Governo Campos Salles

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Campos Sales.jpg

O Governo Campos Salles (1898-1902), é parte do período da história política brasileira que se inicia com a posse de Manuel Ferraz Campos Salles em 15 de novembro de 1898, e termina no dia 15 de novembro de 1902. Campos Salles marca o início da República do Café-com-Leite[1] e a Política dos Governadores no Brasil.[2]

Campos Salles ficou conhecido por ter consolidado a oligarquia cafeeira e seus principais interesses, além de ter iniciado grandes reformas econômicas austeras no Brasil,[3] já que a situação financeira e social do país era muito caótica, principalmente por causa das políticas econômicas adotadas pelos presidentes anteriores, em especial pela Crise do Encilhamento, do Governo Deodoro da Fonseca.[4][5]

Durante o seu mandato, foi registrado um crescimento de 12,4% do PIB (média de 3,1%).[6]


Eleição Presidencial no Brasil de 1898[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Política do café-com-leite: Acordo marcou a República Velha». educacao.uol.com.br. Consultado em 8 de março de 2019 
  2. «Governo Campos Sales (1898 - 1902)». Mundo Educação. Consultado em 8 de março de 2019 
  3. «Governo Campos Sales (1898 - 1902)». Mundo Educação. Consultado em 8 de março de 2019 
  4. «Encilhamento - resumo, consequências, significado». www.historiadobrasil.net. Consultado em 8 de março de 2019 
  5. «Encilhamento: Política econômica tentou impulsionar a industrialização». educacao.uol.com.br. Consultado em 8 de março de 2019 
  6. Globo, Acervo-Jornal O. «PIB dos presidentes do Brasil». Acervo. Consultado em 8 de março de 2019