Gralha-cancã

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaGralha-cancã
Cyanocorax cyanopogon -Natal, Rio Grande do Norte, Brazil-8.jpg
Estado de conservação
Espécie pouco preocupante
Pouco preocupante (IUCN 3.1)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Passeriformes
Família: Corvidae
Género: Cyanocorax
Espécie: C. cyanopogon
Nome binomial
Cyanocorax cyanopogon
(Wied, 1821)

A gralha-cancã, cancão ou "quem quem"(Cyanocorax cyanopogon) é uma ave da família Corvidae, endémica do Brasil.

A gralha-cancã vive na caatinga, cerrado denso e em matas de galeria mais abertas. É uma ave típica das zonas semi-áridas do Nordeste do Brasil, porém, por conta do desmatamento, tem-se expandido no Sudeste do país: já encontra-se instalada no Espírito Santo e tem sido avistada no estado do Rio de Janeiro e em São Paulo também.

A gralha-cancã é onívora, comendo tudo desde insetos a ração de galinha, se acessível, aos frutos suculentos do cacto mandacaru.

A gralha-cancã constrói seus ninhos em árvores altas, com o formato de uma tigela larga, atapetada com folhas secas. Põe cerca de 3 ovos, que choca durante 2 semanas e meia. Como todos os corvídeos, é uma ave inteligente, com estratégias de alimentação diversificadas. É hábil no voo acrobático. O cancão é muito curioso e barulhento. Descobre qualquer coisa estranha na mata e avisa a todos. É considerado a voz da caatinga.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre aves passeriformes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.