Grande Prêmio da Itália de 1980

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Grande Prêmio da Itália
de Fórmula 1 de 1980
Imola 1980.jpg
Primeiro (e único) GP da Itália realizado em Imola
Detalhes da corrida
Categoria Fórmula 1
Data 14 de setembro de 1980
Nome oficial 51o Gran Premio d'Italia[1][nota 1]
Local Autódromo Enzo e Dino Ferrari, Ímola, Emília-Romanha, Itália
Total 60 voltas / 300.000 km
Condições do tempo Ensolarado, ameno, seco
Pole
Piloto
França René Arnoux Renault
Tempo 1:33.988
Volta mais rápida
Piloto
Austrália Alan Jones Williams-Ford
Tempo 1:36.089 (na volta 47)
Pódio
Primeiro
Brasil Nelson Piquet Brabham-Ford
Segundo
Austrália Alan Jones Williams-Ford
Terceiro
Argentina Carlos Reutemann Williams-Ford

Resultados do Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1 realizado em Imola em 14 de setembro de 1980.[2][3] Décima segunda etapa da temporada, teve como vencedor o brasileiro Nelson Piquet, da Brabham-Ford. Ao seu lado no pódio estavam Alan Jones, em segundo, e Carlos Reutemann, em terceiro, os quais garantiram o primeiro título mundial de construtores para a Williams-Ford.[4][nota 2]

Resumo[editar | editar código-fonte]

Na sexta volta o canadense Gilles Villeneuve sofreu um acidente quando o pneu traseiro direito de sua Ferrari estourou causando um acidente que destruiu seu bólido quando o mesmo bateu num muro de concreto e ricocheteou de volta à pista. Apesar da gravidade, o piloto ergueu-se dos destroços e nada sofreu. Quanto ao local da pancada, trata-se de uma curva batizada com o sobrenome do ídolo ferrarista.[5]

Classificação da prova[editar | editar código-fonte]

Pos. Piloto Construtor Voltas Tempo/Diferença Grid Pontos
1 5 Brasil Nelson Piquet Brabham-Ford 60 1:38:07.52 5 9
2 27 Austrália Alan Jones Williams-Ford 60 + 28.93 6 6
3 28 Argentina Carlos Reutemann Williams-Ford 60 + 1:13.67 3 4
4 12 Itália Elio de Angelis Lotus-Ford 59 + 1 volta 18 3
5 21 Finlândia Keke Rosberg Fittipaldi-Ford 59 + 1 volta 11 2
6 25 França Didier Pironi Ligier-Ford 59 + 1 volta 13 1
7 8 França Alain Prost McLaren-Ford 59 + 1 volta 24
8 1 África do Sul Jody Scheckter Ferrari 59 + 1 volta 16
9 26 França Jacques Laffite Ligier-Ford 59 + 1 volta 20
10 16 França René Arnoux Renault 58 + 2 voltas 1
11 50 Reino Unido Rupert Keegan Williams-Ford 58 + 2 voltas 21
12 31 Estados Unidos Eddie Cheever Osella-Ford 57 + 3 voltas 17
13 3 França Jean-Pierre Jarier Tyrrell-Ford 54 Freios 12
Ret 15 França Jean-Pierre Jabouille Renault 53 Câmbio 2
Ret 9 Suíça Marc Surer ATS-Ford 45 Motor 23
Ret 11 Estados Unidos Mario Andretti Lotus-Ford 40 Motor 10
Ret 29 Itália Riccardo Patrese Arrows-Ford 38 Motor 7
Ret 4 República da Irlanda Derek Daly Tyrrell-Ford 33 Acidente 22
Ret 7 Reino Unido John Watson McLaren-Ford 20 Rolamento de roda 14
Ret 6 México Hector Rebaque Brabham-Ford 18 Suspensão 9
Ret 20 Brasil Emerson Fittipaldi Fittipaldi-Ford 17 Acidente 15
Ret 2 Canadá Gilles Villeneuve Ferrari 5 Acidente 8
Ret 23 Itália Bruno Giacomelli Alfa Romeo 5 Punção 4
Ret 22 Itália Vittorio Brambilla Alfa Romeo 4 Rodou 19
DNQ 43 Reino Unido Nigel Mansell Lotus-Ford
DNQ 30 Alemanha Ocidental Manfred Winkelhock Arrows-Ford
DNQ 14 Países Baixos Jan Lammers Ensign-Ford
DNQ 41 Reino Unido Geoff Lees Ensign-Ford

Tabela do campeonato após a corrida[editar | editar código-fonte]

  • Nota: Somente as primeiras cinco posições estão listadas e a campeã mundial de construtores surge grafada em negrito. As quatorze etapas de 1980 foram divididas em dois blocos de sete e neles cada piloto podia computar cinco resultados válidos não havendo descartes no mundial de construtores.

Notas

  1. A denominação oficial de uma corrida não reflete, necessariamente, o número real de provas realizadas sob um mesmo nome, informação esta inserida abaixo na caixa de sucessão.
  2. Voltas na liderança: René Arnoux 2 voltas (1-2); Jean-Pierre Jabouille 1 volta (3); Nelson Piquet 57 voltas (4-60).

Referências

  1. «Motor Racing Programme Covers: 1980». The Programme Covers Project. Consultado em 2 de fevereiro de 2019 
  2. «1980 Italian Grand Prix - race result». Consultado em 1º de outubro de 2018 
  3. Fred Sabino (28 de abril de 2019). «Famoso pela morte de Ayrton Senna, autódromo de Imola era dos mais rápidos e desafiadores». globoesporte.com. Globo Esporte. Consultado em 28 de abril de 2019 
  4. Piquet vence bem e recupera liderança, agora com 1 ponto na frente de Jones (online). O Globo, Rio de Janeiro (RJ), 15/09/1980. Matutina, Esportes, pág. 06. Página visitada em 1º de outubro de 2018.
  5. Fred Sabino (14 de setembro de 2019). «Pneu furado, acidente violento e batismo de uma curva: em 1980, Villeneuve assustou ferraristas». globoesporte.com. Globo Esporte. Consultado em 14 de setembro de 2019 
Precedido por
Grande Prêmio dos Países Baixos de 1980
Campeonato mundial de Fórmula 1 da FIA
Ano de 1980
Sucedido por
Grande Prêmio do Canadá de 1980
Precedido por
Grande Prêmio da Itália de 1979
Grande Prêmio da Itália
50ª edição
Sucedido por
Grande Prêmio da Itália de 1981