada em 14 de fevereiro de 2016 
  8. «Reply to a parliamentary question» (pdf) (em alemão) 
  9. «Reply to a parliamentary question» (pdf) (em alemão) 
  10. «Gottfried Schatz erhält europäischen Preis für Wissenschaftskultur». idw-online.de 
  11. «Europäische Kulturstiftung Pro Europa». europaeische-kulturstiftung.de 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]