Gracinda Nave

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gracinda Nave
Nome completo Gracinda Maria de Almeida Nave Pereira
Nascimento 15 de maio de 1969 (48 anos)
Guimarães,  Portugal
Nacionalidade  Portugal
Ocupação Atriz
IMDb: (inglês)

Gracinda Nave (nome completo: Gracinda Maria de Almeida Nave Pereira), (Guimarães, 15 de Maio de 1969), é uma actriz portuguesa.

Iniciou-se no Teatro dos Estudantes da Universidade de Coimbra (TEUC), cursando Formação de Actores no Instituto de Ficção, Investigação e Criação Teatral (IFICT) e Instituto Franco Português.

Profissionaliza-se em 1990, trabalhando no teatro com encenadores como Rogério de Carvalho, Aldona Skiba Lickel, Luís Miguel Cintra, António Augusto Barros, Hélder Costa, Maria do Céu Guerra, Manuel Wiborg, Jorge Silva Melo ou Solveig Nordlund. Interpretou peças de Harold Pinter, Bertolt Brecht, Goethe, Arne Sierens, entre outros.

Participou, no cinema, em mais de dez películas, entre eles A Comédia de Deus (1995) e Le Bassin de J. W. (1997), de João César Monteiro; António, Um Rapaz de Lisboa (1999), de Jorge Silva Melo; Quando Troveja (1999), de Manuel Mozos; A Filha (2003), de Solveig Nordlund; Ferida (2003), de Margarida Leitão; A Casa Esquecida (2004), de Teresa Garcia; A Cara Que Mereces (2004), de Miguel Gomes; Vanitas (2005), de Paulo Rocha.

Actriz pontual em televisão (2006 - Tempo de Viver, 2003 - Queridas Feras, 2002 - Amanhecer), salienta a sua participação no telefilme Rádio Relâmpago, de José Nascimento (2003).

Recentemente a actriz integrou o elenco de Morangos Com Açúcar - Série 5.

Televisão[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]