Grande Prêmio do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura a competição de turfe, veja Grande Prêmio Brasil.
Brasil Grande Prêmio do Brasil
Interlagos
2014 Interlagos circuit map.svg
Mapa do circuito.
Informações da corrida
Localização Interlagos - São Paulo, Brasil
Voltas 71
Percurso 4.309 km (2.677 mi)
Total 305.909 km (190.083 mi)
Curvas 15
Pole Alemanha Nico Rosberg
Mercedes V6 Turbo
1min 10s 023[1]
2014
Volta mais rápida
na prova
Colômbia Juan Pablo Montoya
Williams-BMW V10
1min 11s 473
2004
Anos disputados 44 (43 oficial)
Primeira disputa 1972
Última disputa 2015
Maior vencedor (pilotos) França Alain Prost (6)
Maior vencedor (equipe) Reino Unido McLaren (12)
Última corrida (2015):
Pole Position
Piloto Alemanha Nico Rosberg
Mercedes V6 Turbo
Tempo 1min 11s 282
Volta mais rápida
Piloto Reino Unido Lewis Hamilton
Mercedes V6 Turbo
Tempo 1min 14s 832
Pódio
Primeiro Alemanha Nico Rosberg
Mercedes V6 Turbo
1h 31min 09s 090
Segundo Reino Unido Lewis Hamilton
Mercedes V6 Turbo
+7s 756
Terceiro Alemanha Sebastian Vettel
Ferrari V6 Turbo
+14s 244

O Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 acontece desde 1972 e faz parte do campeonato de Fórmula 1 desde 1973. Acontece todos os anos no Autódromo José Carlos Pace, com exceção de: 1978, 1981 à 1989 com as corridas sendo disputadas no Autódromo de Jacarepaguá (Autódromo Internacional Nelson Piquet).

O circuito, assim como: Marina Bay, Circuito das Américas e o de Yas Marina, é um dos poucos no atual calendário da Fórmula 1 a ter sentido anti-horário.

Interlagos é um autódromo que este ano, 2016, estará completando 76 anos de existência. A pista, na reforma de 1990 que trouxe de volta a corrida para São Paulo, passou dos originais 7,9 quilômetros para 4,3 quilômetros. E a Prefeitura Municipal de São Paulo vem trabalhando todos estes anos para adequar a pista às exigências internacionais. [2]

O Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 no ano de 2007 foi o evento esportivo internacional mais assistido no mundo, perdendo apenas para o Super Bowl, nos Estados Unidos, mas como o mesmo é mais de 90% da audiência vinda dos Estados Unidos ele não é reconhecido como evento internacional.

Em 2008, pela terceira vez na história e a primeira com um brasileiro, um piloto tem a oportunidade de decidir o título em casa. Felipe Massa guiou sua Ferrari rumo ao título que estava garantido até os segundos finais, quando o britânico Lewis Hamilton passou o alemão Timo Glock e assim se tornou o mais jovem campeão da categoria. Por nove vezes, o Grande Prêmio do Brasil foi vencido por um piloto brasileiro.

Em 2013, como já havia acontecido em 2006, o Grande Prêmio do Brasil foi eleito pela FIA como o melhor da temporada.[3]

História[editar | editar código-fonte]

Anos 70, 80 e 90[editar | editar código-fonte]

O Grande Prêmio do Brasil foi realizado pela primeira vez em Interlagos, em 1972, embora ainda não fizesse parte da Fórmula 1. No ano seguinte, no entanto, a corrida foi incluída pela primeira vez no calendário oficial. Em 1978, o Grande Prêmio do Brasil foi transferido para o Autódromo de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, enquanto o Autódromo de Interlagos era modernizado e remodelado. Em 1990, o Grande Prêmio do Brasil voltou para Interlagos, onde permaneceu desde então.

Anos 2000[editar | editar código-fonte]

Em 2005, pela primeira vez, o GP decidiu o Campeonato Mundial de Fórmula 1, que teve a primeira conquista do espanhol Fernando Alonso. Na temporada de 2006, Alonso tornou-se bicampeão novamente em Interlagos, Felipe Massa foi o vencedor da corrida e quebrou um jejum de 13 anos de vitórias brasileiras no GP do Brasil[4]. Em 2007 foi a vez do finlandês Kimi Raikkonen vencer o campeonato em Interlagos, ficando a frente do 2º e 3º colocados por apenas um ponto.[5] Em 2 de novembro de 2008, Felipe Massa se tornou o mais recente vencedor brasilerio do GP, sua vitória na última corrida da 2008 ainda não foi suficiente para garantir o campeonato, pois o piloto perdeu para o inglês Lewis Hamilton por apenas um ponto. Em 2009, o inglês Jenson Button faturou o campeonato em São Paulo.

Anos 2010[editar | editar código-fonte]

Em 2012 foi a vez do alemão Sebastian Vettel ficar com a taça no GP do Brasil e se tornar o mais jovem tricampeão da categoria.[6] O GP do Brasil de 2013 foi a última corrida do piloto australiano Mark Webber na fórmula 1, e como despedida da categoria, ele deu a volta de desaceleração sem o capacete.[7] No treino qualificatório do GP do Brasil de 2014 o piloto alemão Nico Rosberg quebrou o recorde da pole que já durava 10 anos e pertencia a Rubens Barrichello.[1]

Ganhadores do GP do Brasil[editar | editar código-fonte]

Por ano[editar | editar código-fonte]

O fundo rosa indica que a prova não fez parte do campeonato mundial da Fórmula 1.

