Grande Prêmio da África do Sul de 1962

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Grande Prêmio da África do Sul
de Fórmula 1 de 1962
Prince George Circuit.svg
Grande Prêmio da África do Sul de 1962.
Detalhes da corrida
Data 29 de dezembro de 1962
Local Circuito Prince George, East London, Cabo Oriental, África do Sul
Total 82 voltas / 321.440 km
Pole
Piloto
Reino Unido Jim Clark Lotus-Climax
Tempo 1:29.3
Volta mais rápida
Piloto
Reino Unido Jim Clark Lotus-Climax
Tempo 1:31.0 (na volta 3)
Pódio
Primeiro
Reino Unido Graham Hill BRM
Segundo
Nova Zelândia Bruce McLaren Cooper-Climax
Terceiro
África do Sul Tony Maggs Cooper-Climax

Resultados do Grande Prêmio da África do Sul de Fórmula 1 realizado em East London à 29 de dezembro de 1962. Nona e última etapa da temporada, a prova foi vencida pelo britânico Graham Hill, cujo feito garantiu-lhe o título mundial de pilotos e deu à sua equipe, a BRM, o mundial de construtores.[1][nota 1]

Classificação da prova[editar | editar código-fonte]

Pos. Piloto Construtor Voltas Tempo/Diferença Grid Pontos
1 3 Reino Unido Graham Hill BRM 82 2:08:03.3 2 9
2 8 Nova Zelândia Bruce McLaren Cooper-Climax 82 + 49.8 8 6
3 9 África do Sul Tony Maggs Cooper-Climax 82 + 50.3 6 4
4 10 Austrália Jack Brabham Brabham-Climax 82 + 53.8 3 3
5 11 Reino Unido Innes Ireland Lotus-Climax 81 + 1 volta 4 2
6 20 África do Sul Neville Lederle Lotus-Climax 78 + 4 voltas 10 1
7 4 Estados Unidos Richie Ginther BRM 78 + 4 voltas 7
8 18 Federação da Rodésia e Niassalândia John Love Cooper-Climax 78 + 4 voltas 12
9 5 África do Sul Bruce Johnstone BRM 76 + 6 voltas 17
10 14 África do Sul Ernie Pieterse Lotus-Climax 71 + 11 voltas 13
11 15 Países Baixos Carel Godin de Beaufort Porsche 70 Sistema de combustível 16
Ret 1 Reino Unido Jim Clark Lotus-Climax 62 Vazamento de óleo 14
Ret 21 África do Sul Doug Serrurier LDS-Alfa Romeo 62 Radiador 1
Ret 7 Reino Unido Roy Salvadori Lola-Climax 56 Pane seca 11
Ret 22 África do Sul Mike Harris Cooper-Alfa Romeo 31 Rolamento de roda 15
Ret 6 Reino Unido John Surtees Lola-Climax 26 Motor 5
Ret 2 Reino Unido Trevor Taylor Lotus-Climax 11 Câmbio 9
WD 12 Federação da Rodésia e Niassalândia Gary Hocking Lotus-Climax [nota 2]
WD 16 África do Sul Syd van der Vyver Lotus-Climax [nota 3]
WD 17 Estados Unidos Tony Settember Emeryson-Climax [nota 3]
WD 19 Federação da Rodésia e Niassalândia Sam Tingle Lotus-Climax [nota 3]

Tabela do campeonato após a corrida[editar | editar código-fonte]

  • Nota: Somente as primeiras cinco posições estão listadas. Apenas os cinco melhores resultados, dentre pilotos ou equipes, eram computados visando o título. Neste ponto esclarecemos: conforme o site oficial da Fórmula 1, a partir de 1962 seriam atribuídos nove pontos tanto para o piloto quanto à equipe vencedora e na tabela dos construtores figurava somente o melhor colocado dentre os carros de um time, ressaltando que os campeões da temporada surgem grafados em negrito.

Notas

  1. As estatísticas quanto aos pilotos que lideraram a prova não estão disponíveis neste momento.
  2. Gary Hocking sofreu um acidente nos treinos para o Grande Prêmio de Natal quando seu carro saiu da pista devido, provavelmente, a uma falha na suspensão e capotou duas vezes. Vítima de uma pancada na cabeça, faleceu aos 25 anos no hospital de Addington, em Durban, à 22 de dezembro de 1962.
  3. a b c Syd van der Vyver não competiu porque seu carro estava danificado, não há informações sobre os motivos da ausência de Tony Settember e Sam Tingle preferiu competir em outro lugar.

Referências

  1. «1962 South African Grand Prix - race result». Consultado em 23 de outubro de 2018 
Precedido por
Grande Prêmio dos Estados Unidos de 1962
Campeonato mundial de Fórmula 1 da FIA
Ano de 1962
Sucedido por
Grande Prêmio de Mônaco de 1963
Precedido por
Grande Prêmio da África do Sul de 1961
Grande Prêmio da África do Sul
9ª edição
Sucedido por
Grande Prêmio da África do Sul de 1963