Grammy Award de melhor álbum vocal de pop tradicional

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Grammy Award de melhor álbum vocal de pop tradicional
Descrição Prêmio atribuído pela qualidade vocal á álbuns do gênero Pop tradicional.
País  Estados Unidos
Primeira cerimónia 1992
Última cerimónia 2017
Detentor National Academy of Recording Arts and Sciences
Sítio oficial

O Grammy Award de melhor álbum vocal de pop tradicional é uma categoria apresentada no Grammy Awards, uma cerimônia criada em 1958 e originalmente denominada de Gramophone Awards,[1] que presenteia artistas pela qualidade de álbuns de música pop. As várias categorias são apresentadas anualmente pela National Academy of Recording Arts and Sciences dos Estados Unidos em "honra da realização artística, proficiência técnica e excelência global na indústria da gravação, sem levar em conta as vendas de álbuns ou posições nas paradas musicais."[2]

A categoria foi entregue pela primeira vez em 1992, apesar de já ter sofrido mudança de nome por duas vezes na história da premiação. Em 1992, no ano de sua estreia, o prêmio foi conhecido como Best Traditional Pop Performance, de 1993 a 2000 passou a chamar-se Best Traditional Pop Vocal Performance e desde 2001 é apresentado com o presente nome. O prêmio é concedido a "álbuns cujo conteúdo consiste em pelo menos 51% de gravações inéditas com vocais" com "composição, estilo vocal e arranjo instrumental" do ramo musical conhecido como Great American Songbook.[3]

Vencedores[editar | editar código-fonte]

Tony Bennett venceu doze vezes o prêmio.
Natalie Cole venceu duas vezes o prêmio.
Harry Connick, Jr. venceu a categoria em 2002.
k.d. lang, vencedor da categoria em 2004.
Rod Stewart foi indicado três vezes e venceu em 2005.
Michael Bublé venceu quatro vezes a categoria.
Lady Gaga, vencedora da categoria em 2015.
Bill Charlap, vencedor em 2016.
Willie Nelson, vencedor da categoria em 2017.
Ano Artista Nacionalidade Obra Indicados Referência
1992 Natalie Cole  Estados Unidos Unforgettable [4]
1993 Tony Bennett  Estados Unidos Perfectly Frank [5]
1994 Tony Bennett  Estados Unidos Steppin' Out [6]
1995 Tony Bennett  Estados Unidos MTV Unplugged: Tony Bennett [7]
1996 Frank Sinatra  Estados Unidos Duets II [8]
1997 Tony Bennett  Estados Unidos Here's to the Ladies [9]
1998 Tony Bennett  Estados Unidos Tony Bennett on Holiday [10]
1999 Patti Page  Estados Unidos Live at Carnegie Hall: The 50th Anniversary Concert [11]
2000 Tony Bennett  Estados Unidos Bennett Sings Ellington: Hot & Cool [12]
2001 Joni Mitchell  Canadá Both Sides Now [13]
2002 Harry Connick, Jr.  Estados Unidos Songs I Heard [14]
2003 Tony Bennett  Estados Unidos Playin' with My Friends: Bennett Sings the Blues [15]
2004 Tony Bennett e k.d. lang  Estados Unidos  Canadá A Wonderful World [16]
2005 Rod Stewart  Reino Unido Stardust: The Great American Songbook, Volume III [17]
2006 Tony Bennett  Estados Unidos The Art of Romance [18]
2007 Tony Bennett  Estados Unidos Duets: An American Classic [19]
2008 Michael Bublé  Canadá Call Me Irresponsible [20]
2009 Natalie Cole  Estados Unidos Still Unforgettable [21]
2010 Michael Bublé  Canadá Michael Bublé Meets Madison Square Garden [22]
2011 Michael Bublé  Canadá Crazy Love [23]
2012 Tony Bennett  Estados Unidos Duets II
2013 Paul McCartney  Reino Unido Kisses on the Bottom
2014 Michael Bublé  Canadá To Be Loved [24]
2015 Tony Bennett e Lady Gaga  Estados Unidos Cheek to Cheek [25]
2016 Tony Bennett e Bill Charlap  Estados Unidos The Silver Lining: The Songs of Jerome Kern
2017 Willie Nelson  Estados Unidos Summertime: Willie Nelson Sings Gershwin

Referências

  1. «Grammy Awards at a Glance». Los Angeles Times (em inglês). Tribune Company. Consultado em 4 de fevereiro 2011 
  2. «Overview» (em inglês). National Academy of Recording Arts and Sciences. Consultado em 16 de março de 2011 
  3. «52nd OEP Category Description Guide» (PDF) (em inglês). National Academy of Recording Arts and Sciences. p. 1. Consultado em 4 de fevereiro 2011. Arquivado do original (PDF) em 27 de outubro de 2009 
  4. «R.E.M., Cole, Raitt top list of Grammy nominees». Herald-Journal. 6 de janeiro de 1992 
  5. «Grammy nominees». The Baltimore Sun. 8 de janeiro de 1993 
  6. Campbell, Mary (7 de janeiro de 1994). «Sting, Joel top Grammy nominations». Star-News 
  7. «The 37th Grammy Nominations». Los Angeles Times. 6 de janeiro de 1995 
  8. «List of Grammy nominees». CNN. 4 de janeiro de 1996 
  9. «Babyface, Celine Dion Dominate Grammy Nominations». E!. 7 de janeiro de 1997 
  10. «40th GRAMMY Awards». Rock on the Net. 1998 
  11. «Academy's Complete List of Nominees». Los Angeles Times. 6 de janeiro de 1999 
  12. «42nd Annual Grammy Awards – 2000». Rock on the Net 
  13. «43rd Annual Grammy Awards – 2000». Rock on the Net 
  14. «Complete List of Grammy Nominees». CBS News. 4 de janeiro de 2002 
  15. «Grammy Nominations: Complete List». Fox News Channel. Consultado em 10 de novembro de 2015. Arquivado do original em 22 de outubro de 2012 
  16. «Grammy Awards Winners». The New York Times. 2004 
  17. «Grammy Award nominees in top categories». USA Today. 7 de dezembro de 2004 
  18. «Complete list of Grammy Award nominations». USA Today. 8 de dezembro de 2005 
  19. «49th Annual Grammy Awards Winners List». National Academy of Recording Arts and Sciences. 5 de março de 2007 
  20. «2008 Grammy Winners List». CBS News. 6 de dezembro de 2007 
  21. «Rufus' Grammy?». BBC News. 6 de fevereiro de 2009 
  22. «Nominees for 2010 Grammy Awards Announced -- Full List». Spinner.com. 12 de dezembro de 2009 
  23. «53rd Annual Grammy Awards nominees list». Los Angeles Times 
  24. «53rd Annual Grammy Awards nominees list» (PDF). Grammy.org 
  25. «57th Grammy nominees». Los Angeles Times. 8 de fevereiro de 2015