Grammy Awards de 2020

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Grammy Awards de 2020
Data 26 de janeiro de 2020 (2020-01-26)
Apresentação Alicia Keys
Local Staples Center, Los Angeles
País  Estados Unidos
Maior número de prémios Billie Eilish e Finneas (5)
Maior número de nomeações Lizzo (8)
Cobertura televisiva
Estação Estados Unidos CBS
Brasil TNT
Duração 2:38:36
Audiência 18.7 milhões
2019
Sítio oficial

A 62.ª cerimônia anual do Grammy Awards foi realizada em 26 de janeiro de 2020, no Staples Center, em Los Angeles.[1][2][3] Ele reconheceu as melhores gravações, composições e artistas do ano de elegibilidade, de 1 de outubro de 2018 a 31 de agosto de 2019.[4][5] Lizzo recebeu o maior número de nomeações, com um total de oito, seguida de Billie Eilish e Lil Nas X, com seis cada. Eilish e seu irmão, o produtor musical Finneas O'Connell, foram os maiores premiados da noite, com cinco vitórias cada. Além disso, Eilish tornou-se a primeira artista a vencer concomitantemente as quatro categorias principais, Gravação do Ano, Álbum do Ano, Canção do Ano e Artista Revelação, desde Christopher Cross no Grammy Awards de 1981.[6]

Depois de muitos anos sendo tradicionalmente realizada em fevereiro (exceto durante os anos das Olimpíadas de Inverno), a 62.ª cerimônia do Grammy foi antecipada para janeiro, após a decisão do Oscar de mudar sua cerimônia de 2020 para o segundo domingo de fevereiro.[7] Esta será a primeira edição do Grammy Awards que a nova presidente da Academia de Gravação, Deborah Dugan, presidirá.[8]

A cerimônia foi apresentada pela cantora Alicia Keys.[9] Neste ano, a banda Aerosmith foi celebrada com o Pessoa do Ano MusiCares numa cerimônia que precede o evento.[10] Ocorrido no Staples Center no mesmo dia da morte do jogador de basquete Kobe Bryant, que jogava para o Los Angeles Lakers, o evento exibiu diversas homenagens, incluindo a apresentação de "It's So Hard to Say Goodbye to Yesterday" pela apresentadora Alicia Keys e Boyz II Men, além das inserções de Lil Nas X, Lizzo e DJ Khaled.[11][12][13]

Performances[editar | editar código-fonte]

Artista(s)[14] Canção(es) Apresentado por
Pré-show
Chick Corea e the Spanish Heart Band House Band Imogen Heap
Angélique Kidjo "Afrika" Imogen Heap
Nicola Benedetti Instrumental Imogen Heap
Yola "Faraway Look" Imogen Heap
Premiação
Lizzo "Cuz I Love You"
"Truth Hurts"
Alicia Keys
Boyz II Men
Tributo a Kobe Bryant
"It's So Hard to Say Goodbye to Yesterday"
Blake Shelton
Gwen Stefani
"Nobody but You" Alicia Keys
Alicia Keys Homenagem a artistas nomeados
ao som de "Someone You Loved" de Lewis Capaldi
Jonas Brothers "Five More Minutes"
"What a Man Gotta Do"
Billy Porter
Tyler, The Creator
Boyz II Men
Charlie Wilson
"Earfquake"
"New Magic Wand"
Trevor Noah
Usher
FKA Twigs
Sheila E.
Tributo a Prince
"Little Red Corvette"
"When Doves Cry"
"Kiss"
Alicia Keys
Camila Cabello "First Man" Jim Gaffigan
Tanya Tucker
Brandi Carlile
"Bring My Flowers Now"
Ariana Grande "Imagine"
"My Favorite Things"
"7 Rings"
"Thank U, Next"
Ben Platt
Billie Eilish
Finneas O'Connell
"When the Party's Over" Alicia Keys
Aerosmith
Run-DMC
"Livin' on the Edge"
"Walk This Way"
Common
Lil Nas X
Billy Ray Cyrus
BTS
Diplo
Mason Ramsey
Nas
"Old Town Road"
"Rodeo"
Ellen DeGeneres
Demi Lovato "Anyone" Greta Gerwig
DJ Khaled
Kirk Franklin
John Legend
Meek Mill
Roddy Ricch
YG
Tributo a Nipsey Hussle
"Higher"
Ava DuVernay
Rosalía "Juro Qué"
"Malamente"
Alicia Keys
Alicia Keys
Brittany Howard
"Underdog"
H.E.R. "Sometimes" Sharon Osbourne
Ozzy Osbourne
Bonnie Raitt Tributo a John Prine
"Angel from Montgomery"
Gary Clark Jr.
The Roots
"This Land" Bonnie Raitt
Trombone Shorty
Orleans Avenue
Preservation Hall Jazz Band
Tributo a Dr. John
Ben Platt
Cyndi Lauper
John Legend
Joshua David Bell
Debbie Allen
Misty Copeland
Camila Cabello
Gary Clark Jr.
Lang Lang
The War and Treaty
Lee Curreri
Common
Tributo à educação musical e Kenneth Ehrlich
"I Sing the Body Electric"
John Legend

