Governador Lindenberg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Governador Lindenberg
  Município do Brasil  
Igreja São José em Governador Lindenberg
Igreja São José em Governador Lindenberg
Símbolos
Bandeira de Governador Lindenberg
Bandeira
Brasão de armas de Governador Lindenberg
Brasão de armas
Hino
Gentílico linderberguense
Localização
Localização de Governador Lindenberg no Espírito Santo
Localização de Governador Lindenberg no Espírito Santo
Governador Lindenberg está localizado em: Brasil
Governador Lindenberg
Localização de Governador Lindenberg no Brasil
Mapa de Governador Lindenberg
Coordenadas 19° 15' 07" S 40° 27' 39" O
País Brasil
Unidade federativa Espírito Santo
Municípios limítrofes São Domingos do Norte, Linhares, Rio Bananal, Colatina e Marilândia.
Distância até a capital 116 km
História
Fundação 11 de maio de 1998 (24 anos)
Administração
Prefeito(a) Leonardo Finco[1] (Cidadania, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [2] 359,613 km²
População total (Censo IBGE/2010[3]) 10 874 hab.
Densidade 30,2 hab./km²
Clima Tropical (Aw)
Altitude 150 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010[4]) 0,694 médio
PIB (IBGE/2008[5]) R$ 103 417,236 mil
PIB per capita (IBGE/2008[5]) R$ 10 017,17
Sítio www.governadorlindenberg.es.gov.br (Prefeitura)
www.cmgl.es.gov.br (Câmara)


Governador Lindenberg é um município brasileiro da Região norte do estado do Espírito Santo. Emancipou-se de Colatina em maio de 1998 e pertence à Região Geográfica Intermediária de Colatina.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Sua população estimada em 2009 era de 10.420 habitantes. Governador Lindenberg faz parte da micro-região expandida sul do Espírito Santo e limita-se com os municípios de Linhares, Colatina, São Domingos do Norte, Rio Bananal e Marilândia. É composto pela sede e o distrito de Novo Brasil, possuindo 23 comunidades. Seu relevo é montanhoso com algumas regiões de várzeas. A altitude média é de 250 metros, com máxima de 849 m e mínima de 49 m.

Economia[editar | editar código-fonte]

A economia do município está baseada no café.[6]

História[editar | editar código-fonte]

A ocupação da região do município começou na década de 1920.[7]

Igreja São José por volta do período de sua construção, com balaústres.

A região do município conhecida como Novo Brasil chamava-se Nova Itália em homenagem aos imigrantes italianos na região.[7] Em meados da segunda guerra mundial, com a entrada do Brasil na guerra contra a Itália, o nome do povoado foi trocado para o atual (Novo Brasil).[7]

O distrito de Governador Lindenberg começou a ser povoado em 1934, com atividades da religião católica tendo um papel importante para agregação da comunidade, culminando na construção da Igreja São José em 1957.[7]

O povoado do cinquenta e um (51) foi rebatizado como Governador Lindenberg em 1946, em homenagem da Camara Municipal de Colatina ao governador do estado na época, Carlos Fernando Monteiro Lindenberg.[7]

O transporte inicial para o munícipio era feito através de tropas de burros, com abertura de linhas de onibus incluindo a atual Viação Pretti, que faz o transporte de Colatina ao município.[7]

A energia elétrica foi instalada no município em 1967 e a estrada asfaltada em 1986.[7]

Pórtico simples na entrada da cidade pela rodovia ES-360, vindo de Colatina

Em 1968, o distrito de Governador Lindenberg se separou do distrito de Novo Brasil, e ambos permaneceram como parte de Colatina até a emancipação em 1998.[7]

Após aprovação por plebiscito em 29 de junho de 1997,[7] em 11 de maio de 1998 a emancipação conjunta de ambos distritos foi sancionada, dando origem ao município de Governador Lindenberg.[8]

Cultura

Esportes[editar | editar código-fonte]

Dentro do município há diversos clubes de futebol de campo, como o Atlético Esporte Clube, fundado em 1969,[9] e o Nacional Futebol Clube, fundado em 1967.[10]

Referências

  1. «Candidatos a vereador Governador Lindenberg-ES». Estadão. Consultado em 27 de junho de 2021 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 31 de agosto de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
  6. «História da Cidade - PMGL | Prefeitura Municipal de Governador Lindenberg». governadorlindenberg.es.gov.br. Consultado em 18 de dezembro de 2021 
  7. a b c d e f g h i «História da Cidade - PMGL | Prefeitura Municipal de Governador Lindenberg». governadorlindenberg.es.gov.br. Consultado em 18 de dezembro de 2021 
  8. www3.al.es.gov.br http://www3.al.es.gov.br/Arquivo/Documents/legislacao/html/LEI56381998.html. Consultado em 18 de dezembro de 2021  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  9. Capixaba, Historiador (26 de novembro de 2017). «Memória Futebol Capixaba: Atlético Esporte Clube Governador Lindenberg». Memória Futebol Capixaba. Consultado em 18 de dezembro de 2021 
  10. Capixaba, Historiador (22 de setembro de 2017). «Memória Futebol Capixaba: Nacional Futebol Clube de Governador Lindenberg». Memória Futebol Capixaba. Consultado em 18 de dezembro de 2021