Grande Prêmio da França de 2008

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Grande Prêmio da França
de Fórmula 1 de 2008
Circuit de Nevers Magny-Cours.svg
18º GP da França em Magny-Cours
Detalhes da corrida
Categoria Fórmula 1
Data 22 de junho de 2008
Nome oficial XCIV Grand Prix de France[1]
Local Circuito de Magny-Cours, Magny-Cours, Borgonha-Franco-Condado, Departamento de Nièvre, França
Percurso 4.411 km
Total 70 voltas / 308.770 km
Condições do tempo Seco a princípio, chuva fraca no final
Pole
Piloto
Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari
Tempo 1:16.449
Volta mais rápida
Piloto
Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari
Tempo 1:16.630 (na volta 16)
Pódio
Primeiro
Brasil Felipe Massa Ferrari
Segundo
Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari
Terceiro
Itália Jarno Trulli Toyota

Resultados do Grande Prêmio da França de Fórmula 1 realizado em Magny-Cours em 22 de junho de 2008. Oitava etapa do campeonato, foi vencido pelo brasileiro Felipe Massa, que subiu ao pódio junto a Kimi Räikkönen numa dobradinha da Ferrari, com Jarno Trulli em terceiro pela Toyota.[2][3][nota 1]

Resumo[editar | editar código-fonte]

Felipe Massa tornou-se o líder na classificação geral do mundial, algo que não ocorria com um brasileiro desde Ayrton Senna em 1993, foi também a primeira vitória de um brasileiro no circuito de Magny Cours, antes apenas Nelson Piquet havia vencido o GP da França, em 1985, quando era disputado no circuito de Paul Ricard.

A corrida ficou marcada também pelo fato de que sempre que um piloto faz uma pole histórica para a equipe Ferrari, acaba não vencendo a corrida, foi assim com Jacky Ickx quando marcou a de número 50 em 1970, Patrick Tambay que fez a 100ª em 1983, também com o heptacampeão Michael Schumacher que marcou a de número 150 em 2002 e nessa prova com Kimi Raikkonen, que fez a pole 200ª da Ferrari e ficou em segundo lugar depois de estar liderando a corrida, mas perdeu rendimento do carro devido a um problema no escapamento. A pole de número um da Ferrari foi feita pelo argentino José Froilán González no Grande Prêmio da Grã-Bretanha de 1951, onde venceu a prova.

Tal como no ano anterior, a Ferrari liderou todas as voltas da corrida e venceu, apenas invertendo a dobradinha no pódio.

Classificação da prova[editar | editar código-fonte]

Treinos classificatórios[editar | editar código-fonte]

Pos. Piloto Equipe Q1 Q2 Q3 Grid Notas
1 1 Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari 1:15.133 1:15.161 1:16.449 1
2 2 Brasil Felipe Massa Ferrari 1:15.024 1:15.041 1:16.490 2
3 22 Reino Unido Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 1:15.634 1:15.293 1:16.693 13 [nota 2]
4 5 Espanha Fernando Alonso Renault 1:15.754 1:15.483 1:16.840 3
5 11 Itália Jarno Trulli Toyota 1:15.521 1:15.362 1:16.920 4
6 23 Finlândia Heikki Kovalainen McLaren-Mercedes 1:15.965 1:15.639 1:16.944 10 [nota 3]
7 4 Polónia Robert Kubica BMW Sauber 1:15.687 1:15.723 1:17.037 5
8 10 Austrália Mark Webber Red Bull-Renault 1:16.020 1:15.488 1:17.233 6
9 9 Reino Unido David Coulthard Red Bull-Renault 1:15.802 1:15.654 1:17.426 7
10 12 Alemanha Timo Glock Toyota 1:15.727 1:15.558 1:17.596 8
11 6 Brasil Nelson Piquet Jr. Renault 1:15.848 1:15.770 9
12 3 Alemanha Nick Heidfeld BMW Sauber 1:16.006 1:15.786 11
13 15 Alemanha Sebastian Vettel Toro Rosso-Ferrari 1:15.918 1:15.816 12
14 14 França Sébastien Bourdais Toro Rosso-Ferrari 1:16.072 1:16.045 14
15 7 Alemanha Nico Rosberg Williams-Toyota 1:16.085 1:16.235 19 [nota 2]
16 8 Japão Kazuki Nakajima Williams-Toyota 1:16.243 15
17 16 Reino Unido Jenson Button Honda 1:16.306 16
18 17 Brasil Rubens Barrichello Honda 1:16.330 20 [nota 4]
19 21 Itália Giancarlo Fisichella Force India-Ferrari 1:16.971 17
20 20 Alemanha Adrian Sutil Force India-Ferrari 1:17.053 18
Fonte:[4]

