Gracinda Freire

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Gracinda Freire
Nascimento 31 de julho de 1925
Natal, RN
Nacionalidade brasileira
Morte 11 de julho de 1995 (69 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Ocupação Atriz

Gracinda Freire (Natal, 31 de julho de 1925Rio de Janeiro, 11 de julho de 1995) foi uma atriz brasileira.

Começou no teatro em 1951, no espetáculo A Primadona e, a partir daí, sempre foi presença constante nos palcos brasileiros. Participou de montagens importantes como Deus Lhe Pague, de Joracy Camargo, com Procópio Ferreira, e do musical Viva o Cordão Encantado.

A estreia no cinema aconteceu em 1962, nos filmes Assalto ao Trem Pagador, dirigida por Roberto Farias, e Três Cabras de Lampião, de Aurélio Teixeira, com quem foi casada.

Em 1969 foi para a televisão, e atuou em duas telenovelas seguidas na TV Globo, Rosa Rebelde e Véu de Noiva.

Morreu em consequência de um derrame cerebral.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Na televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1982 Sétimo Sentido
1980 Chega Mais Valda
1979 Feijão Maravilha Antonieta
1978 Dancin' Days Alzira
1977 Sem Lenço, Sem Documento Dirce
1976 O Feijão e o Sonho Mariana
1975 Senhora Donana
1973 O Semideus Joventina
1971 Bandeira 2 Miloca
Minha Doce Namorada Dona da pensão [1]
1970 Assim na Terra Como no Céu Dona Didi
1969 Véu de Noiva
Rosa Rebelde Rafaela

No cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1959 Um Homem Fora do seu Meio
1962 O Assalto ao Trem Pagador Esposa de Miguel
Três Cabras de Lampião
1963 Gimba, Presidente dos Valentes Guiô[2]
1964 Procura-se uma Rosa
1967 Mineirinho Vivo ou Morto [3] Isabela
1970 Pedro Diabo Ama Rosa Meia-Noite [4]
1971 Pra Quem Fica, Tchau Tia Lourdes
Faustão Benvinda
Rua Descalça
1972 Cassy Jones, o Magnífico Sedutor Criada
1973 Aladim e a Lâmpada Maravilhosa Helena
1974 Um Homem Célebre
O Filho do Chefão Heloísa
1975 Ana, a Libertina Prostituta
Ipanema, Adeus
Com um Grilo na Cama
Os Maníacos Eróticos Mulher do Gerente
1977 A Árvore dos Sexos Dona Auxiliadora
1978 A Noiva da Cidade Firmina
Chuvas de Verão Judith
Nos Embalos de Ipanema Dona Flora
1979 Amor e Traição
Inquietações de uma Mulher Casada Dona Miriam
Terror e Êxtase Adelina
1980 Bububu no Bobobó
1982 Dora Doralina
Os Vagabundos Trapalhões
1983 Estranhas Relações Inês

Principais prêmios[editar | editar código-fonte]

Em 1979 recebeu o Troféu APCA na categoria de melhor atriz coadjuvante por Chuvas de Verão, e de melhor atriz de televisão por Dancin' Days.

Referências

  1. «Minha Doce Namorada». teledramaturgia.com. Consultado em 8 de fevereiro de 2021 
  2. «Gimba». Cinemateca Brasileira. Consultado em 2 de março de 2017 
  3. «Mineirinho, Vivo ou Morto». Cinemateca Brasileira 
  4. «Pedro Diabo Ama Rosa Meia-Noite». Cinemateca Brasileira 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.