Ano Piloto Equipe Local Detalhes
2016 Flag of None.svg Flag of None.svg Interlagos Detalhes
2015 Alemanha Nico Rosberg Mercedes Interlagos Detalhes
2014 Alemanha Nico Rosberg Mercedes Interlagos Detalhes
2013 Alemanha Sebastian Vettel Red Bull-Renault Interlagos Detalhes
2012 Reino Unido Jenson Button McLaren-Mercedes Interlagos Detalhes
2011 Austrália Mark Webber Red Bull-Renault Interlagos Detalhes
2010 Alemanha Sebastian Vettel Red Bull-Renault Interlagos Detalhes
2009 Austrália Mark Webber Red Bull-Renault Interlagos Detalhes
2008 Brasil Felipe Massa Ferrari Interlagos Detalhes
2007 Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari Interlagos Detalhes
2006 Brasil Felipe Massa Ferrari Interlagos Detalhes
2005 Colômbia Juan Pablo Montoya McLaren-Mercedes Interlagos Detalhes
2004 Colômbia Juan Pablo Montoya Williams-BMW Interlagos Detalhes
2003 Itália Giancarlo Fisichella Jordan-Ford Interlagos Detalhes
2002 Alemanha Michael Schumacher Ferrari Interlagos Detalhes
2001 Reino Unido David Coulthard McLaren-Mercedes Interlagos Detalhes
2000 Alemanha Michael Schumacher Ferrari Interlagos Detalhes
1999 Finlândia Mika Hakkinen McLaren-Mercedes Interlagos Detalhes
1998 Finlândia Mika Hakkinen McLaren-Mercedes Interlagos Detalhes
1997 Canadá Jacques Villeneuve Williams-Renault Interlagos Detalhes
1996 Reino Unido Damon Hill Williams-Renault Interlagos Detalhes
1995 Alemanha Michael Schumacher Benetton-Renault Interlagos Detalhes
1994 Alemanha Michael Schumacher Benetton-Ford Interlagos Detalhes
1993 Brasil Ayrton Senna McLaren-Ford Interlagos Detalhes
1992 Reino Unido Nigel Mansell Williams-Renault Interlagos Detalhes
1991 Brasil Ayrton Senna McLaren-Honda Interlagos Detalhes
1990 França Alain Prost Ferrari Interlagos Detalhes
1989 Reino Unido Nigel Mansell Ferrari Jacarepaguá Detalhes
1988 França Alain Prost McLaren-Honda Jacarepaguá Detalhes
1987 França Alain Prost McLaren-TAG Jacarepaguá Detalhes
1986 Brasil Nelson Piquet Williams-Honda Jacarepaguá Detalhes
1985 França Alain Prost McLaren-TAG Jacarepaguá Detalhes
1984 França Alain Prost McLaren-TAG Jacarepaguá Detalhes
1983 Brasil Nelson Piquet Brabham-BMW Jacarepaguá Detalhes
1982 França Alain Prost Renault Jacarepaguá Detalhes
1981 Argentina Carlos Reutemann Williams-Ford Jacarepaguá Detalhes
1980 França René Arnoux Renault Interlagos Detalhes
1979 França Jacques Laffite Ligier-Ford Interlagos Detalhes
1978 Argentina Carlos Reutemann Ferrari Jacarepaguá Detalhes
1977 Argentina Carlos Reutemann Ferrari Interlagos Detalhes
1976 Áustria Niki Lauda Ferrari Interlagos Detalhes
1975 Brasil José Carlos Pace Brabham-Ford Interlagos Detalhes
1974 Brasil Emerson Fittipaldi McLaren-Ford Interlagos Detalhes
1973 Brasil Emerson Fittipaldi Lotus-Ford Interlagos Detalhes
1972 Argentina Carlos Reutemann Brabham-Ford Interlagos Detalhes

Por pilotos, equipes e países que venceram1[editar | editar código-fonte]

↑1 (Última atualização: GP do Brasil de 2015)
Contabilizados somente os resultados válidos pelo Mundial de Fórmula 1

Recordes do Grande Prêmio do Brasil[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Grande Prêmio do Brasil

Referências

  1. a b «Rosberg mantém domínio e conquista a pole em Interlagos». esporte.uol.com.br. 8 de novembro de 2014. Consultado em 8 de novembro de 2014. 
  2. Castilho de Andrade (10/05/2010). «Interlagos Setentão». GP Brasil de F1. 
  3. Castilho de Andrade (07/12/2013). «F1 GP Petrobras do Brasil: o melhor da temporada 2013.». GP Brasil de F1. 
  4. «Massa vence GP do Brasil, mas vê Alonso ser bicampeão». esporte.uol.com.br. 22 de outubro de 2006. Consultado em 8 de novembro de 2014. 
  5. «Dupla da McLaren se complica e Raikkonen é campeão». esportes.terra.com.br. 21 de outubro de 2007. Consultado em 8 de novembro de 2014. 
  6. «Na chuva, Vettel controla Alonso e se torna o mais jovem tricampeão da F-1». globoesporte.globo.com. 25 de novembro de 2012. Consultado em 8 de novembro de 2014. 
  7. «Webber anda de F1 sem capacete e cai no pódio na despedida: “Foi uma boa forma de terminar a carreira”». grandepremio.uol.com.br. 24 de novembro de 2013. Consultado em 8 de novembro de 2014. 
Ícone de esboço Este artigo sobre Fórmula 1 é um esboço relacionado ao projeto sobre Fórmula 1. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.