Grã Canária

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Grã-Canária
Bandeira da ilha de GrãCanária.
Mapa de Canarias.png
Altitude: 1949 m (Pico de las Nieves)
Latitude: 28.00° N (28° 00' N)
Longitude: 15.56° W (15° 35' W)
Localização: Centro do arquipélago das Ilhas Canárias.
Superfície: 1560 km²
Tipo: Grande estratovulcão complexo.

Gran Canária (também Grã-Canária ou Grande-Canária) é uma das principais ilhas do arquipélago das Canárias, com uma superfície de 1.560 km² e uma população de 802.247 habitantes (ISTAC, 2005). A ilha é de origem vulcânica, construída em torno de um estratovulcão complexo, atingindo a sua máxima altitude (1.949 m) no Pico de Las Nieves. Gran Canaria é a terceira maior ilha do arquipélago em extensão e altitude. De forma quase circular, a ilha tem cerca de 500 km de costas. Aquando da conquista castelhana (1496), a ilha era habitada por um dos povos guanches, que a denominavam de Tamaran. A capital da ilha (sede do cabildo) é a cidade de Las Palmas de Gran Canaria (378.628 habitantes em 2005), que também é capital de província e co-capital das Canárias (em conjunto com Santa Cruz de Tenerife). É a segunda ilha mais povoada das Ilhas Canárias (após Tenerife) e a terceira maior do arquipélago (depois de Tenerife e Fuerteventura).

A ilha é servida pelo Aeroporto de Gran Canária.

Grã-Canária
Grã-Canária 3D

Natureza[editar | editar código-fonte]

Originalmente, Gran Canaria foi uma das Ilhas Canárias com massa florestal em geral. Mas após a conquista das Ilhas Canárias, a ilha sofreu um sério processo de desmatamento,[1] como resultado de registro contínuo, loteamentos e outros usos intensivos. Isso fez com que a cobertura florestal foi reduzida para apenas 56.000 hectares,[2] tornando a ilha no arquipélago desmatada pela ação humana.[3] No entanto, no século XX cume reflorestamento século da ilha que começou a ser realizado, recuperando um pouco da massa florestal perdida. A maior parte da cúpula da ilha é coberta por florestas.[4]

Divisão Administrativa[editar | editar código-fonte]

A ilha de Grã-Canária está dividida em 21 municipalidades, tendo como centro administrativo principal a cidade de Las Palmas, que, para além de ser sede do cabildo da ilha (órgão de governo intermédio a nível de ilha), é, em conjunto com Santa Cruz de Tenerife, co-capital das Canárias, tendo aí sediados diversos departamentos governamentais. São as seguintes as municipalidades de Grã-Canária:

Celebrações[editar | editar código-fonte]

O Carnaval de Las Palmas de Gran Canaria é um dos mais importantes nas Ilhas Canárias. Outra festa importante é a festa da Virgen del Pino, Padroeira de Grã Canária, em 8 de setembro, em Teror.[5] As romarias são realizadas em outras aldeias da ilha, como a romarias de Nossa Senhora das Neves (Agaete), Las Marías (Santa María de Guía de Gran Canaria) e Santo António de Pádua (Moya), etc.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Gran Canária
Ícone de esboço Este artigo sobre geografia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.