Grande Prêmio dos Estados Unidos de 1989

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Grande Prêmio dos Estados Unidos
de Fórmula 1 de 1989
Phoenix Grand Prix Route - 1989, 1990.svg
Primeiro GP dos EUA realizado em Phoenix
Detalhes da corrida
Data 4 de junho de 1989
Nome oficial XXVI Iceberg United States Grand Prix[nota 1]
Local Circuito de Rua de Phoenix, Phoenix, Arizona, EUA
Percurso 3.800 km
Total 75 voltas / 285.000 km
Condições do tempo Quente, ensolarado
Pole
Piloto
Brasil Ayrton Senna McLaren-Honda
Tempo 1:30.108
Volta mais rápida
Piloto
Brasil Ayrton Senna McLaren-Honda
Tempo 1:33.969 (na volta 38)
Pódio
Primeiro
França Alain Prost McLaren-Honda
Segundo
Itália Riccardo Patrese Williams-Renault
Terceiro
Estados Unidos Eddie Cheever Arrows-Ford

Resultados do Grande Prêmio dos Estados Unidos de Fórmula 1 realizado em Phoenix à 4 de junho de 1989. Quinta etapa da temporada, nele o vencedor foi o francês Alain Prost.[1][2][nota 2]

Resumo[editar | editar código-fonte]

No treino classificatório, Senna volta para a pista mesmo já tendo praticamente assegurado o primeiro tempo e começa a andar mais rápido a cada volta, até terminar com quase 1 segundo e meio de vantagem sobre Prost. O piloto brasileiro faz a 35ª pole position, e passa a ser o novo recordista neste quesito. Senna supera a marca que durava 21 anos e 5 meses e que pertencia ao escocês Jim Clark. O recorde de Ayrton Senna durou até o ano de 2006, sendo superado por Michael Schumacher.

Na corrida, Prost larga melhor, mas é ultrapassado pelo brasileiro ainda na primeira curva, pelo lado de fora da pista. Na volta 34, o motor de Senna pifa. Ele acena para Prost, avisando-o que pode passar. O brasileiro ainda consegue arrastar o carro para os boxes, mas não havia nada que poderia ser feito. Muitos outros pilotos abandonariam, e a prova terminaria com apenas 7 carros cruzando a linha de chegada.

Na 51ª volta, o italiano Andrea de Cesaris da Scuderia Italia estava a ser ultrapassado pelo seu companheiro e compatriota Alex Caffi, mas ao fazer a curva, o pneu traseiro esquerdo do carro de De Cesaris raspa no dianteiro direito de Caffi, que não não consegue manter o controle e acerta o muro da pista norte-americana. De lá, Caffi abandona a prova. De Cesaris terminou a corrida em 8º lugar, mas provavelmente não deve ter voltado aos boxes em função do ato cometido com Caffi.

Último podium do norte-americano Eddie Cheever na carreira.

Última vez que Christian Danner pontua na categoria.

Classificação da prova[editar | editar código-fonte]

Pos. Piloto Construtor Voltas Tempo/Diferença Grid Pontos
1 2 França Alain Prost McLaren-Honda 75 2:01'33"133 2 9
2 6 Itália Riccardo Patrese Williams-Renault 75 39"696 14 6
3 10 Estados Unidos Eddie Cheever Arrows-Ford 75 43"210 17 4
4 38 Alemanha Ocidental Christian Danner Rial-Ford 74 + 1 volta 26 3
5 20 Reino Unido Johnny Herbert Benetton-Ford 74 + 1 volta 25 2
6 5 Bélgica Thierry Boutsen Williams-Renault 74 + 1 volta 16 1
7 40 Itália Gabriele Tarquini AGS-Ford 73 Motor 24
8 22 Itália Andrea de Cesaris Dallara-Ford 70 + 5 voltas 13
9 3 Reino Unido Jonathan Palmer Tyrrell-Ford 69 Sistema de combustível 21
Ret 28 Áustria Gerhard Berger Ferrari 61 Alterador 8
Ret 21 Itália Alex Caffi Dallara-Ford 52 Colisão 6
Ret 11 Brasil Nelson Piquet Lotus-Judd 52 Spun Off 22
Ret 36 Suécia Stefan Johansson Onyx-Ford 50 Suspensão 19
Ret 24 Espanha Luis Pérez-Sala Minardi-Ford 46 Motor 20
Ret 1 Brasil Ayrton Senna McLaren-Honda 44 Pane elétrica 1
Ret 7 Reino Unido Martin Brundle Brabham-Judd 43 Freios 5
Ret 8 Itália Stefano Modena Brabham-Judd 37 Freios 7
Ret 27 Reino Unido Nigel Mansell Ferrari 31 Alternador 4
Ret 23 Itália Pierluigi Martini Minardi-Ford 26 Motor 15
Ret 12 Japão Satoru Nakajima Lotus-Judd 24 Regulador 23
Ret 16 Itália Ivan Capelli March-Judd 22 Transmissão 11
DSQ 15 Brasil Mauricio Gugelmin March-Judd 20 Freios 18
Ret 4 Itália Michele Alboreto Tyrrell-Ford 17 Câmbio 9
Ret 19 Itália Alessandro Nannini Benetton-Ford 10 Cansaço físico 3
Ret 9 Reino Unido Derek Warwick Arrows-Ford 7 Colisão 10
Ret 30 França Philippe Alliot Lola-Lamborghini 3 Spun Off 12
DNQ 26 França Olivier Grouillard Ligier-Ford
DNQ 31 Brasil Roberto Moreno Coloni-Ford
DNQ 25 França René Arnoux Ligier-Ford
DNQ 29 França Yannick Dalmas Lola-Lamborghini
DNPQ 18 Itália Piercarlo Ghinzani Osella-Ford
DNPQ 32 França Pierre-Henri Raphanel Coloni-Ford
DNPQ 33 Suíça Gregor Foitek Eurobrun-Judd
DNPQ 17 Itália Nicola Larini Osella-Ford
DNPQ 41 Alemanha Ocidental Joachim Winkelhock AGS-Ford
DNPQ 39 Alemanha Ocidental Volker Weidler Rial-Ford
DNPQ 35 Japão Aguri Suzuki Zakspeed-Yamaha
DNPQ 34 Alemanha Ocidental Bernd Schneider Zakspeed-Yamaha
DNPQ 37 Bélgica Bertrand Gachot Onyx-Ford

Tabela do campeonato após a corrida[editar | editar código-fonte]

  • Nota: Somente as primeiras cinco posições estão listadas. Entre 1981 e 1990 cada piloto podia computar onze resultados válidos por temporada não havendo descartes no mundial de construtores.

Notas

  1. Em 1980 as estatísticas do Grande Prêmio dos Estados Unidos apontavam vinte e três corridas realizadas, mas ao retomarem a prova em 1989 a denominação oficial apontou vinte e seis (e não vinte e quatro) edições da mesma, número que só seria alcançado caso incluíssem as duas edições do Grande Prêmio de Las Vegas, algo tecnicamente impossível, pois este é formalmente chamado de "Grande Prêmio Caesars Palace".
  2. Voltas na liderança: Ayrton Senna 33 voltas (1-33), Alain Prost 42 voltas (34-75).

Referências

  1. «1989 USA Grand Prix - race result». Consultado em 20 de agosto de 2018 
  2. Senna pára (sic). Prost agora é líder do mundial (online). Jornal do Brasil, Rio de Janeiro (RJ), 05/06/1989. Esportes, pág. 03. Página visitada em 20 de agosto de 2018.
Precedido por
Grande Prêmio do México de 1989
Campeonato mundial de Fórmula 1 da FIA
Ano de 1989
Sucedido por
Grande Prêmio do Canadá de 1989
Precedido por
Grande Prêmio dos Estados Unidos de 1980
Grande Prêmio dos Estados Unidos
24ª edição
Sucedido por
Grande Prêmio dos Estados Unidos de 1990