Gracinda Freire

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Junho de 2012).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Gracinda Freire
Nascimento 31 de julho de 1925
Natal, RN
Morte 11 de julho de 1995 (69 anos)
Rio de Janeiro, RJ
IMDb: (inglês)

Gracinda Freire (Natal, 31 de julho de 1925Rio de Janeiro, 11 de julho de 1995) foi uma atriz brasileira.

Começou no teatro em 1951, no espetáculo A Primadona e, a partir daí, sempre foi presença constante nos palcos brasileiros. Participou de montagens importantes como Deus Lhe Pague, de Joracy Camargo, com Procópio Ferreira, e do musical Viva o Cordão Encantado.

A estreia no cinema aconteceu em 1962, nos filmes Assalto ao Trem Pagador, dirigida por Roberto Farias, e Três Cabras de Lampião, de Aurélio Teixeira, com quem foi casada.

Em 1969 foi para a televisão, e atuou em duas telenovelas seguidas na TV Globo, Rosa Rebelde e Véu de Noiva.

Morreu em consequência de um derrame cerebral.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Na televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1982 Sétimo Sentido
1980 Chega Mais Valda
1979 Feijão Maravilha Antonieta
1978 Dancin' Days Alzira
1977 Sem Lenço, Sem Documento Dirce
1976 O Feijão e o Sonho Mariana
1975 Senhora Donana
1973 O Semideus Joventina
1971 Bandeira 2 Miloca
1970 Assim na Terra Como no Céu
1969 Véu de Noiva
Rosa Rebelde Rafaela

No cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1959 Um Homem Fora do seu Meio
1962 O Assalto ao Trem Pagador Esposa de Miguel
Três Cabras de Lampião
1963 Gimba, Presidente dos Valentes Guiô[1]
1964 Procura-se uma Rosa
1967 Mineirinho Vivo ou Morto [2] Isabela
1970 Pedro Diabo Ama Rosa Meia-Noite [3]
1971 Pra Quem Fica, Tchau Tia Lourdes
Faustão Benvinda
Rua Descalça
1972 Cassy Jones, o Magnífico Sedutor Criada
1973 Aladim e a Lâmpada Maravilhosa Helena
1974 Um Homem Célebre
O Filho do Chefão Heloísa
1975 Ana, a Libertina Prostituta
Ipanema, Adeus
Com um Grilo na Cama
Os Maníacos Eróticos Mulher do Gerente
1977 A Árvore dos Sexos Dona Auxiliadora
1978 A Noiva da Cidade Firmina
Chuvas de Verão Judith
Nos Embalos de Ipanema Dona Flora
1979 Amor e Traição
Inquietações de uma Mulher Casada Dona Miriam
Terror e Êxtase Adelina
1980 Bububu no Bobobó
1982 Dora Doralina
Os Vagabundos Trapalhões
1983 Estranhas Relações Inês

Principais prêmios[editar | editar código-fonte]

Em 1979 recebeu o Troféu APCA na categoria de melhor atriz coadjuvante por Chuvas de Verão, e de melhor atriz de televisão por Dancin' Days.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.