Granit Xhaka

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Granit Xhaka
Granit Xhaka
Granit Xhaka em 2018
Informações pessoais
Nome completo Granit Xhaka
Data de nascimento 27 de setembro de 1992 (31 anos)
Local de nascimento Basel, Suíça
Nacionalidade suíço
kosovar
Altura 1,83 m[1]
Canhoto
Apelido Jovem Einstein, Novo Schweinsteiger
Informações profissionais
Clube atual Bayer Leverkusen
Número 34
Posição Volante
Clubes de juventude
2000–2002
2002–2010
Concordia Basel
Basel
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2010–2012
2012–2016
2016–2023
2023–
FC Basel
Borussia Mönchengladbach
Arsenal
Bayer Leverkusen
0067 0000(3)
0140 0000(9)
0297 000(23)
0028 0000(0)
Seleção nacional3
2008–2009
2009–2010
2010–2011
2010–2011
2011–
Suíça sub-17
Suíça sub-18
Suíça sub-19
Suíça sub-21
Suíça
0014 0000(2)
0014 0000(3)
0010 0000(3)
0005 0000(0)
0121 000(14)


2 Partidas e gols totais pelos
clubes, atualizadas até 14 de janeiro de 2024.
3 Partidas e gols pela seleção nacional estão atualizadas
até 14 de janeiro de 2024.

Granit Xhaka (pronúncia albanesa: Djaka; Basileia, 27 de setembro de 1992) é um futebolista suíço de origem albanesa-kosovar, que atua como meio-campista. Atualmente, joga pelo Bayer Leverkusen.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Xhaka (à esquerda) marca Lionel Messi em amistoso entre Suíça e Argentina, em fevereiro de 2012.

Basel[editar | editar código-fonte]

Revelado pelo Concordia, pequeno clube da Basileia, Xhaka foi para o FC Basel em 2002, aos nove anos de idade, juntamente com seu irmão mais velho, Taulant, que também havia passado na base dos dois clubes. Após oito anos nas categorias de base dos "RotBlau", foi promovido ao elenco principal em 2010, com apenas 17 anos.

Suas atuações fizeram com que o então técnico do Basel, Thorsten Fink, se rendesse ao talento do jovem atleta: "Xherdan Shaqiri é o jogador mais talentoso da Suíça... depois de Xhaka".[2] Já o técnico da Seleção Suíça, pela qual Xhaka fez sua estreia em 2011, o considerasse como o "novo Schweinsteiger".[2]

Borussia Mönchengladbach[editar | editar código-fonte]

Em maio de 2012, Xhaka foi anunciado como novo reforço do Borussia Mönchengladbach, cujo valor não foi mencionado pelo clube. Estima-se que a contratação do meia custou 8,5 milhões de euros.[3]

Arsenal[editar | editar código-fonte]

No dia 21 de maio de 2016, Xhaka foi confirmado como novo jogador do Arsenal. Estima-se que os valores alcançaram a quantia de 30 milhões de libras.[4][5]

Na sua última temporada pelos Gunner's, ele fez nove gols e sete assistências em 47 jogos. Além de ser vice-campeão da Premier League. No Arsenal, Xhaka conquistou duas edições da Copa da Inglaterra e fez 23 gols e 29 assistências em 297 partidas por sete temporadas.[6]

Bayer Leverkusen[editar | editar código-fonte]

Granit Xhaka foi negociado pelo Arsenal com o Bayer Leverkusen por 25 milhões de euros. Xhaka assinou com o novo clube um contrato de cinco anos.[7]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Embora fosse descrito por Ottmar Hitzfeld como o "novo Schweinsteiger", o verdadeiro apelido de Xhaka é "Jovem Einstein", pelo fato de o jogador ser admirador de ciências.
  • Seu nome é de origem albanesa e a pronúncia correta de seu sobrenome seria algo como "Djaka" (o som da consoante albanesa "Xh" soa como "dj" para os falantes de português). A mesma pronúncia também acontece nos nomes de colegas de seleção, como Xherdan Shaqiri e Blerim "Xhemaili".
  • Na Copa do Mundo de 2018 marcou o gol de empate em partida contra a Sérvia e em sua comemoração fez um gesto com as mãos e colocou a língua para fora, fazendo alusão à águia de duas cabeças presente na bandeira albanesa, em clara provocação política aos sérvios, já que Xhaka possui descendência do território de Kosovo (que possui maioria étnica albanesa), território este que declarou unilateralmente sua independência da Sérvia. Shaqiri marcou o gol da virada pouco depois e comemorou da mesma maneira. O fato não foi visto com bons olhos pela maioria dos torcedores suíços.
  • Xhaka é muçulmano.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Basel
Arsenal
Suíça

Outros[editar | editar código-fonte]

Basel
  • Campeonato Suíço sub-16: 2007–08[8]
  • Copa da Suíça sub-16: 2007–08[9]

Individual[editar | editar código-fonte]

  • Melhor jogador jovem do Campeonato Suíço: 2012[10]

Referências

  1. «2022 FIFA World Cup Qatar – List of Players» (PDF). Fédération Internationale de Football Association (em inglês). FIFA.com. 15 de novembro de 2022. p. 28. Consultado em 26 de novembro de 2022. Cópia arquivada (PDF) em 22 de novembro de 2022 
  2. a b «Better than Shaqiri – the teenage Basel star who Bayern Munich must stop tonight». Goal.com. 22 de fevereiro de 2012. Consultado em 25 de junho de 2012 
  3. «Granit Xhaka wechselt im Sommer vom FCB zu Borussia Mönchengladbach» (em alemão). site do FC Basel. 18 de maio de 2012. Consultado em 18 de maio de 2012. Arquivado do original em 1 de janeiro de 2013 
  4. UOL Esporte (21 de maio de 2016). «Meio-campista suíço será primeiro reforço do Arsenal, diz jornal» 
  5. SAPO. «Reforços para Mourinho: Roma já terá garantido Rui Patrício e Granit Xhaka». SAPO Desporto. Consultado em 23 de junho de 2021 
  6. «Bayer Leverkusen anuncia Xhaka, que deixa Arsenal após sete anos». GE. Consultado em 6 de julho de 2023 
  7. «Leverkusen abre os cofres e tira Xhaka do Arsenal». O Gol. Consultado em 6 de julho de 2023 
  8. FC Basel 1893 (2008). «Zwei weitere Nachwuchstitel für den FCB». site do FC Basel. Consultado em 15 de junho de 2008. Arquivado do original em 6 de janeiro de 2014  (em alemão)
  9. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome fcb 2008-06-15
  10. «FCB prägt Nacht des Schweizer Fussballs» (em alemão). tagesanzeiger.ch. 29 de maio de 2012. Consultado em 28 de julho de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de SuíçaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas suíços é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.