Corrida[editar | editar código-fonte]

Pos. Piloto Construtor Voltas Tempo/Diferença Grid Pontos
1 2 Brasil Felipe Massa Ferrari 70 1:31:50.245 2 10
2 1 Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari 70 + 17.984 1 8
3 11 Itália Jarno Trulli Toyota 70 + 28.250 4 6
4 23 Finlândia Heikki Kovalainen McLaren-Mercedes 70 + 28.929 10 5
5 4 Polónia Robert Kubica BMW Sauber 70 + 30.512 5 4
6 10 Austrália Mark Webber Red Bull-Renault 70 + 40.304 6 3
7 6 Brasil Nelson Piquet Jr. Renault 70 + 41.033 9 2
8 5 Espanha Fernando Alonso Renault 70 + 43.372 3 1
9 9 Reino Unido David Coulthard Red Bull-Renault 70 + 51.021 7
10 22 Reino Unido Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 70 + 54.538 13
11 12 Alemanha Timo Glock Toyota 70 + 57.700 8
12 15 Alemanha Sebastian Vettel Toro Rosso-Ferrari 70 + 58.065 12
13 3 Alemanha Nick Heidfeld BMW Sauber 70 + 1:02.079 11
14 17 Brasil Rubens Barrichello Honda 69 + 1 volta 20
15 8 Japão Kazuki Nakajima Williams-Toyota 69 + 1 volta 15
16 7 Alemanha Nico Rosberg Williams-Toyota 69 + 1 volta 19
17 14 França Sébastien Bourdais Toro Rosso-Ferrari 69 + 1 volta 14
18 21 Itália Giancarlo Fisichella Force India-Ferrari 69 + 1 volta 17
19 20 Alemanha Adrian Sutil Force India-Ferrari 69 + 1 volta 18
Ret 16 Reino Unido Jenson Button Honda 16 Colisão 16
Fonte:[2]

Tabela do campeonato após a corrida[editar | editar código-fonte]

  • Nota: Somente as primeiras cinco posições estão listadas.

Notas

  1. Voltas na liderança: Kimi Räikkönen 36 voltas (1-21; 24-38), Felipe Massa 34 voltas (22-23; 39-70).
  2. a b Nico Rosberg e Lewis Hamilton receberam uma punição com a perda de dez lugares no grid para a corrida após causarem uma colisão com Kimi Räikkönen no Grande Prêmio do Canadá.
  3. Heikki Kovalainen perdeu cinco posições por bloquear Mark Webber durante a classificação.
  4. Rubens Barrichello foi punido em cinco lugares no grid após trocar a caixa de câmbio.

Referências

  1. a b c «2008 French GP – championships (em inglês) no Chicane F1». Consultado em 2 de setembro de 2021 
  2. a b «Formula 1™ Grand Prix de France 2008 - race result» (em inglês). Consultado em 29 de fevereiro de 2020 
  3. Fred Sabino (22 de junho de 2018). «Há dez anos, Massa vencia na França e assumia liderança do Mundial pela 1ª vez». globoesporte.com. Globo Esporte. Consultado em 2 de setembro de 2021 
  4. «Formula 1™ Grand Prix de France 2008 - qualifying» (em inglês). Consultado em 1º de setembro de 2021 

Precedido por
Grande Prêmio do Canadá de 2008
Campeonato Mundial de Fórmula 1 da FIA
Ano de 2008
Sucedido por
Grande Prêmio da Grã-Bretanha de 2008
Precedido por
Grande Prêmio da França de 2007
Grande Prêmio da França
94ª edição
Sucedido por
Grande Prêmio da França de 2018