Vencedores e indicados[editar | editar código-fonte]

Geral[editar | editar código-fonte]

Álbum do Ano
(apresentado por LL Cool J)

Pop[editar | editar código-fonte]

Dance/Eletrônica[editar | editar código-fonte]

Música Instrumental Contemporânea[editar | editar código-fonte]

Rock[editar | editar código-fonte]

Rap[editar | editar código-fonte]

Country[editar | editar código-fonte]

Melhor Performance Solo de Country
Melhor Performance Country de Dupla/Grupo
(apresentado por Bebe Rexha e Shania Twain)
Melhor Canção de Country
Melhor Álbum de Country

Mídia Visual[editar | editar código-fonte]

Melhor Compilação de Mídia Visual

Referências

  1. Staff, Variety; Staff, Variety (23 de outubro de 2018). «Grammy Awards Dates for 2020 and 2021 Announced». Variety (em inglês). Consultado em 20 de setembro de 2019 
  2. Sabbaga, Julia (23 de outubro de 2018). «Grammy | Datas das premiações de 2020 e 2021 são anunciadas». Omelete. Consultado em 20 de setembro de 2019 
  3. «Grammy 2020 divulga seu cronograma com datas de submissões, anúncio de indicados e premiação». POPline. 25 de junho de 2019. Consultado em 20 de setembro de 2019 
  4. Petski, Denise; Petski, Denise (23 de outubro de 2018). «Grammy Awards Sets Dates For 2020 & 2021». Deadline (em inglês). Consultado em 20 de setembro de 2019 
  5. «Grammy Eligibility Year to Close One Month Early». Billboard. Consultado em 20 de setembro de 2019 
  6. «Billie Eilish makes history, sweeping all four major categories at 2020 Grammys». Los Angeles Times. 27 de janeiro de 2020. Consultado em 27 de janeiro de 2020 
  7. «UPDATE Grammy Awards Furious Oscars Ambushed Them on Traditional Date: "It was a very disrespectful move on their part"». Showbiz411 (em inglês). 8 de agosto de 2018. Consultado em 20 de setembro de 2019 
  8. Aswad, Jem; Aswad, Jem (13 de abril de 2019). «Deborah Dugan to Succeed Neil Portnow as Recording Academy Chief». Variety (em inglês). Consultado em 20 de setembro de 2019 
  9. «15-Time Grammy(R) Award Winner Alicia Keys Returns as Host of "The 62nd Annual Grammy Awards(R)"». The Futon Critic. 14 de novembro de 2019 
  10. Aswad, Jem; Aswad, Jem (13 de abril de 2019). «Deborah Dugan to Succeed Neil Portnow as Recording Academy Chief». Consultado em 12 de junho de 2019 
  11. Whitten, Sarah (27 de janeiro de 2020). «'Heartbroken in the house that Kobe Bryant built': Lakers legend remembered at Grammys». CNBC (em inglês). Consultado em 27 de janeiro de 2020 
  12. Vanderhoof, Erin. «Grammys 2020: Lil Nas X, DJ Khaled, the Jonas Brothers, and More Pay Tribute to Kobe Bryant». Vanity Fair (em inglês). Consultado em 27 de janeiro de 2020 
  13. «Grammys 2020: Billie Eilish's triumph overshadowed but well-deserved». Guardian. 27 de janeiro de 2020. Consultado em 27 de janeiro de 2020 
  14. «2020 GRAMMY Performers & Host». GRAMMY.com (em inglês). 6 de janeiro de 2020. Consultado em 22 de janeiro de 2020