Grañén

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Espanha Grañén
Grañén
 
—  Município  —
Bandeira de Grañén
Bandeira
Brasão de armas de Grañén
Brasão de armas
Comunidade autónoma Aragão
Província Huesca
Área
 - Total 124 km²
Altitude 332 m (1 089 pés)
População (2007)
 - Total 1 992
    • Densidade 16,06/km2 
Gentílico: grañenense
Fuso horário CET (UTC+1)
 - Horário de verão CEST (UTC+2)
Código postal 22260

Grañén é um município da Espanha na província de Huesca, comunidade autónoma de Aragão, de área 124 km² com população de 1992 habitantes (2007) e densidade populacional de 16,13 hab/km².[1] Sito numa pequena elevação sobre a planície dos Monegros, partilha capitalidade com Sariñena na subcomarca do Flumen.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Variação demográfica do município entre 1991 e 2004
1991 1996 2001 2004
2162 2062 1994 1999

História[editar | editar código-fonte]

De origem romana (o seu nome recorda um terratenente que se chamava Granius), nos primórdios do século XII, pouco depois de se produzir a Reconquista neste lugar, designa-se lugar de realengo. Sancho Iñíguez (conhecido por vezes como Sancio Eneconnes), o seu primeiro Senhor, nomea-se nos documentos da colecção diplomática de Pedro I, estudados e publicados pelo professor Antonio Ubieto. Em 1.198, o Rei Pedro II de Aragão cediu ao bispo Ricardo de Huesca o direito de patronato sobre a igreja de Grañén, e em 1.258 Jaime I entregou a Blasco de Maza os castelos e Vilas de Grañén e Robres. No século XVI a vila passa a mãos dos poderosos Duques de Villahermosa. Em 1785 consegue a categoria de Vila e em 1846 é designado Município Independente. Desde há 30 anos considerou-se uma grande promoção para investir em novos sítios de lazer como bares e restaurantes como na rua Ramón y Cajal.

Espanha | Aragão | Huesca

Lista de municípios de Huesca
Ícone de esboço Este artigo sobre Municípios da Espanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências