Grammy Awards de 1999

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Grammy Awards de 1999
Data 24 de fevereiro de 1999 (1999-02-24)
Apresentação Rosie O'Donnell
Local Staples Center, Los Angeles
País  Estados Unidos
Maior número de prémios Lauryn Hill (5)
Maior número de nomeações Lauryn Hill (10)
Cobertura televisiva
Estação CBS
1998
2000
Sítio oficial

A 41.ª cerimônia anual do Grammy Awards foi realizada em 24 de fevereiro de 1999, no Staples Center, em Los Angeles. Apresentada por Rosie O'Donnell e televisionada pela CBS, o evento contemplou trabalho de melhores gravações, composições e artistas do ano dentro do período de 1998. A rapper norte-americana Lauryn Hill venceu cinco estatuetas, incluindo as categorias de Album do Ano e Artista Revelação.[1][2] O seu álbum, The Miseducation of Lauryn Hill, foi o primeiro do gênero hip hop a vencer a categoria.[3][4]

O evento ficou conhecido como "Grammy das Mulheres", pois a categoria de Álbum do Ano contava apenas com artistas femininas.[5] Madonna venceu quatro prêmios e abriu a premiação com "Nothing Really Matters", enquanto Dixie Chicks, Vince Gill, Alanis Morissette e Shania Twain venceram dois. Celine Dion recebeu, também, dois prêmios por "My Heart Will Go On", a qual recebeu um total de quatro estatuetas.[6]

Indicados e vencedores[editar | editar código-fonte]

Geral[editar | editar código-fonte]

Pop[editar | editar código-fonte]

Melhor Performance Instrumental Pop

Dance[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «That thing: Lauryn Hill sets Grammy record». CNN. 24 de fevereiro de 1999. Consultado em 7 de setembro de 2019. Cópia arquivada em 16 de junho de 2019 
  2. «Lauryn Hill faz a festa no Grammy». Folha de Londrina. 25 de fevereiro de 1999. Consultado em 7 de setembro de 2019 
  3. Haack, Brian (15 de março de 2018). «For The Record: 'The Miseducation of Lauryn Hill». Grammy Awards. Consultado em 7 de setembro de 2019 
  4. Strauss, Neil (25 de fevereiro de 1999). «5 Grammys to Lauryn Hill; 3 to Madonna». New York Times. Consultado em 7 de setembro de 2019 
  5. Brucculieri, Julia (8 de fevereiro de 2019). «The 1999 Grammy Awards: A Flashback To Wonderfully '90s Fashions». HuffPost. Consultado em 7 de setembro de 2019 
  6. Yahr, Emily (24 de novembro de 2017). «Let's talk about how 'My Heart Will Go On' is iconic. (Even if you hate it.)». The Washington Post. Consultado em 7 de setembro de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre um evento é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.