Granada Cup

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Granada Cup 2015)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Granada Cup
Granada Cup
Dados
Participantes 6
Local de disputa  Distrito Federal (BR)
Período 1725 de janeiro
Partidas 5
Média 0 gol(o)s por partida
Campeão Brasil Goiás (1º título)
Vice-campeão Brasil Gama
3º colocado Ucrânia Shakhtar Donetsk
4º colocado Lituânia Žalgiris Vilnius
Melhor ataque (fase inicial) 3 gols:
Melhor defesa (fase inicial) 0 gols:

A Granada Cup foi um torneio amistoso de futebol disputado por 4 equipes brasileiras (Cruzeiro, Flamengo, Gama e Goiás), uma equipe ucraniana (Shakhtar Donetsk) e uma equipe lituana (Žalgiris). Os jogos ocorreram em Brasília, nos estádios Mané Garrincha e Bezerrão.[1] O Goiás se sagrou campeão invicto do torneio ganhando do Gama pelo critério de cartões.

Regulamento[editar | editar código-fonte]

A competição é disputada por quatro clubes (Gama, Goiás, Shakhtar Donetsk e Zalgiris), que concorrem ao título, e mais dois curingas (Flamengo e Cruzeiro). Cada uma das equipes, que concorrem ao troféu, realiza dois jogos. Aquela que somar mais pontos fica com o título do torneio. Os curingas servem apenas para tirar pontos do adversário, no caso o Shakhtar Donetsk.[2]

As equipes são divididas em 2 grupos de 3 times cada. No grupo A (Gama, Goiás e Zalgiris) e no grupo B (Shakhtar Donetsk, Flamengo e Cruzeiro). O Time que somar mais pontos no total ganha o título da Granada Cup.

Tabela dos clubes[editar | editar código-fonte]

Grupo A[editar | editar código-fonte]

Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 Brasil Goiás 4 2 1 1 0 3 1 2
2 Brasil Gama 4 2 1 1 0 3 1 2
3 Lituânia Žalgiris Vilnius 0 2 0 0 2 0 4 -4

Grupo B[editar | editar código-fonte]

Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 Ucrânia Shakhtar Donetsk 2 2 0 2 0 1 1 0
2 Brasil Cruzeiro1 1 1 0 1 0 1 1 0
3 Brasil Flamengo1 1 1 0 1 0 0 0 0

Jogos[3][editar | editar código-fonte]

Primeira rodada[editar | editar código-fonte]

17 de janeiro Gama Brasil 2 – 0 Lituânia Žalgiris Vilnius Bezerrão
17h00
Formiga Gol marcado aos 70 minutos de jogo 70'
Hugo Gol marcado aos 83 minutos de jogo 83'
Esporte Interativo Nordeste
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Gama
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Zalgiris

Segunda rodada[editar | editar código-fonte]

18 de janeiro Flamengo Brasil 0 – 0 Ucrânia Shakhtar Donetsk Mané Garrincha
17h00
Esporte Interativo Público: 26,011
Renda: R$ 1.936.960,00
Árbitro: Distrito Federal (Brasil) Rodrigo Raposo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Flamengo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Shakhtar

Terceira rodada[editar | editar código-fonte]

20 de janeiro Goiás Brasil 2 – 0 Lituânia Žalgiris Vilnius Bezerrão
20h00
Paulo Gol marcado aos 12 minutos de jogo 12'
Bruno Henrique Gol marcado aos 24 minutos de jogo 24'
Esporte Interativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Goiás
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Zalgiris

Quarta rodada[editar | editar código-fonte]

22 de janeiro Gama Brasil 1 – 1 Brasil Goiás Bezerrão
20h00
Daniel Gol marcado aos 12 minutos de jogo 12' Esporte Interativo Nordeste Gol marcado aos 35 minutos de jogo 35' Erik
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Gama
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Goiás

Quinta rodada[editar | editar código-fonte]

25 de janeiro Cruzeiro Brasil 1 – 1 Ucrânia Shakhtar Donetsk Mané Garrincha
17h00
Judivan Gol marcado aos 66 minutos de jogo 66' Esporte Interativo
Fox Sports
TV Globo Minas
Gol marcado aos 29 minutos de jogo 29' Alex Teixeira Público: 6,872
Renda: R$ 511.480,00
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cruzeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Shakhtar

Transmissão[editar | editar código-fonte]

Premiação[editar | editar código-fonte]

Granada Cup 2015
Brasil
Goiás
Campeão
(1º título)

Referências